Deodato Borges

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Deodato Borges
Deodato Taumaturgo Borges
Comic image missing-pt.png

Nascimento 1934
Local Campina Grande, Paraíba, Brasil
Morte 25 de agosto de 2014 (80 anos)
Local João Pessoa, Paraíba, Brasil
Nacionalidade brasileiro
Área(s) de atuação desenhista e radialista
Pseudônimo(s) Deodato Borges
Trabalhos de destaque As Aventuras do Flama

Deodato Taumaturgo Borges (João Pessoa, 20 de janeiro de 1934João Pessoa, 25 de agosto de 2014) foi um jornalista, radialista e quadrinista brasileiro, criador da radionovela e revista em quadrinhos As Aventuras do Flama e pai do também quadrinista Mike Deodato Jr.[1][2]

Um dos pioneiros das histórias em quadrinhos na Paraíba, criou As Aventuras do Flama inicialmente como um programa de rádio em 1963, no mesmo ano, transpôs o personagem para a revista As Aventuras do Flama, a primeira do gênero no Nordeste do Brasil. Inspirada em sucessos da época, como Jerônimo, o Herói do Sertão e The Spirit, a revista tinha 40 páginas em preto e branco, e inicialmente havia sido concebida como um brinde para divulgar a série de rádio[3].

Ainda na década de 1960, Borges foi diretor geral dos Diários Associados de Pernambuco. Em 1973, tornou-se editor de cultura do jornal O Norte, de João Pessoa, no qual introduziu as tiras de quadrinhos. Foi também secretário de Comunicação do governo da Paraíba.

Na década de 1980, produziu ao lado do filho duas histórias de ficção científica pós-apocalípticas, 3000 anos depois[4][5] e Ramthar,[6] ambas foram publicadas na revista Schwermetall,[7] a versão alemã da revista Heavy Metal.[nota 1]


Também publicaram a educativa A História da Paraíba em quadrinhos[9] e Verso Reverso na revista Aventura e Ficção da Editora Abril.[10]


Notas

  1. Essa por sua vez era uma versão da revista francesa Métal Hurlant[8]

Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre banda desenhada é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.