Antônio Luiz Cagnin

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Antônio Luiz Cagnin
Nascimento 13 de junho de 1930
Morte 09 de outubro de 2013 (83 anos)
Nacionalidade brasileira
Cônjuge Leuda Pinto de Moura Cagnin
Filho(s) Luis Fernando de Moura Cagnin (Nando Moura) e Luis Gustavo de Moura Cagnin (Gugo Moura)
Ocupação Professor universitário
Magnum opus Os Quadrinhos

Antônio Luiz Cagnin (Araras, 13 de junho de 1930Embu das Artes, 9 de outubro de 2013) foi um professor universitário, semiólogo e pesquisador de histórias em quadrinhos brasileiro.[1]

Biografia[editar | editar código-fonte]

Doutor em “semiologia da imagem”, foi professor universitário da Universidade de São Paulo,[2] Cagnin publicou em 1975, o livro "Os Quadrinhos", estudo sobre quadrinhos através da semiótica, publicado no ano anterior como uma tese de mestrado,[1] em 1986, iniciou uma pesquisa sobre Angelo Agostini, pioneiro da história em quadrinhos no Brasil,[1][3] em 1990, ao lado de Álvaro de Moya e Waldomiro Vergueiro fundou o Núcleo de Pesquisas de Histórias em Quadrinhos, agora chamado de Observatório de Histórias em Quadrinhos na área da Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo.[4] Em 1996, criou ao lado de Wagner Augusto da editora CLUQ, a revistas Phenix,[5] em 1999, reativou a revista Quadreca, criada na USP em 1977 por Sônia Luyten.[6]

Morte[editar | editar código-fonte]

Cagnin morreu em 8 de outubro de 2013, vítima de infarto fulminante,[7] Cagnin pretendia relançar o livro Os Quadrinhos,[8] o livro foi reeditado postumamente em 2015, pelo selo do Observatório de Histórias em Quadrinhos da Criativo Editora[9], tendo revisão do próprio Cagnin e sua última entrevista publicada.[10]

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Os Quadrinhos (Editora Ática, 1975)
  • Vanguarda: um projeto semiológo (Vozes, 1975)
  • O Tico-Tico 100 Anos - Centenário da Primeira Revista de Quadrinhos do Brasil, organizado por Waldomiro Vergueiro e Roberto Elísio dos Santos (Opera Graphica, 2005)
  • Os Pioneiros no Estudo de Quadrinhos no Brasil, organizado por Waldomiro Vergueiro, Paulo Ramos e Nobu Chinen (Criativo Editora, 2013)
  • Os Quadrinhos – Linguagem e Semiótica (Criativo Editora, 2015)

Prêmios[editar | editar código-fonte]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.