Ofeliano de Almeida

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Ofeliano de Almeida, nascido Eduardo Ebenezer Ofeliano de Almeida (São Paulo, 11 de novembro de 1954) é um ilustrador e desenhista de histórias em quadrinhos autodidata. Um de suas maiores trabalhos foi o Leão Negro (chegou a ser editado em Portugal pela Meribérica), publicado em co-autoria com Cynthia Carvalho, idealizadora dos personagens.

Trabalha atualmente com storyboards para o cinema[1] em filmes como Os Normais, Cidade de Deus e Deus é Brasileiro[2] tendo praticamente abandonado a carreira como desenhista de HQs.

História[editar | editar código-fonte]

Começou no ramo aos 19 anos ilustrando jogos e piadas para a revista infantil Miau (Vecchi) Trabalhou para as Lojas Americanas, ilustrando manuais para os funcionários da empresa.[3]

Criações[editar | editar código-fonte]

  • fanzine Notícias dos Quadrinhos
  • editor da Revista Medo/Almanaque Medo (Press Editorial)
  • Desenhou para as revistas Spektro, Pesadelo, Coleção Assombração, etc.

Histórias (parcial)[editar | editar código-fonte]

  • Cadernos de um suicida (Pesadelo)
  • Anjo Arnaldo (Coleção Assombração, Ediouro)

Influências[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Notas

  1. [1]
  2. http://www.ocisco.net/ofeliano.htm
  3. Erro de citação: Código <ref> inválido; não foi fornecido texto para as refs de nome entrevistas184

Ligações externas[editar | editar código-fonte]