Mozart Couto

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Mozart Cunha do Couto, ou Mozart Couto (Juiz de Fora, Minas Gerais) começou a atuar profissionalmente em 1979, como ilustrador e autor (desenhista e argumentista/roteirista) de histórias em quadrinhos.

Produziu para diversas editoras do eixo Rio-São Paulo recebendo, em 1986, o Prêmio Angelo Agostini, da Associação de Quadrinhistas e Cartunistas de São Paulo, como melhor desenhista. Em 1988 começou a exportar seus trabalhos para a Europa, onde foram publicados álbuns de histórias em quadrinhos e tiras de jornais; algumas dessas publicações com circulação na Bélgica, França, Alemanha, Dinamarca e Holanda. Em 1993, entrou no mercado norte-americano colaborando em revistas das editoras Marvel Comics, DC Comics, Acclaim Comics, Dark Horse Comics e Image Comics, desenhando conhecidos personagens como Mulher Maravilha, Thor, Hulk, Elektra, Turok, Glory, Gamera, e outros.

Atualmente Mozart tem se dedicado mais à ilustração. Sua produção é dirigida para livros didáticos, para-didáticos, literatura em geral, livros de RPG, capas de CDs, histórias em quadrinhos promocionais, criação de personagens para diversos fins, revistas e livros de como desenhar e outros. Entre seus clientes contam-se editoras como FTD, Saraiva, Ática, Melhoramentos, Paulinas, Record, Ave-Maria, Moderna e Scipione. Foi ganhador, com o livro Nosso Folclore (editora Ave-Maria), do Prêmio Jabuti na categoria de melhor livro didático de 1999 e, em 2000, do certificado "altamente recomendável" da Fundação Nacional do Livro Infantil e Infanto-Juvenil pelas ilustrações no livro A Carta de Pero Vaz de Caminha, da Editora Moderna. Mozart Couto é um dos principais divulgadores dos softwares Gimp e Krita, programas livres e gratuitos de ilustração.

Mozart Couto já experimentou diversos estilos desdes os comics norte-americanos, passando pela linha clara europeia, o sumi-ê e o mangá japoneses foi influenciado por artistas de estilos distintos, tais como Hal Foster, Alex Raymond, Jack Kirby, Gene Colan, Frank Frazetta, John Buscema, Moebius, Júlio Shimamoto, Flavio Colin, Eugênio Colonnese, Claudio Seto, Jayme Cortez, Ivan Wasth Rodrigues, Hiroaki Samura, Mike Mignola, Katsuhiro Otomo, Paolo Eleuteri Serpieri e Hermann Huppen.

Trabalhos de Mozart Couto[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Guerreiros de Ha-kan: nova HQ de Mozart Couto
  2. Thiago Colás (23 de novembro de 2012). «Livro de Mozart Couto sobre Arte Fantástica». HQManiacs 
  3. José Salles (30 de julho de 2005). «Bang-bang Brasiliano». site Bigorna.net. português. Consultado em 18 de novembro de 2009 
  4. Sidney Gusman (8 de março de 2002). «Opera Graphica é acusada pela Mythos de plagiar Conan». Universo HQ 
  5. «Mozart Couto». Opera Graphica 
  6. Marcelo Naranjo. «Calafrio 20 Anos Depois». Universo HQ 
  7. Marcelo Naranjo, sobre o press release (26 de agosto de 2004). «Homens de Couro é o novo álbum do CLUQ». Universo HQ 
  8. Sidney Gusman (17 de março de 2011). «Lançado sexto álbum da série independente Gilvath». Universo HQ 
  9. SPIDER sobre release (11 de fevereiro de 2005). «A Saga dos Super-Heróis Brasileiros». HQ Maniacs 
  10. Marcelo Naranjo (21 de julho de 2010). «Confira a capa de MSP + 50». Universo HQ 
  11. Carlos Costa sobre release (31 de janeiro de 2013). «Velozes e Vorazes: romance no estilo mangá». HQManiacs 
  12. Carlos Costa sobre o release (21 de janeiro de 2013). «Editorial Kalaco lança coletânea sobre zumbis». HQManiacs 
  13. Marcelo Naranjo (1 de abril de 2016). «Editora Quadrinhópole lança coletânea com as obras perdidas do Capitão Gralha». Universo HQ 
  14. Criativo Editora lança coleção de Sketchbooks e inaugura loja virtual com promoção
  15. Bernie Wrightson, Mozart Couto e Mike Deodato entre os lançamentos da Mythos

Referências[editar | editar código-fonte]

Notas
Web

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre autor ou ilustrador de banda desenhada é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.