Érica Awano

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Érica na Comic Con Experience de 2014 em São Paulo, Brasil.

Érica Awano (12 de dezembro de ?)[1] é uma desenhista brasileira, neta de imigrantes japoneses[2] .

Biografia[editar | editar código-fonte]

Formada em Letras e Literatura pela USP, Érica Awano começou sua carreira em 1996 em um mangá licenciado de Mega Man e publicado pela Editora Magnum.[2] [3]

Trabalhou a seguir em Street Fighter Zero 3 escrita por Marcelo Cassaro[4] , e nas revistas Anime EX e Animax na seção "Como Desenhar Mangá". Também foi co-criadora do mascote da revista Anime>Do[5] e co-autora do álbum Mangá Tropical.

Ao lado de Cassaro ilustrou os Manuais de RPG 3D&T, Tormenta entre outros. Holy Avenger é ambientado no universo de Tormenta, surgiu como uma aventura de RPG em 3 partes e de origem a uma HQ, também desenhada por ela. O título durou 40 edições, com alguns especiais e minisséries, tornando-se uma das maiores e mais prestigiadas HQs nacionais de aventura de todos os tempos.

Awano criou o pirata James K. (nome inspirado no Capitão Kirk), sua irmã Anne e seu navio Bravado, os incluindo em Holy Avenger.

Atualmente, desenha para o mercado estadunidense, agenciada pela empresa Glass House[2] . É dela o lápis da adaptação para HQ do game Warcraft[6] .

Em 2006, participa do álbum em comemoração aos 25 anos de O Menino Maluquinho de Ziraldo.[7] [8]

Recentemente, Érica trabalhou numa adaptação de Alice no País das Maravilhas com roteiros de Leah Moore (filha de Alan Moore) e John Reppion, com colorização de PC Siqueira.[9]

Em 2009, Erica participou do álbum MSP 50 em homenagem aos 50 anos de carreira de Mauricio de Sousa, onde escreveu e desenhou uma história do Chico Bento.[10]

Em 2011, a Jambô Editora lançou uma edição especial de DBride Noiva do Dragão, escrita por Marcelo Cassaro e desenhada por Érica, publicada anteriormente de forma seriada na revista Dragon Slayer[11] .

Embora desenhe no estilo mangá, Awano não se considera mangaká, já que nem sempre segue a narrativa dos quadrinhos japoneses[12] .

Referências

  1. Autores Holy Avenger.
  2. a b c Íntegra da entrevista com Erica Awano Correio Brasiliense (17/2/2010).
  3. Sérgio Miranda (fevereiro de 2007). "Wizard - O Guia dos Quadrinhos #8 - Novos Mangás nas Bancas": 14 Editora Globo ISSN 1413-6082
  4. Sonia Maria Bibe Luyten. Cultura pop japonesa. [S.l.]: Hedra, 2005. 100 p. 978-85-8732889-2
  5. Denise Akemi, Erica Awano, .ran Elles Briggs, Petra Leão, Lydia Megumi, Marcelo Cassaro, Rodrigo Reis, Ricardo Riamonde, Jae Woo, André Vazzios. A Arte de Holy Avenger. [S.l.]: Talismã.
  6. Diogo Bercito (26/8/2009). Desenhista brasileira de mangás exporta seu traço para os EUA Folha de São Paulo.
  7. Bienal do Livro Folha Online.
  8. Jorge Henrique Cordeiro (09/03/2006). O lado infantil da Bienal do Livro de São Paulo O Globo.
  9. Érica Awano ilustra “The Complete Alice in Wonderland” Hikari no Tenshi (19 agosto 2009). Visitado em 10/11/2009.
  10. Eduardo Nasi. MSP 50 Universo HQ.
  11. Hector Lima (1 de fevereiro de 2011). DBride Noiva do Dragão em edição especial Omelete.
  12. Mangakás e algo mais Rio Comicon (24/10/2011).

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Ícone de esboço Este artigo sobre autor ou ilustrador de banda desenhada é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.