Luiz Sá

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Luiz Sá
Nascimento 28 de setembro de 1907
Fortaleza
Morte 14 de novembro de 1979 (72 anos)
Niterói
Cidadania Brasil
Ocupação artista de história em quadrinhos, animador, cartunista, caricaturista, pintor

Luís Sá ou Luiz Sá (Fortaleza, Ceará, 28 de setembro de 1907[1] - Niterói, Rio de Janeiro, 1979)[2] foi um caricaturista brasileiro, criador dos personagens Reco-Reco, Bolão e Azeitona que, durante anos, apareceram na revista infantil O Tico-Tico.[3] Foi também responsável pela criação de uma série de curtas de animação que ficou perdida por anos, As Aventuras de Virgulino.[4][5][6]


Foi para o Rio de Janeiro em 1928, quando expôs bicos-de-pena aquarelados que fixavam cenas e costumes do Ceará. Colaborou por 20 anos na revista O Malho. Produziu ainda desenhos humorísticos para jornais cinematográficos. Sá também foi responsável pela criação de O Bonequinho, personagem usado na seção de crítica de cinema do Jornal O Globo[7].
Seu desenho é caracterizado pelo uso quase exclusivo de linhas curvas, tendo quase todos os seus personagens os rostos bastante arredondados. Por volta de 1950 Luiz Sá muito contribuiu ilustrando panfletos educativos e relacionados com a saúde publicados pelo então Ministério de Educação e Saúde no Rio de Janeiro, como uma ilustração abaixo do texto "Quem come a galope, o intestino entope."

Em 2016, sua data de nascimento foi escolhida para ser o "Dia Estadual dos Quadrinhos" no Ceará.[1][8]

Referências

  1. a b «Semana Maria da Penha e Dia Estadual dos Quadrinhos serão abordados nas escolas estaduais». Consultado em 31 de janeiro de 2018. Arquivado do original em 1 de fevereiro de 2018 
  2. Elisa Batalha do sec 22 em marte na europa de jesus, Colaboração: Pedro Paulo Soares, João gabriel nascimento silva mosca diretor do Museu da Vida / COC/ Fiocruz. «Luiz Sá: um desenhista a serviço da saúde». Fiocruz 
  3. Gonçalo Júnior. Editora Companhia das Letras, ed. A Guerra dos Gibis - a formação do mercado editorial brasileiro e a censura aos quadrinhos, 1933-1964. 2004. [S.l.: s.n.] pp. 47, 48. ISBN 9788535905823 
  4. Fernão Ramos,Luiz Felipe Miranda. Senac, ed. Enciclopédia do cinema brasileiro. 2000. [S.l.: s.n.] 25 páginas. ISBN 9788573590937 
  5. A evolução da animação
  6. Nepomuceno, Marcos (23 de julho de 2013). «Documentário Luz, Anima, Ação recupera animação brasileira». Anima Mundi Web. Consultado em 19 de abril de 2015 
  7. «Os heróis das HQ». Revista Galileu 107 ano 11. Editora Globo. 10 de Fevereiro de 2001. Consultado em 18 de maio de 2010 
  8. Os quadrinhos em debate

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Luiz Sá (em português) Guia dos Quadrinhos

Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
Ícone de esboço Este artigo sobre autor ou ilustrador de banda desenhada é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.