Ely Rubens Barbosa

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Ely Barbosa)
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Ely Rubens Barbosa
Nascimento 1939
Vera Cruz
Morte 19 de janeiro de 2007 (68 anos)
São Paulo
Cidadania Brasil
Ocupação artista de história em quadrinhos
Causa da morte doença de Parkinson

Ely Rubens Barbosa, mais conhecido como Ely Barbosa (Vera Cruz, 1939São Paulo, 19 de janeiro de 2007), foi um autor de histórias em quadrinhos e publicitário brasileiro.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Nos anos 1960 integrou, ao lado de Mauricio de Sousa, Messias de Mello, Júlio Shimamoto e Gedeone Malagola, a Associação de Desenhistas de São Paulo (ADESP). Uma das bandeiras da ADESP era a reserva de mercado dos quadrinhos.[1]

Foi o autor do comercial da empresa especializada em controle de pragas DDDrin, exibido na década de 1970. A peça exibia uma animação de baratas. De 1987 até 1992 foram publicadas pela Editora Abril revistas em quadrinhos de personagens criados por Ely Barbosa: Fofura, Patrícia e O Gordo. Os bonecos Anjinha e Capetinha, pertencentes ao programa Oradukapeta, apresentado nos anos 1980 por Sérgio Mallandro, foram da criação de Ely Barbosa. Isso podia ser notado facilmente, devido à vasta semelhança dos citados bonecos com os outros personagens criados pelo autor.

Além dos personagens próprios, Barbosa fez também revistas em quadrinhos dos Trapalhões para a Bloch Editores e da Hanna-Barbera para a Rio Gráfica Editora. Em 1983 criou e produziu com a Rede Bandeirantes as séries televisivas TV Tutti Fruti e Boa Noite, Amiguinhos, ambas com bonecos animados. Na década seguinte produziu com a Diana Produtora Independente a série Fofura na TV.

Era irmão do autor de novelas Benedito Ruy Barbosa e pai da atriz Mareliz Rodrigues, que participou de novelas de Benedito, como Cabocla. Morreu em 19 de janeiro de 2007, vítima do mal de Parkinson.[2]

Referências

  1. Gonçalo Júnior. A Guerra dos Gibis - a formação do mercado editorial brasileiro e a censura aos quadrinhos, 1933-1964local=Editora Companhia das Letras. 2004. [S.l.: s.n.] ISBN 9788535905823 
  2. Marcus Ramone (22 de janeiro de 2007). «Faleceu o quadrinhista Ely Barbosa». Universo HQ. Consultado em 7 de junho de 2010. 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]