Grajaú (distrito de São Paulo)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Jardim Sipramar)
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Grajaú
Área 92 km²
População () 500.787 hab. (2010)
Densidade 3.922 hab/ha
Renda média R$ 2.500,00
IDH 0,754 - médio (90°)
Subprefeitura Capela do Socorro
Região Administrativa Sul
Área Geográfica 6 (Sul)
Distritos de São Paulo Bandeira da cidade de São Paulo.svg
Hospital Grajaú

Grajaú é um distrito do município de São Paulo, localizado na Zona Sul. É administrado pela subprefeitura da Capela do Socorro, dentro da região administrativa da Zona Sul de São Paulo. Seus limites são os distritos de Pedreira, Cidade Dutra, Parelheiros e o município de São Bernardo do Campo e Diadema. Fica a 26 km da Praça da Sé e 14 km dos principais bairros da zona sul da cidade como Santo Amaro e Jabaquara. Atualmente, possui uma população de aproximadamente 445 mil habitantes, sendo o mais populoso distrito da capital.

Estação de Trem Grajaú

Hoje, o Grajaú vem mostrando um forte desenvolvimento com grandes construções tanto na área residencial quanto na área comercial. Bairros como Parque Residencial Cocaia, Jardim Novo Horizonte, Jardim Eliana, Parque Grajaú, Jardim Varginha, Cantinho do Céu e Vila Natal contam com grande atividade comercial, enquanto bairros como Jardim São Bernardo, Jardim Shangrila, Jardim Ellus, Jardim Marilda, Palmares, Jardim Noronha e Parque América são sobretudo residenciais.

No ano de 2016, Grajaú figurou na lista dos piores distritos de São Paulo, ocupando a posição de sétimo pior IDH da cidade. [1] A grande maioria dos bairros que estão às margens da represa Billings ainda não possuem saneamento básico; mesmo com rede de esgoto, os detritos são direcionados para a represa pela empresa de saneamento. Em bairros onde não existe rede coletora, o esgoto corre a céu aberto ou são utilizadas fossas. O distrito tem pouco mais de 50% de seus moradores com cobertura de serviço de saúde realizado por agentes de saúde do programa saúde da família. Muitos bairros ainda não possuem Unidade Básica de Saúde (UBS) e as que existem estão sobrecarregadas (Ex: UBS Jardim Icarai e Castro Alves). Uma grande demanda por educação também é visível principalmente no ensino fundamental (Ex: Jardim Noronha, Jardim Ellus, Shangrila, Três Corações), onde a evasão escolar em crianças de 07 a 14 anos é um problema notório e medidas para saná-lo ainda não são eficazes. O distrito possui apenas 2 conselhos tutelares para uma comunidade total de mais de 700.000 moradores (2018). A Região não possui nenhuma delegacia de atendimento às mulheres vítimas de violência. Os espaços públicos são poucos e Centros de Criança é Adolescentes (CCA) regularmente têm filas de espera diárias muito grandes (somente para os bairros Jardim Ellus, Shangrila, Lucélia, Monte Verde e Prainha).

Distritos e municípios limítrofes[editar | editar código-fonte]

Topônimo[editar | editar código-fonte]

O topônimo "Grajaú" é derivado do termo tupi karaîá'y, que significa "rio dos carajás" (karaîá, carajá + 'y, rio).[2]

Descrição[editar | editar código-fonte]

O distrito e o bairro são cortados pela Avenida Dona Belmira Marin que é considerada o centro comercial da região pois apresenta quantidade elevada de comércios atualmente mais de quatrocentas lojas. A região também possui outras vias importantes de ligação com o restante da cidade como Avenida Senador Teotônio Vilela e Av Paulo Guilguer Reimberg que é a principal via do bairro de Varginha e também conta com grande trafego de veiculos e conta com muitas lojas principalmente no bairro do Jardim Novo Horizonte esta avenida tem inicio na Av Teotonio Vilela próximo ao terminal Varginha e termina estrada de itaquaquecetuba no Jardim Marilda.

Embora o Grajaú ainda sofra com a escassez de investimento público na área da saúde, o distrito abriga um hospital de grande porte, o Hospital Estadual do Grajaú, que é responsável pela população local e distritos próximos. Mas, ultimamente, o governo começou a investir nos postos de assistência médica ambulatorial, aumentando o número de unidades, visando a diminuir a espera nas filas, causada pela alta demanda da população que o Hospital Grajaú recebe diariamente. O distrito também vem recebendo investimentos públicos na revitalização de calçadas das vias principais e reforma nas escolas do ensino público.

Transportes[editar | editar código-fonte]

O distrito é servido pelos trens da Linha 9 - Esmeralda da CPTM.

  • Trem da linha 9 CPTM saindo da Estação Grajaú
    Terminal/Estação Grajaú é terminal urbano integrado com uma estação ferroviária da Linha 9 - Esmeralda da CPTM, e que é considerado o maior ponto de referência para a região, transportando pessoas do distrito e de regiões próximas. Estima-se que o Terminal/Estação, seja responsável por transportar quase meio milhão de pessoas diariamente, transformando-o em um dos maiores terminais urbanos da cidade de São Paulo. Ele é importante também por ser responsável pelas baldeações feitas para os bairros.

As linhas de ônibus do terminal Grajaú atendem a uma alta demanda de pessoas que moram no distrito, inclusive a população que vive nas margens da Represa Billings. Já a estação ferroviária é o ponto de partida da Linha 9 - Esmeralda da CPTM, que possui a linha ferroviária mais sofisticada e fundamental da cidade de São Paulo.

Personalidades do distrito[editar | editar código-fonte]

Bairros[editar | editar código-fonte]

Clima[editar | editar código-fonte]

Mês Jan Fev Mar Abr Mai Jun Jul Ago Set Out Nov Dez Ano
Temperatura máxima média (°C) 24,8 24,8 24,2 22,4 20,5 19,5 18,9 19,8 20,7 21,4 22,7 23,8 22
Temperatura média (°C) 20,4 20,5 19,8 17,8 15,8 14,4 13,7 14,7 15,8 16,9 18,2 19,3 17,3
Temperatura mínima média (°C) 16 16,2 15,4 13,3 11,1 9,4 8,6 9,6 11 12,4 13,7 14,9 12,6
Precipitação (mm) 274 264 236 143 109 76 69 80 122 212 191 251 2 027
Fonte: Climate Data.[2]

Pontos de Interesse[editar | editar código-fonte]

  • Centro Cultural Palhaço Carequina
  • Galpão Cultural Humbalada
  • Sarau do Grajaú
  • Casa Ecoativa
  • Associação Filantrópica Arca das Crianças
  • UBS Chácara do Sol
  • E E P G Marlene Adua Fortunato
  • Bar Do Zoi
  • Chácara Toca do Tatu[3]
  • Circo Escola Grajaú
  • CEDECA Grajaú
  • CEDECA Cidade Dutra
  • E.E. Professor Carlos de Moraes Andrade
  • Mercado e Bar Duvalt
  • Igreja Apostólica Fonte de Alívio
  • DonamérA Empório Nordestino

Favelas[editar | editar código-fonte]

Na Subprefeitura de Socorro, existem 176 favelas e grande parte delas esta localizada no distrito de Grajaú. O número de pessoas vivendo em barracos e pequenas casas de alvenaria, ultrapassa 50 mil. [4]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «IDH: Os 20 melhores e os 20 piores distritos de São Paulo». Estadão. Consultado em 1 de maio de 2017 
  2. NAVARRO, E. A. Dicionário de tupi antigo: a língua indígena clássica do Brasil. São Paulo. Global. 2013. p. 561.
  3. «Google Maps». Google Maps. Consultado em 30 de abril de 2017 
  4. «Grajaú | São Paulo Bairros». www.spbairros.com.br. Consultado em 30 de abril de 2017 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre Geografia de São Paulo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.