Missionários Combonianos

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Missionários Combonianos do Coração de Jesus
 
Missionarii Comboniani Cordis Iesu
Servir as pessoas mais pobres e esquecidas do mundo.
sigla
M.C.C.I.
Tipo: Congregação religiosa
Fundador (a): São Daniel Comboni
Local e data da fundação: 8 de dezembro de 1871
Aprovação: 19 de fevereiro de 1910 por Papa Pio X
Superior geral: Pe. Tesfaye Tadesse Gebresilasie
Membros: 2008, a congregação tinha 328 casas com 1.803 religiosos, dos quais 1.296 eram sacerdotes.[1]
Sede: Via Luigi Lilio 80 Roma, Itália
Site oficial: http://www.comboni.org/
Projeto Catolicismo · uso desta caixa

Missionários Combonianos é uma comunidade missionária da Igreja Católica Romana fundada por São Daniel Comboni.

No Brasil, os Missionários Combonianos chegaram em 1952. As primeiras missões foram abertas no Maranhão (Balsas) e no Espírito Santo, onde realizaram inúmeras obras: construindo escolas, igrejas, e um grande seminário em Ibiraçu. Depois de 50 anos, os combonianos no Brasil são cerca de 130, atuando em 20 dioceses e organizados em dois grupos: um no Nordeste, com sede em São Luís, e outro no Sul, com sede em São Paulo. Durante trinta anos editaram no Brasil um importante periódico católico: a Revista Sem Fronteiras[1].

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Annuario pontificio per l'anno 2010 [Pontifical directory for the year 2010] (em italiano). Vatican City: Libreria Editrice Vaticana. 2010. ISBN 978-88-209-8355-0 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. Sem Fronteiras
Ícone de esboço Este artigo sobre Catolicismo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
  1. Ann. Pont. 2010, p. 1451.