Helarctos malayanus

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Urso-malaio)
Ir para: navegação, pesquisa
Como ler uma caixa taxonómicaUrso-malaio
Ocorrência: Pleistoceno-Recente
Urso-malaio adulto

Urso-malaio adulto
Estado de conservação
Status iucn3.1 VU pt.svg
Vulnerável (IUCN 3.1) [1]
Classificação científica
Reino: Animalia
Filo: Chordata
Classe: Mammalia
Ordem: Carnivora
Família: Ursidae
Género: Helarctos
Horsfield, 1825
Espécie: H. malayanus
Nome binomial
Helarctos malayanus
(Raffles, 1821)
Distribuição geográfica
Distribuição: em marrom - presente; em preto - histórica; em cinza-escuro - presença incerta
Distribuição: em marrom - presente; em preto - histórica; em cinza-escuro - presença incerta

O urso-malaio (Helarctos malayanus), também conhecido como urso-do-sol ou urso-dos-coqueiros, é uma espécie de mamífero carnívoro da família dos ursos que habita as florestas tropicais do Sudeste asiático. É classificada como vulnerável pela União Internacional para a Conservação da Natureza (UICN), uma vez que o desmatamento em larga escala que ocorreu no sudeste asiático nas ultimas três décadas reduziu drasticamente o habitat adequado para o urso malaio. Acredita-se que a população global diminui mais de 30% nos últimos trinta anos.

Características[editar | editar código-fonte]

urso-malaio

O urso malaio geralmente possui uma pelagem curta, lustrosa e de cor negra, mas que pode ser avermelhada ou até mesmo cinza, os animais da espécie também possui uma mancha clara no peito e na face. A sua língua é comprida e pode ter até 25 cm de comprimento. Suas orelhas são pequenas e redondas, largas na base e se movimentam muito pouco. As suas pernas da frente são curvadas para dentro e as garras são grandes e em forma de foice.

É a menor espécie de urso. Os adultos tem cerca de 1,20 a 1,50 cm de comprimento e pesam entre 27 e 80 kg. Os machos são de 10 a 20% maiores que as fêmeas. O focinho é curto e de cor rosa claro e na maioria dos casos a área branca se estende por cima dos olhos. Suas patas são grandes e suas almofadas são nuas, característica que acredita-se ser uma adaptação para escalar árvores. A cauda é pequena e tem entre 30 a 70 mm de comprimento.

Durante a alimentação, o urso malaio pode prolongar sua linguá a até 20 ou 25 cm de comprimento para extrair insetos e mel. Tem caninos excepcionalmente grandes, e possui uma força de mordida poderosa com relação ao tamanho do corpo, e pode estar relacionada com o fato desses animais muito comumente abrir cascas de arvores com os dentes, para poder apanhar larvas e mel. A cabeça é grande, larga e pesada em proporção ao corpo, e o palato é largo em proporção ao cranio.

Distribuição e habitat[editar | editar código-fonte]

O urso malaio é encontrado nas florestas tropicais do sudeste asiático que vão desde o nordeste da índia, Bangladesh, Myanmar, Tailândia, península malásia, laos, Camboja, Vietnã, sul da província de yunnan na China e nas ilhas de sumatra e Bornéu na indonésia. Eles agora ocorrem de forma muito irregular em grande parte de sua faixa anterior, e foram extintos em muitas áreas de sua ocorrência original, especialmente no sudeste da asia continental. A sua distribuição atual no leste no Myanmar e na maior parte de yunnan é desconhecida.

Comportamento social e reprodução[editar | editar código-fonte]

Como ursos do sol ocorrem em regiões tropicais, onde o alimento está disponível durante todo o ano, eles não hibernam. Com exceção das fêmeas com seus filhotes, os ursos malaios são geralmente solitários e possuem hábitos principalmente diurnos,mas alguns são ativos durante a noite por curtos período de tempo. Os locais de descanso são principalmente troncos ocos caídos, mas também descansam em cima de arvores.

Em cativeiro, eles possuem um comportamento social, e dormem principalmente durante o dia. Os ursos malaios também são conhecidos como animais muito ferozes quando surpreendidos na floresta.

As fêmeas são relatadas acasalando com três anos de idade. Durante a época de acasalamento, o urso malaio mostra comportamentos de luta simulada e balançam repetidamente a cabeça de um lado para o outro. A gestação dura aproximadamente 95 a 174 dias. As ninhadas consistem em aproximadamente um ou dois filhotes que nascem cegos, desprovidos de pelos e pesando entre 280 e 325 g cada, inicialmente eles são totalmente dependentes de suas mães e são amamentados até os 18 meses de idade. Por volta dos 1 ou 3 meses os filhotes já podem correr,brincar e acompanhar a mãe em seus deslocamentos. Eles atingem a maturidade sexual por volta dos 3 ou 4 anos e podem viver por até 30 anos em cativeiro.

Referências

  1. FREDRIKSSON, G.; STEINMETZ, R.; WONG, S.; GARSHELIS, D.L. (IUCN SSC Bear Specialist Group) (2008). Helarctos malayanus (em Inglês). IUCN 2012. Lista Vermelha de Espécies Ameaçadas da IUCN de 2012 Versão 2. Página visitada em 20 de junho de 2013.
Wikispecies
O Wikispecies tem informações sobre: Helarctos malayanus
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Helarctos malayanus
Ícone de esboço Este artigo sobre carnívoros, integrado no Projeto Mamíferos é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.