Puma yagouaroundi

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Como ler uma infocaixa de taxonomiaPuma yagouaroundi[1]
Jaguarundi "cinza"(castanho-acinzentado)

Jaguarundi "cinza"(castanho-acinzentado)
Estado de conservação
Espécie pouco preocupante
Pouco preocupante (IUCN 3.1) [2]
Classificação científica
Reino: Animalia
Filo: Chordata
Classe: Mammalia
Ordem: Carnivora
Família: Felidae
Género: Puma
Espécie: P. yagouaroundi
Nome binomial
Puma yagouaroundi
(Geoffroy, 1803)[3]
Distribuição geográfica
Distribuição do jaguarundi
Distribuição do jaguarundi
Sinónimos
Puma yaguarondi[3]

Felis yaguarondi[3]
Herpailurus yaguarondi[3]

O Jaguarundi (nome científico:Puma yagouaroundi) também conhecido como gato-mourisco,[4] eirá,[5] gato-preto, raposa-de-gato, onça-de-bode e maracajá-preto é um mamífero carnívoro da família dos felídeos nativo do sul da América do norte passando por todo o Brasil até ao norte da Argentina.[6] É listado como pouco preocupante pela União Internacional para a Conservação da Natureza desde 2002. Sua presença no Uruguai é incerta. As mega reservas da Bacia Amazônica são provavelmente as únicas unidades de conservação capazes de sustentar populações viáveis a longo prazo da espécie.

Etimologia[editar | editar código-fonte]

Jaguarundi é oriundo do tupi yawaum'di.[7] E surgiu da junção da palavra Ya'wara(Jaguar/fera) + undi(escuro).[8] Em alguns países de língua espanhola, o jaguarundi também é conhecido como gato colorado, gato moro, león brenero, onza, tigrillo e leoncillo.

Características[editar | editar código-fonte]

jaguarundi no zoológico de berlim, Alemanha.

O jaguarundi tem pernas curtas, um corpo alongado e uma cauda longa. As orelhas são curtas em arredondadas, seu pêlo não possuí manchas, é de cor uniforme e a coloração varia de cinza acastanhado a vermelho acastanhado, indivíduos de colorações diferentes podem nascer na mesma ninhada. Tem um comprimento de 53 a 77 cm, com a cauda acrescentando de 31 a 60 cm, e pesam de 3,5 a 9,1 kg. O jaguarundi tem o hábito de viver perto de bordas de banhados, beira de rios ou de lagos, sendo, também, encontrado em lugares secos, com vegetação aberta.[9] [10] [11]

Ecologia e comportamento[editar | editar código-fonte]

Jaguarundis são principalmente diurnos, e apesar de se sentirem confortáveis em cima das árvores, preferem caçar no chão. Eles comem praticamente qualquer animal pequeno que consigam capturar, com uma preferência por roedores, pequenos répteis, e aves. Eles também já foram registrados matando presas maiores como coelhos e gambás; presas mais incomuns incluem peixes e saguis. Como muitos outros felinos, eles também incluem uma pequena quantidade de vegetação e artrópodes em suas dietas.

Embora pareçam ser mais gregários que muitos outros felinos, dispostos a tolerar a presença de outros de sua espécie, na natureza geralmente são encontrados sozinhos, sugerindo um estilo de vida solitário. Indivíduos foram registrados com territórios de 6,8 a 100 quilômetros quadrados de área, e como muitos outros felinos eles marcam seus territórios com urina, fezes, arranhões entre muitos outros meios. Eles são tímidos e reclusos, e evidentemente muito cautelosos.

Os jaguarundis possuem uma variedade muito ampla de vocalizações, que incluem ronronados, assobios, sons de vibração e até mesmo um chiado de pássaro.

Reprodução[editar | editar código-fonte]

O período de reprodução, aparentemente, dura o ano inteiro. Uma fêmea permanece no cio durante cerca de 3 a 5 dias, e tem por ninhada de um a quatro filhotes. A gestação demora aproximadamente setenta a setenta e cinco dias. Um jaguarundi torna-se adulto com 2 ou 3 anos de idade e vivem até 10 anos e cativeiro.[12] [13]

Taxonomia e Evolução[editar | editar código-fonte]

De acordo com um estudo do genoma dos felídeos feito em 2006, um ancestral dos actuais géneros de felídeos Leopardus, Lynx, Puma, Felis e Prionailurus migrou através do Estreito de Bering para a América entre 8 e 8,55 milhões de anos atrás.[14] [15]

Estudos indicam que o puma e o jaguarundi são mais aparentados com a chita. Tem-se sugerido que a chita deriva desse mesmo ancestral mas voltou a migrar para a Ásia e África. Outra teoria é que a chita evoluiu ainda no Velho Mundo.[16] [17]

Subspécies[18][editar | editar código-fonte]

Galeria[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Commons
O Commons possui imagens e outras mídias sobre Puma yagouaroundi

Referências

  1. Wozencraft, W.C. (2005). Wilson, D.E.; Reeder, D.M. (eds.), ed. Mammal Species of the World 3 ed. Baltimore: Johns Hopkins University Press. p. 545. ISBN 978-0-8018-8221-0. OCLC 62265494 
  2. Caso, A., Lopez-Gonzalez, C., Payan, E., Eizirik, E., de Oliveira, T., Leite-Pitman, R., Kelly, M., Valderrama, C. (2008). Puma yagouaroundi (em Inglês). IUCN 2013. Lista Vermelha de Espécies Ameaçadas da IUCN de 2013 Versão 2.
  3. a b c d Puma yagouaroundi (TSN 726257) (em inglês) . Integrated Taxonomic Information System (www.itis.gov)
  4. «Definição de 'jaguarundi' no Dicionário Eletrónico Estraviz». estraviz.org. Consultado em 16 de agosto de 2016. 
  5. «Definição de 'eira ' no Dicionário Eletrónico Estraviz». estraviz.org. Consultado em 16 de agosto de 2016. 
  6. Pró-carnívoros - Jaguarundi
  7. FERREIRA, A. B. H. Novo Dicionário da Língua Portuguesa. Segunda edição. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 1986. p.980
  8. Etimologia de 'Jaguarundi'(em inglês)
  9. Pró-carnívoros - Jaguarundi
  10. Wikiwand - Jaguarundi(em espanhol)
  11. Web Animal - Informações sobre o Jaguarundi
  12. Pró-carnívoros - Jaguarundi
  13. Wikiwand - Jaguarundi(em espanhol)
  14. Pró-carnívoros - Jaguarundi
  15. Wikiwand - Jaguarundi(em espanhol)
  16. Pró-carnívoros - Jaguarundi
  17. Wikiwand - Jaguarundi(em espanhol)
  18. Wikiwand - Jaguarundi(em espanhol)
Ícone de esboço Este artigo sobre Felídeos, integrado ao WikiProjeto Mamíferos é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.