Apollo-Soyuz

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde agosto de 2011).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Soyuz 19 (Apollo-Soyuz)
Insígnia da missão
Estatísticas da missão
Número de tripulantes 2 (Soyuz)
3 (Apollo)
Lançamento 15 de julho de 1975
12:20 UTC
Cosmódromo de Baikonur LC1
Aterrissagem 21 de julho de 1975.
10:50:00 UTC
50° 40' N, 67° 1' E
Duração 5d 21h 30m (Soyuz)
Imagem da tripulação
De uniforme marron, os norte-americanos Slayton, Stafford e Brand e de verde, os soviéticos Leonov e Kubasov
De uniforme marron, os norte-americanos Slayton, Stafford e Brand e de verde, os soviéticos Leonov e Kubasov
Navegação
Último
Último
Roskosmos
Soyuz 18 mission patch.png Soyuz 18
NASA
Skylab3-Patch.png Skylab IV
Roskosmos
Soyuz 20

NASA
STS-1Sts-1-patch.png
Próximo
Próximo
O cosmonauta russo Alexei Leonov e o astronauta norte-americano 'Deke' Slayton encontram-se no espaço.

Apollo-Soyuz (também Apollo 18 ou Soyuz 19) foi uma missão conjunta do Projeto Apollo e do programa espacial soviético que efetuou uma acoplagem em órbita da Terra da nave estadunidense Apollo 18 com a nave soviética Soyuz 19, em julho de 1975.

O próposito principal desta missão era simbólico, integrante da política da détente da época, que visava a melhorar as relações entre as duas superpotências, o que começava a acontecer naquele período da Guerra Fria, e colocar um fim nas tensões da corrida espacial.

Tripulações[editar | editar código-fonte]

Soyuz 19
Apollo 18

Parâmetros da missão[editar | editar código-fonte]

  • Massa:
    • 14 768 kg (32 558 lb) (Apollo)
    • 6 790 kg (14 969 lb) (Soyuz)
  • Perigeu:
    • 152 km (94 mi) (Apollo)
    • 186 km (116 mi) (Soyuz)
  • Apogeu:
    • 166 km (103 mi) (Apollo)
    • 220 km (137 mi) (Soyuz)
  • Inclinação:
    • 51.7° (Apollo),
    • 51.8° (Soyuz)
  • Período:
    • 87.6 m (Apollo)
    • 88.5 m (Soyuz)

Acoplamentos[editar | editar código-fonte]

  • Primeiro: 17 de julho - 16:19:09 UTC
  • Último: 19 de julho - 15:26:12 UTC
  • Tempo total acopladas: 1d 23h 7m 3s

A missão[editar | editar código-fonte]

Esta foi a única missão do Programa de Testes Apollo-Soyuz a ser executada. Os astronautas da Apollo eram Tom Stafford, Vance Brand e Donald "Deke" Slayton. Os cosmonautas da Soyuz 19 eram Alexei Leonov e Valeri Kubasov. Além de experiências científicas diversas, as tripulações visitaram as duas naves ligadas, trocando presentes, flâmulas e sementes de cada pais, a serem plantadas no outro.

A missão Apollo 18 fez uso do foguete Saturno IB, menos potente e mais barato que o Saturno V, pois era uma missão com pequena carga em órbita terrestre.

A Apollo 18 decolou em 15 de julho de 1975 e acoplou no espaço com a Soyuz 19, que havia sido lançada de Baikonur no mesmo dia, em 17 de julho de 1975, retornando em 24 de julho de 1975. A nave soviética retornou dia 21 de julho.

Este foi o último vôo usando a nave Apollo. Levaria seis anos para que outro norte-americano fosse ao espaço, então a bordo do ônibus espacial.

A expressão Apollo 18 também designa uma missão lunar Apollo cancelada, depois que as verbas do programa na NASA foram cortadas pelo Congresso dos Estados Unidos, impedindo a continuidade da exploração da Lua e fazendo com que a Apollo 17 fosse a última missão a pousar no satélite, em 1972.

Desenho artístico do acoplamento.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Commons
O Commons possui multimídias sobre Apollo-Soyuz