Primeiro-ministro

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Premier)
Ir para: navegação, pesquisa
Antistub.png
Este artigo está em manutenção emergencial a fim de evitar uma futura eliminação. Ajude a corrigir imprecisões no texto e colocar fontes que atestem sua relevância. Caso precise de ajuda para corrigi-lo, proponha a manutenção do artigo, seguindo as instruções na página.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde Maio de 2009). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Justin Trudeau, primeiro-ministro canadiano.

Um primeiro-ministro ou ministro principal (do inglêsprime minister), é um político que serve como chefe do poder executivo em alguns Estados como um cargo diferenciado de chefe de Estado.

Caraterísticas[editar | editar código-fonte]

É geralmente o chefe de governo no sistema parlamentar. Nos outros sistemas, como o semipresidencial, o primeiro-ministro é o funcionário encarregado da Administração Pública. O chefe de Estado pode ser nominalmente superior, mas na realidade em muitos casos tem funções mais de cerimónias e protocolo, sendo o primeiro-ministro quem governa o Estado.

Em muitos casos, um primeiro-ministro exerce as suas funções com um presidente ou monarca que desempenha como chefe de Estado. O primeiro-ministro é normalmente o líder do partido político que tem a maioria no parlamento. As suas responsabilidades principais incluem coordenar a atividade do governo, designar vários membros do governo, e, conjuntamente com o chefe de Estado, a representação do governo do seu país no mundo.

O termo «Primeiro-ministro» enfatiza a sua primazia em relação aos outros ministros do governo ou gabinete ao qual ele pertence. No entanto, conforme as legislações, outros termos equivalentes são utilizados:

Ortografia e gramática[editar | editar código-fonte]

De acordo com as regras gramaticais da Real Academia das Ciências de Lisboa, o feminino de «primeiro-ministro» é «primeira-ministra».[1] Também se encontram referências a «a primeiro-ministro» ou «a primeira-ministro». Um argumento que se há dado é que «a primeiro» é incorreto porque primeiro é apócope do adjetivo masculino; e que «a primeira-ministra» descreve a principal das mulheres que integram o gabinete, quando na realidade é a principal de todos os ministros, mulheres e homens; então o correcto seria «a primeira-ministro».[2]

Recomenda-se escrever-lo com letras iniciais maiúsculas quando se refere a uma pessoa concreta sem explicitar o seu nome, assim como em decretos, documentos oficiais e cartas dirigidas a essa mesma pessoa. O cargo escrever-se-á com minúsculas quando preceda o nome de quem o ostenta,[3] de igual modo que quando se usa o termo em sentido genérico, sem referir-se a nenhuma pessoa em particular.

Ver também[editar | editar código-fonte]


  1. Não deve empregar-se o masculino para se referir a uma mulher: a ministro. O feminino de «primeiro-ministro» é «primeira-ministra», não «primeiro-ministro», «primeiro-ministra» nem «primeira-ministro». Segundo o lema «ministro -tra» do Dicionário panhispânico de dúvidas.
  2. Falklands, Rodolfo H Terragno, Ediciones de la Flor, Buenos Aires, 2002; p25
  3. Segundo o parágrafo 4.31 do tema «maiúsculas» do Dicionário panhispânico de dúvidas.