Francisco de Assis Barbosa

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Este artigo não cita fontes confiáveis e independentes (desde maio de 2010). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Francisco de Assis Barbosa Academia Brasileira de Letras
Nascimento 21 de janeiro de 1914
Guaratinguetá
Morte 8 de dezembro de 1991 (77 anos)
Rio de Janeiro
Nacionalidade  Brasileiro
Ocupação Biógrafo, ensaísta, historiador e jornalista

Francisco de Assis Barbosa (Guaratinguetá, 21 de janeiro de 1914Rio de Janeiro, 8 de dezembro de 1991) foi um biógrafo, ensaísta, historiador e jornalista brasileiro, imortal da Academia Brasileira de Letras.

Obras[editar | editar código-fonte]

  • Brasileiro tipo 7, ensaio (1934)
  • Os homens não falam demais, reportagem, em colaboração com Joel Silveira (1942)
  • A vida de Lima Barreto, biografia (1952)
  • Retratos de família, ensaios (1954)
  • Machado de Assis em miniatura, biografia (1957)
  • Encontro com Roquette-Pinto, ensaio (1957)
  • Achados do vento, ensaio (1958)
  • Lima Barreto, introdução e antologia (1960)
  • Juscelino Kubitschek Uma revisão na política brasileira, biografia (1962)
  • Nominata carioca, história (1965)
  • História do povo brasileiro (fase nacional), em colaboração com Afonso Arinos de Melo Franco e Antonio Houaiss (1968)
  • A hora e a vez de Bethencourt da Silva, discurso (1972)
  • Santos Dumont inventor, biografia (1973)
  • Bernardo Guimarães: a viola e o sertão (1975)
  • A cadeira de Evaristo da Veiga, discurso (1981)
  • Os melhores poemas de Manuel Bandeira, organização e introdução (1984).

Academia Brasileira de Letras[editar | editar código-fonte]

Foi o sétimo ocupante da cadeira 13 da Academia Brasileira de letras, eleito em 19 de novembro de 1970, na sucessão de Augusto Meyer. Foi recebido em 13 de maio de 1971 pelo acadêmico Marques Rebelo. Recebeu os acadêmicos Carlos Chagas Filho e Orígenes Lessa.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Precedido por
Augusto Meyer
Lorbeerkranz.png ABL - sétimo acadêmico da cadeira 13
1970 — 1991
Sucedido por
Sérgio Paulo Rouanet


Ícone de esboço Este artigo sobre a biografia de um(a) escritor(a), poeta ou poetisa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.