Afonso Arinos de Melo Franco

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Afonso Arinos de Melo Franco Academia Brasileira de Letras
Nascimento 1 de maio de 1868
Paracatu
Morte 19 de fevereiro de 1916 (47 anos)
Barcelona
Nacionalidade  Brasileiro
Ocupação Jornalista, escritor e jurista

Afonso Arinos de Melo Franco (Paracatu, 1 de maio de 1868Barcelona, 19 de fevereiro de 1916) foi um jornalista, escritor e jurista brasileiro. Ocupou a cadeira 40 da Academia Brasileira de Letras.

Vida[editar | editar código-fonte]

Foi filho de Virgílio de Melo Franco e de Ana Leopoldina de Melo Franco. Foi irmão do diplomata brasileiro Afrânio de Melo Franco.

Iniciou o curso de direito em 1885 em São Paulo. Concluído os estudos quatro anos mais tarde, mudou-se com a família para Ouro Preto, na ocasião capital do Estado de Minas Gerais, onde lecionou história do Brasil no Liceu Mineiro. Tornou-se um dos fundadores da Faculdade de Direito de Minas Gerais, passando a lecionar Direito Criminal.

Teve vários trabalhos publicados na Revista do Brasil e na Revista Brasileira durante a década de 1890. Adoeceu durante uma viagem de navio à Europa, vindo a falecer na Espanha.

Obras publicadas[editar | editar código-fonte]

  • Pelo sertão - contos (1898)
  • Os jagunços - contos (1898)
  • Notas do dia (1900)
  • O contratador de Diamantes - drama (póstumo, 1917)
  • A unidade da Pátria (póstumo, 1917)
  • Lendas e Tradições Brasileiras (póstumo, 1917)
  • O mestre de campo - drama (póstumo, 1918)
  • Histórias e paisagens (póstumo, 1921)
  • Ouro, ouro (inacabado)

Lorbeerkranz.png Academia Brasileira de Letras[editar | editar código-fonte]

Foi eleito para a cadeira 40 da Academia Brasileira de Letras em 31 de dezembro de 1901, sendo recebido em 18 de setembro de 1903 pelas mãos do acadêmico Olavo Bilac.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Precedido por
Eduardo Prado
(fundador)
Lorbeerkranz.png ABL - segundo acadêmico da cadeira 40
1901 — 1916
Sucedido por
Miguel Couto


Outros projetos Wikimedia também contêm material sobre este tema:
Wikiquote Citações no Wikiquote
Wikisource Textos originais no Wikisource