Diogo de Vasconcelos (Minas Gerais)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Município de Diogo de Vasconcelos
Praia Branca (Prainha)

Praia Branca (Prainha)
Bandeira de Diogo de Vasconcelos
Brasão de Diogo de Vasconcelos
Bandeira Brasão
Hino
Fundação 12 de dezembro de 1881 (135 anos)
Emancipação 30 de dezembro de 1962 (54 anos)
Gentílico vasconcelense
Padroeiro(a) São Domingos
Prefeito(a) Domingos Antunes de Freitas (DEM)
(2017–2020)
Localização
Localização de Diogo de Vasconcelos
Localização de Diogo de Vasconcelos em Minas Gerais
Diogo de Vasconcelos está localizado em: Brasil
Diogo de Vasconcelos
Localização de Diogo de Vasconcelos no Brasil
20° 29' 16" S 43° 11' 52" O20° 29' 16" S 43° 11' 52" O
Unidade federativa  Minas Gerais
Mesorregião Metropolitana de Belo Horizonte IBGE/2008[1]
Microrregião Ouro Preto IBGE/2008[1]
Municípios limítrofes Mariana, Acaiaca, Piranga, Guaraciaba
Distância até a capital 165 km
Características geográficas
Área 165,091 km² [2]
População 3 848 hab. Censo IBGE/2010[2]
Densidade 23,31 hab./km²
Altitude 648 m
Clima Tropical
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,601 médio IBGE/2010[3]
PIB R$ 689 mil IBGE/2014[4]
PIB per capita R$ 5 922,35 IBGE/2014[4]
Página oficial
Prefeitura http://www.diogodevasconcelos.mg.gov.br

Diogo de Vasconcelos é um município brasileiro do interior do estado de Minas Gerais. O município, que foi emancipado de Mariana em 30 de Dezembro de 1962, fica na Região da Estrada Real, ao sudeste do Pico do Itacolomi - em Mariana, a 165 km de Belo Horizonte, pela BR-356 e MG-262. O agronegócio é o principal pilar econômico da cidade, tendo forte atuação da pecuária orgânica e agricultura orgânica.

Há também o turismo por conta de suas construções das décadas de 40 e 50,[5] uma fazenda do século XVIII (que foi refúgio de Cláudio Manuel Da Costa - membro da Inconfidência Mineira). Perto dessa fazenda há a prainha (Praia Branca), que fica à margem do Rio Gualaxo Do Sul. Ainda há uma cachoeira, conhecida como Cachoeira Das Laranjeiras, pois fica dentro da Fazenda Das Laranjeiras.

A Igreja Matriz de São Domingos Gusmão também é um ponto turístico e de fé, conhecida por ser o local de sepultamento do Padre Arlindo Vieira, ao qual foram atribuídos muitos milagres e graças.

Além disso, há estradas (pavimentadas e de terra) em que as pessoas fazem trekking de bicicleta, caminhadas (hiking) e cavalgadas.

Diogo de Vasconcelos tem 4.080 habitantes , com uma área de 165,1 km²,[6] sendo a maior parte da população vivendo em área rural, aproximadamente 78%.[7][8]

História[editar | editar código-fonte]

O Povoado de São Domingos foi fundado pelo Pe. Domingos Pinto Coelho da Rocha, posteriormente foi reconhecido como Freguesia em 1881 e em 1882 foi construída a paróquia e iniciado a construção da Igreja de São Domingos Gusmão.

Em 1923 foi renomeada para Vila de Vasconcelos, mas em 1928 recebeu o atual nome: Diogo de Vasconcelos (homenageando o historiador Diogo Luiz Pereira de Vasconcelos).

A emancipação do distrito (antes pertencente ao município de Mariana) foi reconhecida em 30 de Dezembro de 1962, passando a ser um município. Curiosamente, o aniversário da cidade foi comemorado a primeira vez em 08 de Setembro de 1963, e essa é a data oficial de aniversário da cidade. [9]

Turismo[editar | editar código-fonte]

A cidade está na Região da Estrada Real, e possui vários pontos turísticos, como a Igreja Matriz de São Domingos Gusmão, a Fazenda Laranjeiras (onde fica a Praia Branca - popularmente conhecida como prainha e a Cachoeira das Laranjeiras), a Fazenda Dos Caldeirões (que serviu como refúgio do inconfidente Cláudio Manuel Da Costa), e várias construções das décadas de 40 e 50, que ainda são preservadas.[10]

Economia[editar | editar código-fonte]

A principal atividade econômica de Diogo de Vasconcelos é o agronegócio, tendo a pecuária como seu mais forte pilar. A criação do gado é orgânica, ou seja, o gado é criado livre em pasto, sem uso de hormônios para acelerar o crescimento ou produção de leite, somente uso de sais minerais e vacinas obrigatórias para o controle de qualidade (exigidas pelo IMA - Instituto Mineiro de Agropecuária), dando a nomenclatura de Boi Verde.Também há a criação de suínos, no mesmo padrão de organicidade, porém em menor escala que a de bovinos.

Como mais de 75% da população vive em área rural, a agricultura também é forte, na produção de hortaliças orgânicas, sem utilização de nenhum tipo de defensivos agrícolas.

Na cidade, o artesanato é forte e destaca-se na produção de panelas de pedra sabão, cachaça mineira, rapadura, açúcar mascavo, queijo, requeijão, linguiça suína e cestaria. [11]

Referências

  1. a b «Divisão Territorial do Brasil». Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 1 de julho de 2008. Consultado em 11 de outubro de 2008 
  2. a b «Diogo de Vasconcelos - Informações completas». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 20 de abril de 2017 
  3. «Diogo de Vasconcelos - Índice de Desenvolvimento Humano Municipal - IDHM». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 20 de abril de 2017 
  4. a b «Diogo de Vasconcelos - Produto Interno Bruto dos Municípios - 2014». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 20 de abril de 2017 
  5. «Cidade - Diogo Vasconcelos». www.institutoestradareal.com.br. Consultado em 18 de abril de 2017 
  6. «Município de Diogo de Vasconcelos, Minas Gerais». www.cidade-brasil.com.br. Consultado em 18 de abril de 2017 
  7. «IBGE | Cidades | Minas Gerais | Diogo de Vasconcelos | Histórico». www.cidades.ibge.gov.br. Consultado em 18 de abril de 2017 
  8. «Prefeitura Municipal de Diogo De Vasconcelos». 18 de abril de 2017. Consultado em 18 de abril de 2017 
  9. «Prefeitura Municipal de Diogo De Vasconcelos». 19 de abril de 2017. Consultado em 19 de abril de 2017 
  10. «IBGE | Cidades | Minas Gerais | Diogo de Vasconcelos | Histórico». www.cidades.ibge.gov.br. Consultado em 18 de abril de 2017 
  11. «IBGE | Cidades | Minas Gerais | Diogo de Vasconcelos | Histórico». www.cidades.ibge.gov.br. Consultado em 18 de abril de 2017 


Ícone de esboço Este artigo sobre municípios do estado de Minas Gerais é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.