Estádio Bento Mendes de Freitas

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Estádio Bento Freitas)
Ir para: navegação, pesquisa
Bento Freitas
Estádio Bento Mendes de Freitas
Bento Freitas.jpg
Vista externa do estádio.
Sisbrace: Star full.svg Star full.svg Star empty.svg Star empty.svg Star empty.svg[1]
Nomes
Nome Estádio Bento Mendes de Freitas
Apelido Baixada
Características
Local Pelotas, RS,  Brasil
Gramado Grama natural (105 x 68 m)
Capacidade 14.000 espectadores[2][3]
Construção
Inauguração
Data 23 de Maio de 1943
Partida inaugural Brasil 2 X 3 Força e Luz
Primeiro gol Lucão (Brasil)
Recordes
Público recorde 18.000 pessoas
Data recorde 18 de Julho de 1985[4]
Partida com mais público Brasil 2 x 0 Flamengo-RJ
Outras informações
Proprietário Usufruto
Administrador Brasil de Pelotas
Mandante Brasil de Pelotas

Estádio Bento Mendes de Freitas, também chamado de Baixada, é um estádio de futebol da cidade de Pelotas no estado do Rio Grande do Sul, Brasil. Pertence a familia Bento Freitas . Com capacidade atual de 18.000 torcedores[5], é um dos maiores estádios do Rio Grande do Sul e o 60º maior estádio do país.

O nome oficial é Estádio Bento Mendes de Freitas[6], uma homenagem ao presidente na época da construção o senhor Bento Mendes de Freitas. Recebeu como maior público a partida entre Brasil e Flamengo, vencida pelo Xavante pelo placar de 2 a 0, que garantiu ao clube pelotense vaga nas semifinais do Campeonato Brasileiro de Futebol de 1985 e a melhor colocação de um clube do Interior Gaúcho no Campeonato Brasileiro Série A, com a terceira colocação.

História[editar | editar código-fonte]

Inicialmente, o clube Brasil não possuía estádio de futebol, construindo após cinco anos de existência um Pavilhão Social intitulado "Praça de Esportes", no bairro Simões Lopes em Pelotas. O primeiro local destinado ao futebol construído pelo Brasil comportava mil torcedores nas arquibancadas, bem como possuía copa, secretaria, rouparia, departamento médico e vestiários para o time mandante.

O primeiro local sofreu diversas mudanças estruturais conforme as necessidades do clube, mas aos poucos não mais supria as necessidades do futebol xavante. por tal motivo foi planejado um novo estádio, capaz de comportar um maior número de torcedores e propiciar uma estrutura mais moderna ao futebol do clube na época um dos principais clubes do futebol gaúcho.

O Estádio Bento Freitas foi inaugurado em 23 de Maio de 1943, no amistoso entre a equipe do Brasil e Força Luz de porto Alegre, uma partida com estádio lotado onde a derrota para o clube porto-alegrense pelo placar de 2 a 3 não foi capaz de ofuscar a alegria dos torcedores com a nova casa, conforme relatos do jornal Diário Popular de Pelotas.

O nome do estádio, também conhecido como Baixada, é uma homenagem ao presidente do clube de 1939 a 1941, Bento Freitas, idealizador do projeto da Baixada, que mesmo após muita desconfiança, conseguiu inaugurar o estádio, sendo homenageado com um título honorífico e seu nome gravado no estádio. Nascido em Portugal, na cidade de São Lourenço de Sande, o ex-dirigente xavante morreu em Pelotas, no dia 29 de abril de 1956.

Durante o Campeonato Brasileiro de Futebol de 1985, em 18 de Julho de 1985, o Estádio bento Freitas recebeu seu maior público registrado até os dias de hoje, com 22 mil torcedores, 16.498 pagantes e uma renda de renda de 126 milhões de Cruzeiros. O jogo foi contra o grande Flamengo treinado por Zagallo, que tinha no elenco Andrade, Bebeto e Zico, mesmo com o indiscutível favoritismo, o Brasil venceu a partida por 2 a 0 em partida com transmissão ao vivo para todo o país. [7]

Nos últimos anos diversas ações, tanto da torcida como das diretorias xavantes, têm buscado melhorias no estádio para melhor atender os torcedores, com arrecadação de valores e materiais visando a modernização do espaço[8]. Ainda em 2014 o conselho do clube aprovou a adoção de medidas visando novas melhorias ao estádio. [9]

Dados Gerais[editar | editar código-fonte]

  • Apelido: Baixada
  • Área total: 29.730 m²
  • Área construída: 23.254 m²
  • Dimensões originais do Gramado: 105 x 68 m (dentro do padrão FIFA)
  • Capacidade atual: 14.000 pessoas (pelas normas da CBF)[10]
  • Lancherias: 6
  • Banheiros: 17 (sendo 9 masculinos e 8 femininos)
  • Cabines para imprensa: 21
  • Vestiários: 5 (sendo 1 para arbitragem)
  • Bilheterias: 4
  • Guichês: 21
  • Portões de entrada: 6
  • Portões de saída: 9

CT Xavante[editar | editar código-fonte]

Desde 1990 o Brasil planejava a construção de um centro de treinamento, proposta nomeada "Aldeia Xavante". O local inicialmente escolhido, aos fundos da avenida Ferreira Viana em Pelotas, abrigaria um clube social e esportivo, voltado não só ao treinamento de futebol, mas ao oferecimento de serviços de entretenimento para sócios.[11]

A proposta da "Aldeia Xavante" não avançou, mas em 2012 o projeto de construção de seu novo Centro de Treinamento foi finalmente colocado em prática. Visando propiciar uma estrutura adequada para formação de atletas e treinamento de profissionais o Xavante iniciou as obras do "CT Xavante" em área localizada na avenida Ildefonso Simões Lopes em Pelotas, de 50 hectares, terreno este doado pelo patrono do clube, Érico Ribeiro.[12]

A obra orçada em R$4 milhões ainda não foi finalizada, mas em 2014 o clube aprovou a realização de obras tanto no Estádio Bento Freitas quanto na obra do CT Xavante, com a construção de cinco gramados suplementares, alojamentos e vestiários.[13]

Referências

  1. «Classificação de estádios de futebol (Sisbrace)». Ministério dos Esportes. 25 de fevereiro de 2017 
  2. http://www.worldofstadiums.com/south-america/brazil/estadio-bento-mendes-de-freitas/
  3. http://www.cbf.com.br/noticias/a-cbf/diretoria-de-competicoes-publica-revisao-5-do-cadastro-nacional-de-estadios-de-futebol#.VLGDknuNh14  Em falta ou vazio |título= (ajuda)
  4. G.E.B. «Público Recorde Estádio Bento Freitas». Consultado em 03 de novembro de 2014  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  5. G.E.B. «Estádio Bento Freitas». Consultado em 03 de novembro de 2014  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  6. G.E.B. «Site Oficial». Consultado em 03 de novembro de 2014  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  7. Paraná-Online. «Estádio Bento Freitas Lembra Velho Joaquim Américo». Consultado em 03 de novembro de 2014  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  8. Grupo RBS. «Campanha arrecada recursos para nova drenagem do bento Freitas». Consultado em 03 de novembro de 2014  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  9. Diário Popular. «Conselho aprova reforma na Baixada». Consultado em 03 de novembro de 2014  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  10. CBF. CBF «Site da CBF» Verifique valor |url= (ajuda) (PDF). Consultado em 03 de novembro de 2014  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  11. Diário Popular. «As razões para o CT Xavante». Consultado em 03 de novembro de 2014  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  12. Diário Popular. «Conselho aprova reforma na Baixada». Consultado em 03 de novembro de 2014  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  13. Diário Popular. «As razões para o CT Xavante». Consultado em 03 de novembro de 2014  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
Ícone de esboço Este artigo sobre estádios de futebol do Brasil é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.