Paulino de Vasconcellos

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Paulino de Vasconcellos
Secretário Estadual de
Agricultura, Pecuária e Abastecimento de
Minas Gerais
Período dezembro de 2001
a 1º de janeiro de 2003
Governador Itamar Franco
Secretário Estadual de Minas e Energia de Minas Gerais
Período 1º de janeiro de 1999
a dezembro de 2001
Governador Itamar Franco
Secretário Municipal da Administração de Belo Horizonte
Período 1º de janeiro de 1997
a março de 1998
Prefeito Célio de Castro
Deputado federal por Minas Gerais
Período 1.º- 1º de fevereiro de 1971
a 1º de fevereiro de 1987
(4 mandatos consecutivos)
2.º- 1º de fevereiro de 1991
a 1º de fevereiro de 1995
15.º Ministro de Minas e Energia do Brasil
Período 8 de outubro de 1992
a 28 de dezembro de 1993
Presidentes
Antecessor(a) Marcus Pratini de Moraes
Sucessor(a) Alexis Stepanenko
(interino José Israel Vargas)
Secretário Estadual da Educação de
Minas Gerais
Período 15 de março de 1979
a 1981
Governador Francelino Pereira
Deputado estadual de Minas Gerais
Período 1º de fevereiro de 1963
a 1º de fevereiro de 1971
(2 mandatos consecutivos)
Prefeito de São Domingos do Prata
Período 1959 a 1963
Dados pessoais
Nome completo Paulino Cícero de Vasconcellos
Nascimento 12 de janeiro de 1937 (85 anos)
São Domingos do Prata, MG
Nacionalidade brasileiro
Prêmio(s) Ordem do Mérito Militar[1]
Partido PSDB (2000–presente)
Profissão advogado, político

Paulino Cícero de Vasconcellos GOMM (São Domingos do Prata, 12 de janeiro de 1937) é um advogado e político brasileiro filiado ao Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB). Foi ministro de Minas durante os governos Collor e Itamar Franco. Por Minas Gerais, foi deputado federal durante cinco mandatos, secretário da Educação, Minas e Agricultura durante os governos Francelino Pereira e Itamar Franco e deputado estadual por dois mandatos, além de secretário da Administração da capital Belo Horizonte durante o mandato de Célio de Castro. Foi também prefeito de São Domingos do Prata.[2]

Biografia[editar | editar código-fonte]

Foi prefeito de São Domingos do Prata, de 1959 a 1963. Foi deputado estadual por dois mandatos e deputado federal em cinco mandatos, pelo estado de Minas Gerais.

Foi ministro de Minas e Energia no governo Itamar Franco, de 8 de outubro de 1992 a 28 de dezembro de 1993. Em agosto de 1993, como ministro, Vasconcellos foi admitido pelo presidente Itamar Franco à Ordem do Mérito Militar no grau de Grande-Oficial especial.[1]

Foi Secretario do Estado de Minas Gerais de Educação, Minas e Energia, Indústria e Comércio, Meio Ambiente e Agricultura. Foi presidente da Usiminas em 1988 e presidente da Associação Brasileira para o Desenvolvimento da Energia Nuclear.

Referências

  1. a b BRASIL, Decreto de 2 de agosto de 1993.
  2. Biografia na página do CPDOC

Precedido por
Marcus Vinícius Pratini de Moraes
Ministro de Minas e Energia do Brasil
1992 — 1993
Sucedido por
José Israel Vargas
Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.