Henrique Hargreaves

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Henrique Hargreaves
34.º e 36.º Ministro-Chefe da Casa Civil do Brasil
Período 1.º- outubro de 1992
a novembro de 1993
2.º- fevereiro de 1994
a 1º de janeiro de 1995
Presidente Itamar Franco
Antecessor(a) 1.º- Marcos de Salvo Coimbra
2.º- Tarcísio de Almeida Cunha
Sucessor(a) 1.º- Tarcísio de Almeida Cunha
2.º- Clóvis Carvalho
Dados pessoais
Nome completo Henrique Eduardo Ferreira Hargreaves
Nascimento 15 de janeiro de 1933 (89 anos)
Juiz de Fora, MG
Nacionalidade brasileiro
Prêmio(s) Ordem do Mérito Militar[1]
Profissão administrador, advogado, economista

Henrique Eduardo Ferreira Hargreaves GOMM (Juiz de Fora, 1936) é um administrador, advogado e economista brasileiro. Foi ministro-chefe da Casa Civil durante o governo Itamar Franco.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Descendente patrilinear remoto de ingleses e espanhóis,[2] foi ministro chefe da Casa Civil no governo Itamar Franco, de 5 de outubro de 1992 a 1 de novembro de 1993 e de 8 de fevereiro de 1994 a 1 de janeiro de 1995.

Em agosto de 1993, Hargreaves foi condecorado pelo presidente Itamar Franco com a Ordem do Mérito Militar no grau de Grande-Oficial especial.[1]

Referências

  1. a b BRASIL, Decreto de 2 de agosto de 1993.
  2. d'Almada Horta Porto, Rubens (1990). Família Horta: Genealogia do cel. José Caetano Rodrigues Horta. Rio de Janeiro: [s.n.] 222 páginas 

Precedido por
Marcos Antônio de Salvo Coimbra
Ministro chefe do Gabinete Civil
1992 — 1993
Sucedido por
Tarcísio Carlos de Almeida Cunha
Precedido por
Tarcísio Carlos de Almeida Cunha
Ministro chefe do Gabinete Civil
1994 — 1995
Sucedido por
Clóvis de Barros Carvalho
Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.