Beni Veras

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde novembro de 2015). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Beni Veras
Beni Veras
57.º Governador do Ceará Ceará
Período 5 de abril de 2002
até 1 de janeiro de 2003
Vice-governador Nenhum
Antecessor(a) Tasso Jereissati
Sucessor(a) Lúcio Alcântara
Vice-governador do Ceará Ceará
Período 1 de janeiro de 1999
até 5 de abril de 2002
Governador Tasso Jereissati
Antecessor(a) Moroni Torgan
Sucessor(a) Maia Júnior
Ministro do Planejamento, Orçamento e Coordenação do Brasil Brasil
Período 3 de março de 1994
até 1 de janeiro de 1995
Presidente Itamar Franco
Antecessor(a) Alexis Stepanenko
Sucessor(a) José Serra
Senador pelo Ceará Ceará
Período 1 de fevereiro de 1991
até 1 de fevereiro de 1999
Dados pessoais
Nascimento 18 de agosto de 1935
Crateús, CE, Brasil
Morte 6 de novembro de 2015 (80 anos)
Fortaleza, CE, Brasil
Partido PSDB

Benedito Clayton Veras Alcântara , conhecido como Beni Veras, (Crateús, 18 de agosto de 1935 - Fortaleza, 6 de novembro de 2015) foi um administrador e político brasileiro, filho de Oswaldo Farias de Alcântara e Raimunda Veras Farias e casado com Vanda de Sousa Alcântara. Era vice-governador de Tasso Jereissati e assumiu o governo quando o titular desvinculou-se do cargo para disputar uma vaga no Senado Federal. Iniciou os estudos na sua cidade natal, depois cursou o ginasial e científico no Colégio Liceu do Ceará. Graduado em Administração, com especialização em Marketing pela Escola de Administração do Ceará, 1964/67. Também diplomado pela Universidade de Harvard-EUA, em Problemas de Desenvolvimento Econômico, 1966. Na década de 1950 participou como revisor e colaborador do jornal “O Democrata”, período do Partido Comunista Brasileiro (PCB).

Cargos políticos[editar | editar código-fonte]

•Presidente do Centro Industrial do Ceará (1967- 1977);
•Presidente do Comitê Suprapartidário Pró-Tancredo Neves (1984- 1985);
•Vice-presidente da Federação das Indústrias do Estado do Ceará (1987- 1988);
•Assessor especial do governador do Estado do Ceará (1987- 1990);
•Senador, eleito para o período 1991/1999;
•Ministro de Estado Chefe da Secretaria de Planejamento, Orçamento e Coordenação da Presidência da República no período de 3.3.1994 a 1º.1.1995 no Governo Itamar Franco
•Vice-governador do Estado do Ceará (1999- 2003).
Com a renúncia do Governador Tasso Jereissati, assume o Governo do Estado do Ceará para o período de 5 de abril de 2002 a 1 de janeiro de 2003.


Precedido por
Alexis Stepanenko
Ministro do Planejamento, Orçamento e Coordenação do Brasil
1994 — 1995
Sucedido por
José Serra
Precedido por
Tasso Jereissati
Governador do Ceará
2002 — 2003
Sucedido por
Lúcio Alcântara