Pluto (filho de Deméter)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Pluto
Deus da riqueza
Pluto
Pais Deméter e Iasião
Irmão(s) Perséfone, Despina, Árion, e Filomelo

Pluto (em grego antigo: Πλοῦτος) ou Eniato (em grego antigo: Ἐνιάτος) , na mitologia grega, era um dos filhos de Deméter e do herói Iasião (também chamado Jasio ou Iásio). Na teologia dos Mistérios eleusinos, ele é considerado como a "Criança Divina". Era o deus da riqueza. Foi concebido em Creta. Pluto é um deus caridoso, que viaja sobre a terra e o mar, e quem o encontra se torna rico.[1]

Pluto é visto por Aristófanes como cego por Zeus, por querer apenas distribuir riqueza às pessoas boas. Cego, Pluto não mais distinguia as pessoas boas das más. Ele também é coxo, à medida que ele demora a chegar, e alado, então ele sai mais rápido do que veio.[2]

Quando a visão do deus é restaurada, na comédia de Aristófanes, ele é capaz de determinar quem é merecedor de riqueza, criando o caos.

Referências

  1. Hesíodo, Teogonia, Sobre Deusas e Homens, 969-974 [http://www.theoi.com/Text/HesiodTheogony.html
  2. Plutus (Wealth, second version, 388 BC)
Ícone de esboço Este artigo sobre mitologia grega é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.