Telquines

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde janeiro de 2016). Por favor, adicione mais referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Telquines
Demônios marinhos
Pais Ponto e Tálassa

Os telquines (em grego antigo: Τελχίνες), na mitologia grega, eram demônios marinhos, filhos de Ponto com Tálassa, que tinham cabeça de cachorro, os corpos eram lisos e negros como o dos mamíferos marinhos, com pernas curtas e grossas, que eram meio nadadeiras, meio pés, e mãos semelhantes às de humanos, com garras afiadas.

Em algumas versões do mito de Posídon, foram eles os criadores do tridente do deus do mar, e não os ciclopes. Mas quando começaram a utilizar magia negra foram lançados ao Tártaro por Zeus.

Em outros mitos, há relatos de que eram imunes a magia, mesmo de Hécate.

Hália, irmã dos telquines, foi amada por Posídon, com quem teve seis filhos homens e uma filha, Rode, que deu nome à ilha de Rodes[1].

Referências

  1. Diodoro Sículo,Biblioteca Histórica, Livro V, 55.4
Ícone de esboço Este artigo sobre mitologia grega é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.