Polímnia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde Junho de 2011). Por favor, adicione mais referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Polímnia
Musa da poesia
Polímnia
Francesco del Cossa, 1455-1460

Polímnia ou Poliímnia (em grego antigo: Πολύμνια, transl.: Polýmnia; "a dos muitos hinos") foi uma das nove musas da mitologia grega, as filhas de Zeus e Mnemósine, filha de Oceano e Tétis.[1][2]

Era a musa da poesia sagrada e tinha um ar pensativo. Também era considerada a musa da geometria, meditação e agricultura. Representada usando uma túnica e um véu.

Referências

  1. Hesíodo, Teogonia, 53-74
  2. Hesíodo, Teogonia, 75-103