Erato

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde Fevereiro de 2011). Por favor, adicione mais referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Disambig grey.svg Nota: Para outros significados, veja Erato (desambiguação).
Erato
Musa da poesia romântica
Erato
Painel em carvalho de Simon Vouet

Erato (em grego antigo: Ἐρατώ, transl.: Eratō; "a Amável) foi uma das musas da mitologia grega.[1] [2] Era filha de Zeus e Mnemosine.[1] [2]

Assim como as outras oito musas, Erato era uma virgem.[3] Erato era assim chamada pois faz os que são instruídos por ela serem desejados e dignos de serem amados.[4]

Era a musa da poesia romântica,[5] representada com uma lira, e dos hinos. É representada com uma lira e por vezes com uma coroa de rosas.

Referências

  1. a b Hesíodo, Teogonia, 75-103
  2. a b Pseudo-Apolodoro, Biblioteca, 1.3.1
  3. Diodoro Sículo, Livro IV, 7.3
  4. Diodoro Sículo, Livro IV, 7.4
  5. Thomas Bulfinch, The Age of Fable or Stories of Gods and Heroes, Chapter I, Introduction [em linha]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]