Tália

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Para outros significados, veja Tália (desambiguação).
Question book-4.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo, o que compromete a verificabilidade (desde Junho de 2011). Por favor, insira mais referências no texto. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Tália
Musa da comédia
Tália
óleo sobre tela de Jean-Marc Nattier, 1739

Tália (em grego antigo: Θαλία, transl.: Talia; "a alegre") era uma das nove musas da mitologia grega, filhas de Zeus e Mnemósine, filha de Oceano e Tétis.[1][2]

Era a musa da comédia. Era representada com uma máscara cômica e por vezes com uma coroa de hera.

Tália (a festiva) era a musa da comédia que vestia uma máscara cômica e portava ramos de hera. É mostrada por vezes portando também um cajado de pastor, coroada de hera, calçada de borzeguins e com uma máscara na mão. Muitas de suas estátuas têm um clarim ou porta-voz, instrumentos que serviam para sustentar a voz dos autores na comédia antiga.

De acordo com o pseudo-Apolodoro, ela e Apolo eram os pais dos Corybantes.[3] Outras fontes antigas, no entanto, deram aos Corybantes pais diferentes.[4]

Referências

  1. Hesíodo, Teogonia, 53-74
  2. Hesíodo, Teogonia, 75-103
  3. Apollodorus, Bibliotheca, 1.3.4.
  4. James George Frazer note on the passage in the Bibliotheca.
Ícone de esboço Este artigo sobre mitologia grega é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.