Mnemosine

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Para outros significados, veja Mnemosine (desambiguação).
Mnemosine
Mnemósine, escultura de granito de Fredrik K.B.
Consorte Zeus
Pais Urano e Gaia
Irmão(s) Titãs (Oceano, Céos, Crio, Hiperião), Jápeto, Cronos); e
Titânides (Tétis, Teia, Febe, Reia, Têmis)

Mnemosine ou Mnemósine (em grego: Μνημοσύνη, transl.: Mnēmosýnē), era uma titânide, filha de Urano e Gaia. É a deusa que personificava a memória.[1] As nove musas são filhas de Mnemósine com Zeus[1]:

Era aquela que preserva do esquecimento. Seria a divindade da enumeração vivificadora frente aos perigos da infinitude, frente aos perigos do esquecimento que na cosmogonia grega aparece como um rio, o Lete, um rio a cruzar a morada dos mortos (o de "letal" esquecimento), o Tártaro, e de onde "as almas bebiam sua água quando estavam prestes a reencarnarem-se, e por isso esqueciam sua existência.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b «Mnemosyne, Greek Mythology» (em inglês). Encyclopedia Britannica. 20 de Julho de 1998. Consultado em 1 de Novembro de 2018 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre mitologia grega é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.