Sibila

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde junho de 2009). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Divindades gregas


Bacchiacca - Sibyl.jpg
Sibila, por Francesco Bacchiacca, Museu de História da Arte em Viena

Deuses primordiais
Deuses olímpicos
Deuses ctónicos
TitãsMusas
Divindades aquáticas
Outras divindades
Deuses olímpicos

PoseidonZeus
HadesAres
AtenaDeméter
DionisoHéstia
HefestoHera
HermesÁrtemis

AfroditeApolo

Sibilas são um grupo de personagens da mitologia greco-romana. São descritas como sendo mulheres que possuem poderes proféticos sob inspiração de Apolo.

Rafael pintou sibilas na Capela Chigi, da igreja romana de Santa Maria della Pace cujo tema é a Ressurreição.

As Sibilas de Michelangelo[editar | editar código-fonte]

Michelangelo retratou cinco sibilas, no teto da Capela Sistina.

As sibilas Líbica, Ciméria e Dafne ficam de um lado, separadas pelas imagens dos profetas Daniel e Isaías. No lado oposto, separadas pelo profeta Ezequiel: Prisca e Sambeta.

Ver também[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Sibila