Aela

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Aela (em grego: Ἄελλα; por vezes confundida com Aelo) foi uma das amazonas de Hipólita da mitologia grega.[1] Foi a primeira a atacar Hércules quando ele cercou Hipólita.[1] Hércules usava então a pele do Leão da Nemeia,[1] do primeiro dentre os doze trabalhos, que o tornou invulnerável. Aela não pôde matar Héracles, então acabou ela morta.[1] Seu nome significa "redemoinho".

Referências

  1. a b c d Pauw, Linda Grant De (2014). Battle Cries and Lullabies: Women in War from Prehistory to the Present (em inglês). Norman: University of Oklahoma Press. p. 60 
Ícone de esboço Este artigo sobre mitologia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.