TV Tribuna (Santos)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book-4.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo, o que compromete a verificabilidade (desde dezembro de 2012). Por favor, insira mais referências no texto. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Nota: Se procura sobre a rede de emissoras homônimas instaladas no ES e no PE, consulte Rede Tribuna
TV Tribuna
SAT Sistema A Tribuna de Comunicação-Santos Ltda.
Santos, São Paulo
Brasil
Tipo Comercial
Canais Digital: 19 UHF
Virtual: 18 PSIP
Outros canais 24 (Claro TV)
04 e 404 HD (Sky)
18 e 518 HD (NET)
218 (Vivo TV)
15 e 515 HD (Vivo TV - Fibra)
ver mais
Analógico:
18 UHF (1992-2017)
Sede Bandeira de Santos (São Paulo).svg Santos, SP
Tribuna Square - Rua João Pessoa, 350 - Centro
Slogan Em sintonia com você
Rede Rede Globo
Fundador Roberto Mário Santini
Pertence a Sistema A Tribuna de Comunicação
Proprietário Roberto Clemente Santini
Antigo proprietário Roberto Mário Santini (1992-2007)
Presidente Roberto Clemente Santini
Fundação 1 de fevereiro de 1992 (26 anos)
CNPJ 58.780.453/0001-68
Prefixo ZYB 883
Emissoras irmãs Tri FM
Cobertura Cobertura - TV Tribuna (Santos).svg
Coord. do transmissor 23° 57' 45.4" S 46° 21' 37.2" O
Potência 1,2 kW
Página oficial redeglobo.globo.com/sp/tvtribuna

TV Tribuna é uma emissora de televisão brasileira sediada em Santos, cidade do estado de São Paulo. Opera no canal 18 (19 UHF digital), e é afiliada a Rede Globo. A emissora faz parte do Sistema A Tribuna de Comunicação, que também detém os jornais A Tribuna e Expresso Popular, os classificados Primeiramão de Santos e Campinas e a Tri FM. Seus estúdios localizam-se no Tribuna Square, no Centro, e sua antena de transmissão está no Morro do Voturuá, em São Vicente.

História[editar | editar código-fonte]

Em 7 de março de 1990, o presidente da república José Sarney outorgou a concessão do canal 18 UHF para o Sistema A Tribuna de Comunicação, através do decreto nº 99.509, publicado no Diário Oficial da União. Inicialmente prevista para entrar no ar em 1 de dezembro de 1991, a emissora só foi fundada em 1 de fevereiro de 1992, pelo proprietário do jornal A Tribuna, Roberto Mário Santini, tendo como afiliação a Rede Globo.[1] Até então, o sinal da emissora chegava em Santos através de uma retransmissora da TV Globo São Paulo no canal 8 VHF.

Inicialmente, a emissora levava seu sinal para Santos e mais 8 municípios da Baixada Santista, tendo posteriormente expandido sua área de atuação para os municípios do Vale do Ribeira. Em 2 de janeiro de 2007, com a morte de Roberto Mário Santini,[2] o comando da emissora e dos outros veículos do SAT passa a ser do seu filho, Roberto Clemente Santini.

Em março de 2016, a emissora transfere-se da sua antiga sede em São Vicente, o Edifício Ana Izabel Cabral, para um prédio anexo ao Tribuna Square, edifício comercial inaugurado em 2014 no Centro de Santos,[3] onde passaram a funcionar suas novas instalações.[4]

Sinal digital[editar | editar código-fonte]

Canal virtual Canal digital Resolução de tela Programação
18.1 19 UHF 1080i Programação principal da TV Tribuna / Globo

A emissora iniciou suas transmissões digitais em 30 de março de 2009, através do canal 19 UHF, sendo a primeira emissora da Baixada Santista a operar nesta tecnologia. A solenidade de inauguração do sinal digital foi transmitida ao vivo pelo Jornal da Tribuna 2ª edição, e contou com a presença do presidente da emissora, Roberto Clemente Santini, do ministro das comunicações Hélio Costa, do governador de São Paulo José Serra, e diretores da emissora e da Rede Globo.[5] Desde 26 de dezembro de 2010, o jornalismo da emissora e os programas locais são captados e transmitidos em alta definição.

Transição para o sinal digital

Com base no decreto federal de transição das emissoras de TV brasileiras do sinal analógico para o digital, a TV Tribuna, bem como as outras emissoras de Santos, cessou suas transmissões pelo canal 18 UHF em 20 de dezembro de 2017, seguindo o cronograma oficial da ANATEL.[6] A emissora cessou suas transmissões às 23h59, durante o intervalo do Profissão Repórter, onde foi exibido um boletim do Jornal da Tribuna com o repórter Rodrigo Nardelli, mostrando o switch-off a partir da central técnica da emissora.

Programação[editar | editar código-fonte]

Além de retransmitir a programação nacional da Rede Globo, atualmente a TV Tribuna produz os seguintes programas:

  • Bom Dia Região: Telejornal, com Tatyana Jorge;
  • G1 em 1 Minuto Santos: Boletim jornalístico;
  • Jornal da Tribuna 1ª edição: Telejornal, com Tony Lamers;
  • Tribuna Esporte: Jornalístico esportivo, com Vanessa Faro;
  • Jornal da Tribuna 2ª edição: Telejornal, com Melissa Paiva;
  • Viver Bem: Jornalístico, com Janaína Hohne;
  • Corpo em Ação: Jornalístico, com Vanessa Faro;
  • Tribuna Notícias: Boletim jornalístico, durante a programação

Diversos outros programas compuseram a grade da emissora e foram descontinuados:

Retransmitidos da TV Globo São Paulo[editar | editar código-fonte]

Equipe de transmissão
Transmissões esportivas

Retransmissoras[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Histórias e Lendas de Santos - Televisão: TV Tribuna». Novo Milênio. 16 de agosto de 2009. Consultado em 26 de março de 2016. 
  2. «Morre Roberto Santini, presidente do jornal "A Tribuna"». G1. 2 de janeiro de 2007. Consultado em 26 de março de 2016. 
  3. «Tribuna Square é inaugurado no Centro de Santos». A Tribuna. 9 de outubro de 2014. Consultado em 26 de março de 2016. 
  4. «TV Tribuna inaugura nova sede». TV Tribuna. 24 de março de 2016. Consultado em 31 de dezembro de 2016. 
  5. «Ministro Hélio Costa inaugura sinal de TV digital na cidade de Santos (SP)». Portal Imprensa. 30 de março de 2009. Consultado em 26 de março de 2016. 
  6. «Desligamento do sinal analógico em três regiões de SP começa amanhã (29/11)». ANATEL. 28 de novembro de 2017. Consultado em 28 de novembro de 2017. 

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre Televisão no Brasil é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.