TV Vanguarda Taubaté

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book-4.svg
Esta página cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde julho de 2019). Ajude a inserir referências. Conteúdo não verificável poderá ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
TV Vanguarda Taubaté
TV Taubaté Ltda.
Taubaté, São Paulo
Brasil
Tipo Comercial
Canais Digital: 28 UHF
Virtual: 3 PSIP
Outros canais 24 (Claro TV)
5 / 405 HD (Sky)
217 (Vivo TV)
ver mais
Analógico:
3 VHF (2003-2018)
Sede Bandeirataubate.png Taubaté, SP
Slogan Aqui é o seu lugar
Rede Rede Vanguarda (Globo)
Fundador José Bonifácio de Oliveira Sobrinho
Pertence a Rede Vanguarda
Proprietário José Bonifácio de Oliveira Sobrinho
Presidente José Bonifácio de Oliveira Sobrinho
Fundação 21 de agosto de 2003 (16 anos)
Prefixo ZYB 899
Cobertura Cobertura - Rede Vanguarda.png
Área de cobertura da emissora, em laranja
Coord. do transmissor 23° 2' 10.18" S 45° 32' 45.5" O
Potência 2 kW
Agência reguladora ANATEL
Informação de licença
CDB
PDF
Página oficial redeglobo.globo.com/tvvanguarda

TV Vanguarda Taubaté é uma emissora de televisão brasileira sediada em Taubaté, cidade do estado de São Paulo. Opera no canal 3 (28 UHF digital), e é afiliada à Rede Globo. Juntamente com a TV Vanguarda São José dos Campos, transmite sua programação para metade do Vale do Paraíba, além do Litoral Norte do estado. Sua sede fica na Zona Sul da cidade, no bairro Alto de São Pedro. Está prevista a criação de novos estúdios e escritórios para a emissora no The One Office Tower, edifício empresarial em construção no Bosque Flamboyant.

Sinal digital[editar | editar código-fonte]

Canal virtual Canal digital Resolução de tela Programação
3.1 28 UHF 1080i Programação principal da TV Vanguarda Taubaté / Globo
Transição para o sinal digital

Com base no decreto federal de transição das emissoras de TV brasileiras do sinal analógico para o digital, a TV Vanguarda Taubaté, bem como as outras emissoras de Taubaté, cessou suas transmissões pelos canais 3 VHF e 47 UHF em 17 de janeiro de 2018, seguindo o cronograma oficial da ANATEL.[1] Em 7 de maio de 2018, a emissora alterou seu canal virtual, passando do 47.1 para o 3.1.

Programas[editar | editar código-fonte]

Além de retransmitir a programação nacional da Rede Globo, a TV Vanguarda Taubaté produz os seguintes programas:

  • Bom Dia Vanguarda: Telejornal, com Agda Queiroz;
  • Link Vanguarda: Telejornal, com Carlos Abranches, Rogério Correa e Talita França;
  • Jornal Vanguarda: Telejornal, com Ademir Ribeiro;
  • Madrugada Vanguarda: Programa de variedades, com Ticiana Schvarcz;
  • Vanguarda Mix: Programa de variedades, com Jonas Almeida e Kelly Maria;
  • Vanguarda Comunidade: Jornalístico, com Carlos Abranches;
  • Vanguarda News: Telejornal, apresentado em esquema de rodízio;
  • Vanguarda Serviço: Boletim informativo de prestação de serviços
Retransmitidos da TV Globo São Paulo

A TV Vanguarda Taubaté preenche as madrugadas com programas jornalísticos locais, para cumprir o mínimo de 5% da programação voltada ao jornalismo definido por lei,[2] declinando da exibição de algumas sessões do Corujão durante a semana e do Cinemaço aos domingos. O espaço é preenchido com edições do Vanguarda News e reprises de outras atrações.

Equipe[editar | editar código-fonte]

Jornalistas e apresentadores
  • Ademir Ribeiro
  • Agda Queiroz
  • Carlos Abranches
  • Elisa Veeck
  • Jonas Almeida
  • Kelly Maria
  • Rogério Corrêa
  • Talita França
  • Ticiana Schvarcz
Repórteres
  • André Luís Rosa
  • Arthur Costa
  • Bruno Pellegrine
  • Karen Schmidt
  • Lucas Rangel
  • Marcela Mesquita
  • Marcelo Hespaña
  • Pedro Melo
  • Vanessa Vantine

Retransmissoras[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Desligamento do sinal analógico em três regiões de SP começa amanhã (29/11)». ANATEL. 28 de novembro de 2017. Consultado em 28 de novembro de 2017 
  2. «Lei nº 4.117, de 27 de agosto de 1962». Planalto. Consultado em 13 de janeiro de 2019. Art. 38: [...] h) as emissoras de radiodifusão, inclusive televisão, deverão cumprir sua finalidade informativa, destinando um mínimo de 5% (cinco por cento) de seu tempo para transmissão de serviço noticioso. 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre Televisão no Brasil é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.