Linha 18 do Metrô de São Paulo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Gnome globe current event.svg
Este artigo ou secção contém informações sobre uma construção futura.
É provável que contenha informações de natureza especulativa, e seu conteúdo pode mudar drasticamente.
Tower crane colorize.png
Monotrilho de Las Vegas, similar ao que será utilizado na Linha 18 do Metrô.

A Linha 18 - Bronze [1] é uma linha de do Metrô de São Paulo, que encontra-se em contrução. Possuirá, na sua primeira fase, aproximadamente 15 km de extensão e 13 estações, transportando cerca de 314 mil passageiros por dia e ligará as estações Tamanduateí e Djalma Dutra, no centro de São Bernardo do Campo.[2] .

História[editar | editar código-fonte]

Essa linha é um projeto proposto por prefeitos das cidades do Grande ABC, visando a criação de uma ligação rápida entre a região e o município de São Paulo, através do Metrô de São Paulo. É prevista a construção de uma linha que deverá partir da cidade de São Bernardo do Campo, passando no limite de Santo André e São Bernardo, até chegar ao limite de São Paulo (cidade) com São Caetano do Sul, terminando na Estação Tamanduateí, interligando-se com a Linha 2 - Verde do Metrô e 10 - Turquesa da CPTM.

O projeto será realizado através de uma PPP (Parceria Público-Privada), contando com investimentos da ordem de R$ 3,5 bilhões, vindos das esferas estadual, federal e privada.[2]

O traçado proposto para esta linha se inicia na Avenida Brigadeiro Faria Lima, no cruzamento com a Avenida Francisco Prestes Maia, onde será criada uma rotatória. Segue até o Paço Municipal, na área central da cidade; e do Paço prossegue pela Avenida Aldino Pinotti, onde se localizará a Estação Baeta Neves. Continua o traçado margeando o Ribeirão dos Meninos, pelas avenidas Lauro Gomes e Guido Aliberti, nas divisas entre os municípios do ABC. Em São Caetano do Sul; encontra a linha do trem e segue pela faixa de domínio da linha da CPTM até encontrar a Estação Tamanduateí.[3]

Está em estudo, também, uma extensão da linha, conectando a Estrada dos Alvarenga (no cruzamento com a Avenida Presidente João Café Filho) e a Estação Djalma Dutra, sendo esta a 2ª fase, atendendo a regiões mais distantes do centro de São Bernardo do Campo.

A linha contará com a tecnologia monotrilho, escolhida por se adequar à demanda projetada e contar com um custo de implantação menor.

Estações[editar | editar código-fonte]

Estação Inauguração Integração Cidade
Tamanduateí em licitação 25 railtransportation.svg Linha 2 - Verde (Metrô) e Linha 10-Turquesa (CPTM) São Paulo
Vila Carioca em licitação São Paulo
Goiás em licitação São Caetano/São Paulo
Espaço Cerâmica em licitação São Caetano/São Paulo
Estrada das Lágrimas em licitação São Caetano/São Paulo
Praça Regina Matiello em licitação São Bernardo/São Caetano
Instituto Mauá em licitação São Bernardo/São Caetano
Afonsina em licitação 25 railtransportation.svg Linha 20 - Rosa (Metrô) Santo André/São Bernardo
Fundação Santo André em licitação Santo André/São Bernardo
Winston Churchill em licitação Santo André/São Bernardo
Senador Vergueiro em licitação Santo André/São Bernardo
Baeta Neves em licitação São Bernardo
Paço Municipal em licitação Aiga bus.svg Terminal São Bernardo (EMTU) São Bernardo
Djalma Dutra em licitação São Bernardo
Praça Lauro Gomes em estudos São Bernardo
Ferrazópolis em estudos Aiga bus.svg Terminal Ferrazópolis (EMTU) São Bernardo
Café Filho em estudos São Bernardo
Capitão Casa em estudos São Bernardo
Estrada dos Alvarengas em estudos São Bernardo

Datas importantes[editar | editar código-fonte]

22 de agosto de 2014 - Assinatura do contrato com o consórcio ABC Integrado

Galeria[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Companhia do Metropolitano de São Paulo - METRÔ (30 de junho de 2011). Novos financiamentos para a expansão do metrô. Página visitada em 02 de julho de 2011.
  2. a b http://www1.folha.uol.com.br/cotidiano/2013/07/1306606-monotrilho-de-sao-paulo-vai-abrir-so-em-2016-diz-alckmin.shtml
  3. Secretaria dos Transportes Metropolitanos de SãoPaulo (setembro de 2010). [http://biblioteca.aeamesp.org.br/smns/16smtf100916sl101.pdf Corredor Urbanístico de Transporte – Metrô Leve Eixo de transporte público de média capacidade ABC/SP]. Página visitada em 02 de julho de 2011.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre transportes é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.