Aeroporto de São José do Rio Preto

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Broom icon.svg
As referências deste artigo necessitam de formatação (desde novembro de 2017). Por favor, utilize fontes apropriadas contendo referência ao título, autor, data e fonte de publicação do trabalho para que o artigo permaneça verificável no futuro.
São José do Rio Preto
Aeroporto
Aeroporto Estadual Professor Eribelto Manoel Reino
IATA: SJP - ICAO: SBSR
Características
Tipo Público
Administração DAESP
Serve São José do Rio Preto e região
Localização São José do Rio Preto, SP, Brasil
Inauguração 1959 (59 anos)[1]
Altitude 543 m (1 781 ft)
Movimento de 2015
Passageiros 691.559 passageiros
Carga 276.335 toneladas
Aéreo 30.927 aeronaves
Website oficial Página oficial
Pistas
Cabeceira(s) Comprimento Superfície
07 / 25 1 640  m (5 381 ft) Asfalto

O Aeroporto de São José do Rio Preto, também denominado Aeroporto Estadual Professor Eribelto Manoel Reino[2], localiza-se no município de São José do Rio Preto, no interior do estado de São Paulo, e foi inaugurado em 1959.[1] Em junho de 1999, o Departamento Aeroviário do Estado de São Paulo (DAESP), administrador do aeroporto, inaugurou um terminal ao lado do antigo. O antigo terminal atualmente apenas é usado para embarque e desembarque de cargas.[3]

ERJ 170 Patio de Aeronaves.
Balcões de check-in
Balcões de check-in.
Hall do aeroporto
Hall do aeroporto.
Airbus A319 em SBSR.

Aeroporto Estadual de São José do Rio Preto / Professor Eribelto Manoel Reino[editar | editar código-fonte]

SBSR/SJP

Características[editar | editar código-fonte]

  • Latitude: 20º 48′ 58″ S – Longitude: 049º 24′ 17″ W
  • Indicação ICAO: SBSR – Horário de Funcionamento: H24
  • Código de Pista: 2C – Tipo de Operação: IFR/VFR diurno/noturno
  • Altitude: 543m/1.781 ft – Área Patrimonial (ha): 83,31
  • Temperatura Média: 31°C
  • Categoria Contra Incêndio disponível: 6
  • Distância da Capital (km): Aérea: 421 – Rodoviária: 445
  • Distância até o Centro da Cidade: 3 km
  • Endereço: Avenida dos Estudantes, 3505 - CEP 15035-010

Movimento[editar | editar código-fonte]

  • Designação da cabeceira: 25 – 07 – Cabeceira Predominante: 07
  • Declividade máxima: 0,964% – Declividade Efetiva: 1,50%
  • Tipo de piso: Asfalto – Resistência do Piso (PCN): 35/F/B/X/T
  • Recuo de 60 metros na Cabeceira 07

Pista[editar | editar código-fonte]

  • Dimensões (m): 1.640 x 35
  • Ligação do pátio à pista de pouso – PRA (m): 40 X 30
  • Acesso à cabeceira 07 – pátio 2 – PRB (m): 910 x 23
  • Acesso à cabeceira 25 – PRC (m): 607 x 23
  • Ligação da pista de pouso à PRC – PRD (m): 74 x 23
  • Tipo de Piso: Asfalto
  • Possui o sistema de escoamento de água chamado grooving
  • Distância da cabeceira mais próxima (m): 680

Pátio[editar | editar código-fonte]

  • Dimensões (m): Pátio 1: 250 x 123,5 – Pátio 2: 17.400m²
  • Capacidade de Aviões: 12 Boeing 737 / A319
  • Dist. da Borda ao Eixo da Pista (m): P1 – 113,50 P2 – 81,50
  • Tipo de Piso: Asfalto

Auxílios operacionais[editar | editar código-fonte]

  • NDB: 420 – EPTA / Estação Meteorológica – Biruta
  • Sinais de Eixo de Pista – Sinais Indicadores do Aeroporto
  • Sinais de Cabeceira de Pista – Sinais Indicadores de Pista
  • Sinais de Guia de Táxi – Farol Rotativo – Luzes de Táxi
  • Luzes de Pista – Luzes de Obstáculos
  • Luzes de Cabeceira – Iluminação de Pátio
  • Freqüência do Rádio: 130,850 – Freqüência da Torre: 123,45
  • Circuito de Tráfego Aéreo: Padrão – Sala AIS

Abastecimento[editar | editar código-fonte]

  • BR Aviation: Avgas – JET
  • Shell: Avgas – JET

Instalações[editar | editar código-fonte]

  • Terminal de Passageiros (m²): 6.000
  • Estacionamento de Veículos – nº de vagas 300 – Tipo de Piso: Asfalto

Outras informações[editar | editar código-fonte]

Companhias aéreas que já operaram em São José do Rio Preto[editar | editar código-fonte]

Em 12 de novembro de 1933, em uma cerimônia no Campo de Marte, a VASP inaugurou as primeiras linhas para o interior paulista, (São Paulo-São Carlos-Rio Preto e São Paulo-Ribeirão Preto-Uberaba) com frequência de três viagens semanais, fazendo escala em São Carlos, com dois bimotores “Monospar ST4” de quatro lugares[4]. A VASP deixou de operar em 2004.

A companhia aérea GOL chegou a operar em Rio Preto entre 2005[5] e 2008, quando cancelou a oferta de voos em Ribeirão Preto e Rio Preto[6]. Do Eribelto Manoel Reino partiam aviões com destino a Cuiabá e São Paulo. A companhia chegou a planejar um retorno aos aeroportos, mas desistiu dos planos culpando a crise econômica[7].

Movimento aéreo[editar | editar código-fonte]

Movimento relativo ao período correspondente (Fonte: Daesp)[editar | editar código-fonte]

Embarques e desembarques de passageiros por período[8]
Período Embarques e desembarques
2008 304.381
2009 303.466
2010 424.740
2011 669.290
2012 770.569
2013 758.513
2014 717.118
2015 691.551
2016 695.997

Notas[editar | editar código-fonte]

Existe a intenção de instalar no aeroporto uma torre de controle de tráfego aéreo (TWR). A medida foi motivada pelo contínuo aumento do número de pousos e decolagens no aeroporto, o que vem ocorrendo desde 2009, ano em que foram implantadas novas rotas aeronáuticas na região. Atualmente, as orientações para aeronaves que pousam e decolam são transmitidas apenas com o auxílio do serviço de radiocomunicação da EPTA, denominado AFIS. O aeroporto possui oito operadores de rádio na EPTA, porém eles não têm contato visual com as aeronaves que se preparam para pousar ou decolar. A função da TWR é essencialmente a mesma da EPTA, porém com visualização de todo o tráfego aéreo no aeroporto e imediações. Para que haja a instalação da TWR é necessário que o aeroporto apresente um volume de passageiros ideal, mas no caso de SBSR isso já ocorreu.

A conclusão das obras e entrada de operação estava prevista para até o final de 2012,[9] porém o aeroporto ainda opera com AFIS. O Governo Federal autorizou no final de 2017[10] a construção da torre e o DAESP[11] afirma que há estudos em andamento para que a torre de controle seja instalada

Obras de ampliação do aeroporto de Rio Preto começaram (17 de janeiro de 2014)

A obra de ampliação do terminal de passageiros e do estacionamento do aeroporto Professor Eribelto Manoel Reino, esperada por anos por rio-pretenses começou em 2014 e só foi concluída no fim de 2017. 

O terminal de passageiros dos atuais 2.250 metros quadrados para 6.630 metros quadrados. O novo prédio conta com saguão central, salas de embarque (que saltou de 150 m² para 450 m²) e desembarque, áreas para check-in e check-out, esteiras, raio-x para inspeção de bagagens, sistema de climatização e área para vistoria de bagagens despachadas. 

Agora, o sistema viário para embarque e desembarque, foi alterado e conta com cobertura, que visa proteger os passageiros de condições climáticas adversas como chuvas. Já o estacionamento, comporta 300 veículos. 

Fluxo 

O aeroporto de Rio Preto é o segundo maior em movimentação do Estado de São Paulo dentre os administrados pelo Departamento Aeroviário do Estado de São Paulo (Daesp), atrás apenas do de Ribeirão Preto. Em dezembro de 2013, a movimentação de passageiros apresentou crescimento de 3,68% em relação ao mês anterior. 

Foram 64.759 passageiros em novembro, entre regulares e não regulares, embarques e desembarques, contra 67.143 em dezembro. O crescimento foi ainda maior quando comparado com dezembro de 2012. O número de passageiros saltou de 63.607 em dezembro de 2012 para 67.143 em dezembro de 2013, um aumento de 5,56%.

Voos diretos[editar | editar código-fonte]

São cinco os destinos atendidos pelo aeroporto Eribelto Manoel Reino de maneira direta, sem escalas, em seis aeroportos diferentes:

- São Paulo (CGH) - LATAM

- São Paulo (GRU) - LATAM

- Campinas (VCP) - Azul

- Ribeirão Preto (RAO) - Passaredo

- Cuiabá (CGB) - Azul

- Brasília (BSB) - LATAM

- Rondonópolis (ROO) - Passaredo

- Porto Seguro (BPS) - Azul

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b «Inauguração do Aeroporto de Rio Preto». Diarioweb.com.br. Consultado em 17 de fevereiro de 2012. 
  2. BRASIL. DAESP. Página oficial do aeroporto. Acesso em 26 de novembro de 2013.
  3. BRASIL. COMAER. DECEA. ROTAER. Acesso em 25 de novembro de 2013.
  4. http://www.portalbrasil.net/aviacao_vasp.htm
  5. Região, Diário da (7 de junho de 2005). «Gol chega e já fala em abrir mais horários». Diário da Região - ECONOMIA 
  6. «G1 > Economia e Negócios - NOTÍCIAS - Gol deixa de operar em dois aeroportos do interior de SP». g1.globo.com. Consultado em 17 de julho de 2018. 
  7. «Crise faz Gol desistir de voltar a operar em Rio Preto». Gazeta de Rio Preto. 19 de fevereiro de 2016 
  8. «Estatísticas» (RAR). DAESP. Consultado em 21 de dezembro de 2013. 
  9. «Aeroporto vai ganhar uma torre de controle». Diário da Região. 17 de abril de 2011. Consultado em 05 de outubro de 2011.  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  10. «Governo autoriza torre de controle no aeroporto de Rio Preto | PMDB». pmdbsp.org.br. Consultado em 17 de julho de 2018. 
  11. Região, Diário da (13 de julho de 2018). «Aumenta o movimento no aeroporto de Rio Preto». Diário da Região - Rio Preto 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]