Aeroporto de Araçatuba

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Araçatuba
Aeroporto
Aeroporto Estadual de Dario Guarita
Lobby do Aeroporto de Araçatuba
IATA: ARU - ICAO: SBAU
Características
Tipo Público
Administração DAESP
Serve Araçatuba
Localização Brasil Araçatuba, São Paulo
Inauguração 1956 (62 anos)
Coordenadas 21° 08' 39" S 50° 25' 05" O
Altitude 415 m (1 362 ft)
Movimento de 2015
Passageiros 49.446 embarques
Carga 32.801 kg
Aéreo 963
Capacidade anual 100,000
Mapa
SBAU está localizado em: Brasil
SBAU
Localização do aeroporto no Brasil
Pistas
Cabeceira(s) Comprimento Superfície
05 / 23 2 120  m (6 955 ft) Asfalto
Notas
Dados da FAB[1] e ANAC[2]

O Aeroporto de Araçatuba / Dario Guarita é um aeroporto regional do interior paulista administrado pelo Daesp, possui pista asfaltada com comprimento de 2.120 m e 35 de largura, comportando aeronaves como Boeing 737 e Airbus 320, tendo registrado o terceiro maior movimento em número de passageiros administrados pelo Daesp em 2007.[3]

O aeroporto, começou a ser construído em 1956 pela Prefeitura, posteriormente passou ao controle do estado, o qual; o modernizou e o reinaugurou como um aeroporto estadual regional, em 1991.

Balcão de Check-in Azul
Balcão de Check-in Azul
Hall do aeroporto de Araçatuba, desembarque, check-in e embarque.
Hall do aeroporto de Araçatuba, desembarque, check-in e embarque.

Aeroporto de Araçatuba / Dario Guarita[editar | editar código-fonte]

SBAU/ARU

Características[editar | editar código-fonte]

  • Indicação ICAO: SBAU - IATA: ARU
  • Horário de Funcionamento: H24
  • Latitude: 21º 08’ 39’’ S - Longitude: 050º 25’ 35’’ W
  • Tipo de Operação: VFR diurno/noturno e IFR diurno/noturno
  • Altitude: 415 m / 1.362 ft
  • Área Patrimonial (ha): 136
  • Temperatura Média: 23,5°C
  • Categoria Contra Incêndio disponível: 5
  • Distância da Capital (km)
  • Distância da Capital (km) Aérea: 476 – Rodoviária: 534
  • Distância até o Centro da Cidade: 12 km

Movimento[editar | editar código-fonte]

  • Designação da cabeceira: 05 - 23
  • Cabeceira Predominante: 5
  • Declividade máxima: 0,55%
  • Declividade Efetiva: 0,23%
  • Tipo de Piso: asfalto
  • Resistência do Piso (PCN): 26/F/A/X/T

Pista[editar | editar código-fonte]

  • Dimensões (m): 2.120 x 35
  • Tipo de Piso: asfalto
  • Distância da cabeceira mais próxima (m): 754

Pátio[editar | editar código-fonte]

  • Dimensões (m): 220 x 85
  • Capacidade de Aviões: 2 B-737
  • Dist. da Borda ao Eixo da Pista (m): 207
  • Tipo de Piso: Asfalto

Auxílios Operacionais[editar | editar código-fonte]

  • Biruta, EPTA / estação meteorológica, sinais de eixo de pista, sinais de cabeceira de pista,

sinais indicadores de pista, sinais de guia de táxi, farol rotativo, luzes de táxi, luzes de pista, luzes de obstáculos, sala AIS, luzes de cabeceira e iluminação de pátio.

  • Radionavegação: NDB ARA 265 kHz - 21°08'36''S / 050°25'60''W
  • Frequência do Rádio: 130,60 (MHz)
  • Frequência do Aeródromo: 130,60 (MHz)
  • Circuito de Tráfego Aéreo: Padrão

Abastecimiento[editar | editar código-fonte]

Shell: AVGAS - JET A1

Instalações[editar | editar código-fonte]

  • Terminal de Passageiros (m²): 1.100
  • Capacidade de Passageiros 100.000 por ano
  • Estacionamento de Veículos - nº de vagas: 86
  • Tipo de Piso: asfalto

Outras informações[editar | editar código-fonte]

  • Cia Aérea que opera no Aeroporto: Azul.

Outros serviços[editar | editar código-fonte]

  • 15 hangares
  • Cabine de Força
  • Sinalização vertical no TPS
  • Locadora de veículos
  • Ponto de táxi
  • Posto da Polícia Federal

Movimento de Passageiros[editar | editar código-fonte]

Ano Passageiros

2001 49.525
2002 43.346

2006 30.346
2007 79.932
2008 74.798
2009 56.207
2010 78.296
2011 123.807
2012 190.571
2013 164.981
2014 128.228
2015 108.993
2016 112.100

Cartas[editar | editar código-fonte]

IAC
ADC

Acidentes[editar | editar código-fonte]

Após duas tentativas perdidas de aproximação ao Aeroporto de Araçatuba, a tripulação do Embraer EMB-110 Bandeirante da TAM decidiu tentar uma aproximação em condições visuais e acabou colidindo com o terreno, em curva, já próximo da cabeceira da pista. Sete pessoas morreram. Acidente ocorrido em 7 de outubro de 1983.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Publicação Auxiliar de Rotas Aéreas (ROTAER)» (PDF). Departamento de Controle do Espaço Aéreo (DECEA). 2016. Consultado em 1 de outubro de 2016.. Cópia arquivada (PDF) em 1 de outubro de 2016 
  2. «Dados Estatísticos» (XLSB). Agência Nacional de Aviação Civil. 2015. Consultado em 2 de outubro de 2016.. Cópia arquivada em 2 de outubro de 2016 
  3. DAESP

Ligações externas[editar | editar código-fonte]