Arce (mitologia)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book.svg
Este artigo ou secção não cita fontes confiáveis e independentes (desde Janeiro de 2012). Ajude a inserir referências.
O conteúdo não verificável pode ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Wikitext.svg
Esta página ou seção precisa ser wikificada (desde janeiro de 2012).
Por favor ajude a formatar esta página de acordo com as diretrizes estabelecidas.

Arce ou Arke (em grego: Άρκη, trasnliterado Arkê), na mitologia grega, era a mensageira dos titãs, filha do deus marinho Taumas e da Oceânide Electra e irmã gêmea de Íris, a deusa do arco-íris. Ela pode ter sido associada com o apagado segundo arco-íris visto às vezes à sombra do primeiro.

Segundo Ptolomeu Heféstion (século I ou II d.C.), as duas deusas serviram lados opostos durante a Titanomaquia: enquanto Íris tornou-se a mensageira dos deuses olímpicos, Arce tornou-se a dos titãs. Ao final da guerra, Zeus lhe arrancou suas asas e a atirou no Tártaro, junto com seus mestres. Mais tarde, no casamento de Peleu, Zeus presenteou a nereida Tétis com essas asas para que as colocasse nos pés de seu filho Aquiles.

Ícone de esboço Este artigo sobre mitologia grega é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.