Aeroporto de Sorocaba

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Aeroporto Estadual de Sorocaba
Bertram Luiz Leupolz


IATA: SOD - ICAO: SDCO
Tipo Público
Administração DAESP
Serve Sorocaba e região da Macrometrópole de São Paulo
Localização Não disponível
Inauguração 5 de maio de 1942


Altitude 634 m (2 080 ft)
Movimento em 2012 77.776 passageiros
184,430 t de carga
77.420 aeronaves
Capacidade anual Não disponível
Website oficial Página oficial
Pistas
Cabeceiras Comprimento Superfície
18/36 1 630 m (5 348 ft) Asfalto

O Aeroporto Estadual de Sorocaba / Bertram Luiz Leupolz (IATA: SOD, ICAO: SDCO) é um importante centro aéreo estadual na região da Macrometrópole de São Paulo e parte do interior paulista. Localiza-se a pouco mais de 5 km do centro da cidade, na zona norte de Sorocaba.

Situação atual[editar | editar código-fonte]

O aeroporto de Sorocaba já foi um grande centro de operações comerciais do estado de São Paulo, onde voos domésticos eram realizados com frequência.

Atualmente, o aeroporto é usado por aviões de pequeno porte; praticamente não são feitos vôos comerciais. Dentre os serviços prestados, encontram-se principalmente os de transporte de carga e manutenção de aeronaves.

No segundo segundo semestre 2013, devem ser entregues as obras que custaram 7,1 milhões ao governo federal, entre as melhorias que estão sendo executadas estão a extensão da pista de pouso em 150 metros, passando dos atuais 1.480 para 1.630, e o aumento em 6 mil metros quadrados do pátio de aeronaves, que então contará com 14,8 mil m2. O conjunto de melhorias no aeroporto ainda prevê que duas novas pistas de rolamento serão construídas e as quatro existentes serão alargadas. Haverá ainda a ampliação da pista de táxi e das vias de acesso para os hangares e construção de vias de serviço.[1]

A Embraer possui no local o Centro de Serviços para jatos executivos com 20 mil metros quadrados de área, o Centro de Serviços da Embraer inclui hangares, salas VIP, salas de reunião para clientes e salas de descanso para tripulação, além de escritórios administrativo, um investimento estimado em USD 25 milhões.[1] [2]

Modernização

Segundo orçamento realizado pelo Daesp para que a modernização do aeroporto seja realizada, um total de R$ 70 milhões deve ser investido, o que inclui a ampliação da pista do aeroporto, modernização dos serviços e construção de uma torre de controle, além das obras internas, a construção de novas avenidas que vão facilitar o acesso ao aeroporto estão no orçamento.[3]

O  ministro da Aviação Civil, Moreira Franco, anunciou no dia 31 de Agosto de 2014 a abertura das licitações para as obras de reforma e ampliação de oito aeroportos no interior de São Paulo. No aeroporto de Sorocaba as obras incluem[4] :

  • Implantação de torre de controle.
  • Recuperação da pista de pouso, que tem 1.800 m por 30 m;
  • Reforma do terminal de passageiros, de 700 m²;
  • Recuperação do pátio de aeronaves, que tem capacidade para até quatro aviões do tipo Embraer ATR-72;
  • Ampliação e reforma da seção contraincêndio, de 195 m²;

Características[editar | editar código-fonte]

Localizado a uma Latitude: 23º 28’ 59’’ S - Longitude: 047º 29’ 11’’ W e Altitude: 634m/2.082 ft. A temperatura média é de 20,0°C. A distância aérea da capital, São Paulo é de 83,53 km e a distância rodoviária é de 87 km.


Acidente do avião bimotor EMB810C[editar | editar código-fonte]

No dia 27 de janeiro de 2010 a aeronave modelo EMB810C, fabricado pela Embraer, decolou por volta das 9h30 do aeroporto de Sorocaba. Minutos depois, caiu numa fazenda no município vizinho de Iperó, a cerca de 30 quilômetros do local da decolagem. O piloto, José Andrei Ferreira dos Santos de 32 anos e Maria Leonor Salgueiro Galeazzi de 69 anos morreram.

Sitiantes da região presenciaram a queda e avisaram o Corpo de Bombeiros. O avião decolou com o tanque cheio - 430 litros de combustível - e seguia para uma fazenda em Goiás, quando caiu "de bico" no interior de uma mata, no bairro Bananal.

O Centro Integrado de Defesa Aérea e Controle do Tráfego Aéreo (Cindacta) já tinha constatado o desaparecimento do bimotor. Os bombeiros tiveram dificuldade no resgate por causa da mata e do terreno encharcado. Os corpos foram levados para o Instituto Médico Legal (IML) de Sorocaba.

Movimento[editar | editar código-fonte]

Dimensões (m): 1.630 x 30

Designação da cabeceira: 18 - 36 - Cabeceira Predominante: 36

Declividade máxima: 1,25% - Declividade Efetiva: 1,06%

Tipo de Piso: asfalto - Resistência do Piso (PCN): 38/F/B/X/T

Serviços[editar | editar código-fonte]

Hangares: 3 - Cabine de Força (KF) - KC/KT

Telelefone Público - Ônibus Urbano - Área p/ publicidade - Área pré-embarque

Companhias aéreas que já operaram no aeroporto

Pista[editar | editar código-fonte]

Pista de acesso à cabeceira 36 e pátio - PRA (m): 920 x 15

Pista de acesso à cabeceira 36 - PRB (m): 750 x 15

Tipo de Piso: asfalto

Distância da cabeceira mais próxima (m): 320

Pátio[editar | editar código-fonte]

Dimensões (m): 104 x 67 - Capacidade de Aviões: 1 F-100, 1 ATR

Dist. da Borda ao Eixo da Pista(m): PRA - 92,5 / PRB - 92,5

Tipo de Piso: asfalto

Auxílios operacionais[editar | editar código-fonte]

Aeródromo não controlado Sinais de Eixo de Pista - Biruta Iluminada

Luzes de Pista - Sinais de Cab. de Pista - Ind. de Pista -

Sinais de Guia de Táxi - Luzes de Táxi

Luzes de Cabeceira - Luzes de Obstáculos

Iluminação de Pátio - Farol Rotativo

Freq. para Coordenação de Tráfego: 125,675 - Circuito de Tráfego Aéreo: Padrão

Abastecimento[editar | editar código-fonte]

BR Aviation: AVGAS - JETA1 Shell Aviation: AVGAS - JETA1

Instalações[editar | editar código-fonte]

Terminal de Passageiros (m²): 800

Estacionamento de Veículos: 130 vagas - Tipo de Piso: asfalto

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]