Grumari

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Grumari
Mapa da região da Barra, incluindo Grumari
Bairro do Rio de Janeiro Bandeira do Município do Rio de Janeiro.png
Área: 959,88 ha (em 2003)[1]
Fundação: 23 de julho de 1981[2]
IDH: 0,894[3] (em 2000)
Habitantes: 167 (em 2010)
Domicílios: 48 (em 2010)
Limites: Barra de Guaratiba e
Recreio dos Bandeirantes[4]
Região Administrativa: XXIV R.A.(Barra da Tijuca)

Grumari é um bairro de classe média da Barra da Tijuca, na zona Oeste da cidade do Rio de Janeiro. É famoso pelas praias selvagens, tanto a principal, Praia de Grumari, como também as praias do Perigoso, do Meio, Funda, e do Inferno, todas essas acessíveis por trilha ou pelo mar.

Faz limite com os bairros Barra de Guaratiba e Recreio dos Bandeirantes.[5]

Seu IDH, no ano 2000, era de 0,894, o 31º melhor da cidade do Rio de Janeiro.[6]

História[editar | editar código-fonte]

Vista da Praia.

Conhecido principalmente pela beleza de sua orla. É o bairro menos populoso da cidade, pois grande parte de sua área é ocupada pela orla e por uma área de proteção ambiental.

Seu nome, que vem do indígena “CURU” (seixos, pedras soltas) e “MARI” (que produz água), também é o nome de uma árvore encontrada nas encostas da região. Cercada pelas serras do Grumari, de Guaratiba e de Piabas, é a última área natural e preservada do litoral carioca.

Constitui o Parque Natural Municipal do Grumari, tombado pelo Estado em 1985, e pelo Município, em 1986. Praticamente isolada, seu acesso se dava pela estrada velha de Grumari, sinuosa e estreita, vinda de Guaratiba ou pela trilha colonial na Serra de Piabas. Na década de 1970, foi aberta a Avenida Estado da Guanabara, ligando o bairro ao Recreio dos Bandeirantes.

Em Grumari há, também, a Praia do Abricó, para os adeptos do naturismo, e a Prainha, tombada, em 1989, como Área de Preservação Ambiental – APA - freqüentada por surfistas. Esta última integrava a antiga propriedade de Catarina de Sá e Benevides, nos tempos coloniais.[7]

Dados[editar | editar código-fonte]

Grumari faz parte da XXIV Região administrativa (Barra da Tijuca) da cidade do Rio de Janeiro.

Bairros integrantes da região administrativa são: Barra da Tijuca, Camorim, Grumari, Itanhangá, Joá, Recreio dos Bandeirantes, Vargem Grande, Vargem Pequena.

A denominação, delimitação e codificação do Bairro foi estabelecida pelo Decreto Nº 3158, de 23 de julho de 1981 com alterações do Decreto Nº 5280, de 23 de agosto de 1985.

Cinema[editar | editar código-fonte]

O bairro serviu como locação de diversas sequências do filme Os Trapalhões na Guerra dos Planetas, realizado no ano de 1978[8] .


Prainha, um dos melhores lugares para se surfar na cidade do Rio de Janeiro 
Estacionamento na Praia de Grumari 
Quiosque ao lado da Praia 
Entrada para a praia de nudismo do Abricó 
Panorama geral do Grumari 
Estrada de acesso à localidade do Grumari 
Pântano no interior do bairro 
Praia do Inferno, uma das cinco praias virgens e selvagens do bairro 
Praia do Abricó 
Praia de Naturismo no canto esquerdo da praia de Grumari que é denominado Praia do Abricó 


Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]