Vargem Grande (bairro do Rio de Janeiro)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Vargem Grande
Mapa da região da Subprefeitura da Barra, incluindo Vargem Grande
Bairro do Rio de Janeiro Bandeira do Município do Rio de Janeiro.png
Área: 3 938,04 hectares (2003)
Fundação: 23 de julho de 1981
IDH: 0,746[1] (em 2000)
Habitantes: 14 039 (em 2010)[2]
Domicílios: 5 925 (em 2010)
Limites: Barra de Guaratiba, Recreio dos Bandeirantes,
Vargem Pequena, Camorim e Jacarepaguá[3]
Região Administrativa: XXIV R.A.(Barra da Tijuca)

Vargem Grande é um bairro de classe média da região da Barra da Tijuca, na Zona Oeste da cidade do Rio de Janeiro, no Brasil. O ponto culminante da cidade, o Pico da Pedra Branca[4] , se localiza no seu limite com o bairro de Jacarepaguá[5] .

Faz limite com os bairros Recreio dos Bandeirantes, Vargem Pequena, Camorim e Jacarepaguá.[6]

Seu índice de desenvolvimento humano, no ano 2000, era de 0,746, o 116º colocado entre 126 regiões analisadas na cidade do Rio de Janeiro.[7]

História[editar | editar código-fonte]

Vargem Grande. Foto de André Luiz Pereira Nunes

O bairro é um dos que mais crescem atualmente na cidade do Rio de Janeiro, tendo passado de 9.306 habitantes, em 2000, para 14.039, em 2010. É também um dos que possuem maior área verde no Rio de Janeiro, com muita natureza. No bairro, existem cachoeiras, sítios, haras e trilhas. Boa parte de sua extensão é tomada pelo Parque Estadual da Pedra Branca, área de preservação ambiental. Também por ser um novo centro em gastronomia, Vargem Grande apresenta inúmeros restaurantes portugueses e italianos, além do parque aquático Rio Water Planet.

Além da vasta natureza, apresenta um dos menores índices de violência da cidade do Rio de Janeiro e, por esse e outros fatores ligados a qualidade de vida, o bairro é residência de vários artistas famosos, que procuram por um lugar mais tranquilo junto à natureza.

Infelizmente, seguindo uma tendência de mal planejamento e crescimento urbano, possui várias áreas de ocupação ilegal com formação de algumas favelas e vilas de baixa renda, mas que, até o momento, não registram índice de presença criminosa, sendo apenas consideradas áreas humildes que dividem espaço com condomínios altamente luxuosos e mansões.

Apesar dos problemas estruturais e de ser bastante longe do Centro da cidade, tem grande valorização imobiliária, seguindo os passos dos bairros vizinhos Recreio dos Bandeirantes e Barra da Tijuca. Praticamente não existem edifícios no bairro, apenas poucos e de pequeno tamanho. A maioria dos grandes condomínios é formada por casas.

Vargem grande é uma das poucas áreas do Rio de Janeiro o qual a natureza ainda é expressiva e razoavelmente preservada contendo um clima de cidade do interior.

Também concentra um grande número de artistas plásticos e um aclamado Centro Gastronômico que marcam presença no Festival de Arte e Gastronomia das Vargens, assim como artistas do bairro vizinho, Vargem Pequena.[8]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]