Honório Gurgel (bairro do Rio de Janeiro)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Honório Gurgel
Honório Gurgel.svg
Bairro do Rio de Janeiro Bandeira do Município do Rio de Janeiro.png
Área: 137,48 ha (em 2003)
Fundação: 23 de julho de 1981
IDH: 0,804[1] (em 2000)
Habitantes: 21 989 (em 2010)[2]
Domicílios: 7 948 (em 2010)
Limites: Barros Filho, Coelho Neto,
Rocha Miranda, Bento Ribeiro,
Marechal Hermes e Guadalupe
[3]
Região Administrativa: XV R.A.(Madureira)

Honório Gurgel é um bairro da Zona Norte da cidade do Rio de Janeiro, no Brasil.

Seu IDH, no ano 2000, era de 0,804, o 88º melhor da cidade do Rio de Janeiro.[4]

É vizinho aos bairros de Barros Filho, Coelho Neto, Rocha Miranda, Bento Ribeiro, Marechal Hermes e Guadalupe[5] , sendo cortado também pela malha ferroviária.

História[editar | editar código-fonte]

Estação de trem de Honório Gurgel.

A linha do canto, além de servir à SuperVia, acessa a ligação com Deodoro e por ela a fábrica de cimento Holcim. Na estação de trens local, há um entroncamento com as linhas do ramal de Deodoro. Também passam por ela algumas vezes cargueiros da MRS Logística S.A..

A estação ferroviária de Honório Gurgel foi inaugurada em 1905, com o nome de Munguengue. O nome atual, existente desde pelo menos os anos 1920, homenageia um antigo prefeito do município do Rio de Janeiro. Em 1958, a Armcostaco inaugurou, no bairro, uma fábrica de produtos de aço para saneamento, construção viária e mineração.


Localização[editar | editar código-fonte]

Honório Gurgel faz parte da XV Região administrativa (Madureira) da cidade do Rio de Janeiro.

Os bairros integrantes dessa região administrativa são: Bento Ribeiro, Campinho, Cascadura, Cavalcante, Engenheiro Leal, Honório Gurgel, Madureira, Marechal Hermes, Osvaldo Cruz, Quintino Bocaiuva, Rocha Miranda, Turiaçu, Vaz Lobo.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências