Barros Filho

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Barros Filho
—  Bairro do Brasil  —
Barros Filho.svg
Criado em 23 de julho de 1981
Área
 - Total 172,39 ha (em 2003)
População
 - Total 14 049 (2 010)[1]
 - IDH 0,750[2] (em 2000)
Domicílios 4 841 (2010)
Limites Costa Barros, Guadalupe,
Honório Gurgel e Coelho Neto[3]
Fonte: Não disponível

Barros Filho é um bairro do Rio de Janeiro de Classe média / média baixa. Seu nome homenageia o filho do fazendeiro que cedeu terras de sua fazenda Boa Esperança, onde hoje se situa os bairros de Barros Filho, Costa Barros e parte de Guadalupe e Honório Gurgel, Antônio da Costa Barros, para a construção da linha férrea, que foi inaugurada em 1908.

Seu IDH, no ano 2000, era de 0,750, o 114º colocado entre 126 regiões analisadas na cidade do Rio de Janeiro.[4]

História[editar | editar código-fonte]

Toda a região que pertencia à freguesia de Irajá, na zona norte da cidade, era ocupada por grandes fazendas, como a Botafogo e a do Engenho Boa Esperança (séc. XVIII). A família Costa Barros era proprietária desses latifúndios. O pai, Antônio Costa Barros, passou toda a área para seu herdeiro, Barros Filho. Com a construção da linha ferroviária auxiliar, entre 1892 e 1898, nela foi instalada, em 1908, a Estação Barros Filho, que deu nome ao bairro. Barros Filho é atravessado pela Avenida Brasil e abrange o Distrito Industrial da Fazenda Botafogo, além de diversas comunidades.

Localização[editar | editar código-fonte]

Situa-se na Zona Norte da cidade do Rio de Janeiro. Possui ótima localização situado no corredor da Avenida Brasil. Possui comercio de rua vasto e conta com uma unidade do Sesi, do outro lado da linha férrea. Faz divisa com os bairros de Costa Barros, Guadalupe, Coelho Neto e Honório Gurgel[5] , tendo como artéria principal a estrada João Paulo, que liga o bairro aos bairros de Madureira e Pavuna.

Educação[editar | editar código-fonte]

CIEP a Escola Municipal Sindicalista Chico Mendes, a Escola Municipal Juracy Silveira, o Centro de Educação Infantil Fonteducart e o colégio Cantinho do Saber. O SESI com inúmeros cursos na area industrial. Com a proximidade do Shopping jardim Guadalupe, os moradores contam com a renomada Universidade Castelo Branco localiza-se no Shopping Jardim Guadalupe, na Av. Brasil 22.155. [6]

Lazer[editar | editar código-fonte]

Em Barros Filho localiza-se uma unidade do SESI,onde possui ótima estrutura, tais como: piscina Olímpica, academia e atividades voltada para o lazer e saúde dos moradores do bairro. A cinco minutos do shopping Jardim Guadalupe. No ano de 2013, a prefeitura anunciou um projeto ao qual expandirá o Parque Madureira ,até o bairro, proporcionado aos moradores desfrutarem de atividades de lazer e mais qualidade de vida.

Indústria[editar | editar código-fonte]

Abriga indústrias. Em 1958, a Armcostaco inaugurou, no bairro, uma fábrica de produtos de aço para saneamento, construção viária e mineração, e uma indústria de produtos químicos e Panamericana.

Curiosidades[editar | editar código-fonte]

  • A famosa praça de Honório Gurgel, onde existe pequenos comércios variados, onde tem o Busto do Próprio Honório Gurgel, na verdade faz parte de Barros Filho.
  • Muitos nem sabem o motivo de uma passagem entre a Rua João Pessoa e a Rua Joana D'Arc (esta última, Rua que dá nome a comunidade) se chamar Beco do Chiqueiro. Na verdade a passagem era um largo onde existia uma criação de porcos, herança do tempo em que toda a região era uma grande fazenda. (fonte: conversas informais com moradores antigos da comunidade)


Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Ícone de esboço Este artigo sobre Geografia do Rio de Janeiro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.