Outros esportes do Club de Regatas Vasco da Gama

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Esta lista dedica-se a contemplar os outros departamentos esportivos diferentes do futebol do Club de Regatas Vasco da Gama, entidade sócio-poliesportiva brasileira com sede na cidade do Rio de Janeiro, fundada em 21 de agosto de 1898 por um grupo de remadores.

Basquetebol[editar | editar código-fonte]

O time de basquete masculino do Vasco da Gama ganhou o Campeonato Brasileiro em 2000 e 2001, a Liga Sul-Americana de Basquete em 1999 e 2000 e o Campeonato Sul-Americano de Clubes nos anos de 1998 e 1999. O clube jogou a edição de 1999 da McDonald's Championship, perdendo a final para o San Antonio Spurs de Tim Duncan por 103 a 68, sendo o primeiro clube brasileiro a enfrentar uma equipe da NBA.[1]

O time feminino ganhou o Campeonato Brasileiro de 2001 e a Liga Sul-Americana de Basquetebol de 2002.[2]

Em 2016, a equipe masculina disputou a Liga Ouro, torneio que dá ao campeão vaga direta ao NBB na edição 2016–17.[3] O Vasco conquista a Liga Ouro, garantindo vaga no NBB, assim retorna à elite do basquetebol nacional pela primeira vez desde 2003.[4] No NBB 9, o Vasco é eliminado nas oitavas de finais dos playoffs pelo Pinheiros por 3 a 2 na melhor de cinco partidas.[5]

Futebol de areia[editar | editar código-fonte]

O Vasco conquistou o seu primeiro título no futebol de areia em 1999, quando venceu o Botafogo na final e se sagrou campeão do I Campeonato Carioca de Futebol de Areia. E desde então é um dos times mais tradicionais do país, sendo o atual líder do ranking de clubes da CBBS (Confederação Brasileira de Beach Soccer).

Em 2011, o Vasco passou por excelentes equipes favoritas como Boca Juniors, Flamengo, Corinthians e Sporting e conquistou o primeiro Mundialito de Clubes da FIFA de Futebol de Areia.[6]

Em 2016, devido a tragédia ocorrida com o avião da Chapecoense, o Campeonato Brasileiro e a Copa Libertadores foram realizados em 2017, e nas duas competições o Vasco se consagrou campeão.[7][8]

Futsal[editar | editar código-fonte]

O futebol de salão ou futsal foi criado no clube no final dos anos 50, início da década de 60. No início, o clube disputava os famosos Jogos Infantis e Jogos da Primavera, produzidos e realizados pelos grandes jornais da época, como o Jornal dos Sports, diário esportivo impresso na cor rosa, e distribuído em grande quantidade na capital e nas cidades do interior do estado do Rio de Janeiro.

O clube disputava também nesta época os campeonatos oficiais da Federação de Futebol de Salão da Guanabara, e depois da fusão de 1974, do estado do Rio de Janeiro. Foi desta forma competitiva, que o Vasco transformava-se rapidamente no recordista de títulos dentre os clubes federados do estado.

O futsal do clube possui o título de campeão da Liga Futsal de 2000 como o mais importante de sua história. Em agosto do citado ano, o esquadrão do treinador Ricardo Lucena, que possuía craques como Manoel Tobias, Índio, Schumacher, Simi e Lavoisier, num Ginásio do Maracanãzinho lotado, derrotou o Atlético Mineiro por 6 a 3. O título faz do clube o único clube do Rio de Janeiro a vencer a importante competição nacional da modalidade. Além desse campeonato, o Vasco da Gama ganhou duas vezes a Taça Brasil de Futsal em 1983 e 2000.

Jogadores importantes começaram a carreira nas quadras de São Januário. Dentre eles, destacam-se: Edmundo, Felipe, Pedrinho, Bismarck, Philippe Coutinho, Alex Teixeira, Souza e Allan.[9]

Jogadores ilustres[editar | editar código-fonte]

Handebol[editar | editar código-fonte]

Em 2015, Vasco da Gama em parceria com a Força Aérea Brasileira participou da Liga Nacional de Handebol Feminino e da Liga Nacional de Handebol Masculino.[10][11]

A equipe masculina do Vasco/FAB representou o Brasil nos Jogos Mundiais Militares de 2015 em Mungyeong, Coreia do Sul, terminando o campeonato na sexta colocação.[12][13]

A equipe feminina em 2015 ganhou o Torneio Início organizado pela Federação Carioca de Handebol invicto e terminou na terceira colocação na Copa do Brasil de Handebol e na Liga Nacional. Já a equipe masculina também foi campeã do Torneio Início e ganhou a Copa do Brasil de forma invicta ambas competições. Na Liga Nacional, a eliminação precoce nas quartas de final.[14]

Showbol[editar | editar código-fonte]

O departamento de showbol do clube, atualmente inativo, disputou competições como o Campeonato Carioca de Showbol e o Campeonato Brasileiro de Showbol. Conquistou o Campeonato Brasileiro de 2011[15] e o Campeonato Carioca de 2013.[16]

Voleibol[editar | editar código-fonte]

A equipe de voleibol feminino foi campeã do Campeonato Carioca de 2000 e vice-campeã da Superliga Brasileira de 2000–01 sob comando de Isabel Salgado.[17][18]

Em 2015, o clube encerra o departamento de voleibol para contenção de gastos.[19]

Voleibol feminino[editar | editar código-fonte]

Outros esportes do Club de Regatas Vasco da Gama
Voleibol Volleyball (indoor) pictogram.svg
{{{imagem-tamanho}}}
Abreviatura Vasco
Alcunhas As Meninas da Colina
Vascão
Mascote Almirante
Bacalhau
Informações
Resultados
Uniformes
Kit left arm vasco1516a.png Kit body vasco1516a.png Kit right arm vasco1516a.png
Kit shorts vasco1516a.png
Cores do Time
Principal
Kit left arm vasco1516h.png Kit body vasco1516h.png Kit right arm vasco1516h.png
Kit shorts vasco1516h.png
Cores do Time
Alternativo
Kit left arm.png Kit body unknown.png Kit right arm.png
Kit shorts.png
Cores do Time
Líbero
Página Oficial

A equipe de voleibol feminino do Club de Regatas Vasco da Gama foi um dos principais times de voleibol do Estado do Rio de Janeiro, Brasil.

História[editar | editar código-fonte]

Em 1987 o time adulto conquista o título da Taça Rio.[20] O clube resolve investir novamente na categoria adulto de voleibol feminino na época patrocinava esportes olímpicos e atletas para os Olimpíada de Sidney de 2000,[21] montou uma forte equipe para temporada 2000–01, entre elas estavam as primeiras medalhistas olímpicas do voleibol indoor feminino: Fernanda Venturini, Márcia Fú, Sandra Suruagy, Ida Álvares; contando também com jogadoras que já atuaram pela Seleção Brasileira tais como: Denise Souza, Raquel da Silva, Ângela Moraes, , Flávia[22] além das novatas e futuras primeiras campeãs olímpicas do voleibol indoor feminino: Fabi e Sassá, e também contrataram a croata Nataša Leto.

A equipe estava sob o comando da ex-voleibolista indoor e de praia, Isabel Salgado, cujo auxiliar técnico era Maurício Thomas,[23] conquistou o título do Campeonato Carioca de 2000.[24]

Na Superliga Brasileira de 2000–01, o time terminou com o vice-campeonato ao perder a final para o Flamengo por 3 a 1 na melhor de cinco partidas.[25]

O clube investia também nas categorias de base[26] e conquistou os títulos do Torneio Open da Baixada de 2011 (categoria infanto-juvenil), do Torneio Olímpio Noronha de 2013 (categoria infantil) e o bicampeonato no Torneio Open da Baixada nos anos de 2010 e 2013, ambas na categoria mirim,[20] conquistou em 2014 o título do Torneio Jovens Talentos do Voleibol, na categoria pré-mirim, em meio a tantas dificuldades e projetos de reestruturação da modalidade no clube.[27]

Em 2015 foi noticiado que o departamento de voleibol ficaria inativo para contenção de gastos.[28]

Títulos[editar | editar código-fonte]

Campanhas de destaque[editar | editar código-fonte]

Jogadores ilustres[editar | editar código-fonte]

Principais atletas em outras modalidades[editar | editar código-fonte]

Atletismo[editar | editar código-fonte]

Bodyboarding[editar | editar código-fonte]

Boliche[editar | editar código-fonte]

Ginástica artística[editar | editar código-fonte]

Hipismo[editar | editar código-fonte]

Judô[editar | editar código-fonte]

Jiu-jitsu[editar | editar código-fonte]

Karatê[editar | editar código-fonte]

MMA (Mixed Martial Arts)[editar | editar código-fonte]

Natação[editar | editar código-fonte]

Remo[editar | editar código-fonte]

Tênis[editar | editar código-fonte]

Tênis de mesa[editar | editar código-fonte]

Vela[editar | editar código-fonte]

Vôlei de praia[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Sempre Vasco da Gama». Consultado em 31 de agosto de 2015 
  2. «Sempre Vasco (Títulos)». Consultado em 4 de setembro de 2015 
  3. «Atrás de uma vaga no NBB, Vasco e Sport são confirmados na Liga Ouro». Consultado em 13 de janeiro de 2016 
  4. «Vasco vence Campo Mourão, fatura a Liga Ouro e volta à elite após 13 anos». globoesporte.com. 10 de junho de 2016. Consultado em 11 de junho de 2016 
  5. «Pinheiros derrota Vasco, fecha série e vai enfrentar o Flamengo nas quartas do NBB». globoesporte.com. 17 de abril de 2017. Consultado em 1 de maio de 2017 
  6. Igor Christ (26 de Março de 2011). «Vasco bate Sporting e é o primeiro campeão mundial de futebol de areia». Globoesporte. Consultado em 3 de Novembro de 2013 
  7. «Vasco derrota Sampaio Corrêa na final do Brasileiro e vai à Copa Libertadores». globoesporte.com. 8 de janeiro de 2017. Consultado em 9 de janeiro de 2017 
  8. «Vasco goleia Rosário Central e ganha a 1ª Libertadores de Futebol de Areia». globoesporte.com. 15 de janeiro de 2017. Consultado em 15 de janeiro de 2017 
  9. «Único clube do Rio de Janeiro campeão do Brasil». vasco.com.br. Consultado em 4 de fevereiro de 2016 
  10. «Liga Nacional 2015 Masculina». Consultado em 7 de outubro de 2015 
  11. «Liga Nacional 2015 Feminina». Consultado em 7 de outubro de 2015 
  12. «Handebol Masculino do Brasil estreia nos Jogos Mundiais Militares neste domingo». Consultado em 7 de outubro de 2015 
  13. «Handball at the 2015 Military World Games». Consultado em 10 de outubro de 2015 
  14. «Treinadores exaltam o primeiro ano do handebol no Vasco». vasco.com.br. Consultado em 17 de dezembro de 2015 
  15. «Campeão brasileiro, time de showbol do Vasco é homenageado na Colina». SporTV. 17 de Setembro de 2011. Consultado em 30 de Julho de 2017 
  16. Flávio Dilascio (21 de abril de 2013). «Em jogo épico, Vasco vira para cima do Bota e conquista o inédito Carioca». SporTV. Consultado em 5 de agosto de 2017 
  17. «Vasco derrota Flamengo e conquista o Campeonato Carioca». globoesporte.com. 13 de janeiro de 2000. Consultado em 21 de outubro de 2016 
  18. «Fla vai homenagear jogadoras de vôlei». lance.com.br. 2 de março de 2011. Consultado em 21 de outubro de 2016 
  19. «Vasco encerra vôlei por período indeterminado para cortar gastos». vasconoticias.com.br. 1 de fevereiro de 2015. Consultado em 20 de março de 2016 
  20. a b «Vôlei-Títulos –Voleibol Feminino». Club de Regatas Vasco da Gama. Consultado em 20 de março de 2016 
  21. Felipe Mendes. «Vasco fará peneira no vôlei». Lance!. 23 de fevereiro de 2011. Consultado em 20 de março de 2016 
  22. Diário do Grande ABC. «Vasco apresenta time feminino de vôlei». 20 de maio de 2000. Consultado em 20 de março de 2016 
  23. Melhor do Vôlei. «Superliga 2000-2001-Vasco da Gama». 6 de janeiro de 2009. Consultado em 20 de março de 2016 
  24. GloboEsporte.com. «Vasco derrota Flamengo e conquista o Campeonato Carioca». 13 de janeiro de 2000. Consultado em 20 de março de 2016 
  25. Felipe Mendes. «Fla vai homenagear jogadoras de vôlei». Lance!. 2 de março de 2011. Consultado em 20 de março de 2016 
  26. Club de Regatas Vasco da Gama. «Vôlei: Vasco está nas semifinais da Taça Olímpio de Noronha». 4 de agosto de 2014. Consultado em 20 de março de 2016 
  27. João Luiz Mota. «Vôlei: Em meio a processo gradativo de reestruturação, Vasco conquista título na categoria pré-mirim». 15 de novembro de 2014. Consultado em 20 de março de 2016 
  28. Vasco Notícias. «Vasco encerra vôlei por período indeterminado para cortar gastos». 1 de fevereiro de 2015. Consultado em 20 de março de 2016