Encontro com Fátima Bernardes

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Out of date clock icon.svg
Este artigo ou seção pode conter informações desatualizadas.

Se sabe algo sobre o tema abordado, edite a página e inclua informações mais recentes, citando fontes válidas. Utilize o campo de resumo para uma breve explicação das alterações e, se achar necessário, apresente mais detalhes na página de discussão.

Encontro com Fátima Bernardes
Informação geral
Formato Talk show
Gênero Programa de variedades
Duração 75 minutos
Criador(es) Guel Arraes, Cláudio Manoel, Geneton Moraes Neto e Fátima Bernardes
País de origem  Brasil
Idioma original Português
Produção
Diretor(es) Boninho (núcleo)
Maurício Arruda (geral)
Mário Marcondes
Raquel Affonso
Apresentador(es) Fátima Bernardes
Tema de abertura Instrumental
Exibição
Emissora de televisão original Rede Globo
Formato de exibição 1080i (HDTV)
Transmissão original 25 de junho de 2012 – presente
Cronologia
TV Globinho

Encontro com Fátima Bernardes é um talk-show da Rede Globo, exibido de segunda à sexta-feira, após o programa Bem Estar, com a apresentação de Fátima Bernardes. O G1 em 1 Minuto é exibido dentro do programa, apresentado por Mari Palma.

Formato[editar | editar código-fonte]

O programa tem três blocos de duração e mistura informação, matérias de comportamento, prestação de serviço, humor, música e interatividade com o público, em um tom informal que privilegia a conversa. O programa enfoca histórias comuns relacionadas a assuntos do dia a dia e fatos ocorridos no Brasil e no mundo. No estúdio, Fátima Bernardes interage com convidados – que podem ser selecionados de acordo com o assunto do dia, incluindo especialistas em determinado tema – e uma plateia de 60 pessoas, de todas as idades e classes. O bate-papo no estúdio e entrevistas pré-gravadas nas ruas conduzem o programa.

História[editar | editar código-fonte]

Antecedentes[editar | editar código-fonte]

A Rede Globo já teve um programa denominado Encontro, mas esta ficou somente por um curto período no ar por volta de três meses, e era exibido no horário vespertino, inicialmente chamado de Encontro às Quatro, sendo um programa feminino apresentado por Paulo Araújo, Yara Sarmento e Léa Bulcão.[1]

Após sua saída do telejornal Jornal Nacional em 5 de dezembro de 2011, Fátima Bernardes anunciou que iria fazer um programa solo e que seria uma realização de um sonho.[2] O programa entrou no lugar da TV Globinho.[3] Inicialmente o nome dado ao programa era Programa da Manhã depois modificado para o título atual.[4] Em 2012, Gabriela Lian foi anunciada como repórter do programa em São Paulo.[5] Em junho do mesmo ano o humorísta Victor Sarro foi anunciado como parte integrante do elenco.[6]

1ª Fase: 2012 - 2013[editar | editar código-fonte]

O Encontro com Fátima Bernardes estreou no dia 25 de junho de 2012, após o programa Bem Estar.[7] Transmitido ao vivo, de segunda a sexta-feira, o Encontro com Fátima Bernardes é um programa de variedades e prestação de serviços, com um mini auditório. Nele os telespectadores encontram tudo o que precisam ao longo do dia: dicas de comportamento, serviço e entretenimento, com muita interatividade com o público de casa e com a plateia, selecionada, participativa e diariamente presente no palco.

Em sua primeira fase, Fátima Bernardes contava com a participação de correspondentes internacionais e também com a companhia do jornalista Lair Rennó, acompanhando notícias em tempo real e promovendo a interação entre o público e o programa. A jornalista Lilia Teles era responsável pelas matérias especiais sobre os temas do dia. As jornalistas Gabriela Lian, de São Paulo e Aline Prado, do Rio de Janeiro, faziam entradas ao vivo, mostrando os fatos mais importantes no local onde eles estavam acontecendo.Os humoristas Marcos Veras e Victor Sarro davam um toque de humor aos assuntos abordados pelo programa.

Nos primeiros meses de programa ele era inteiramente ao vivo, exceto as sexta-feira e feriados, que o programa era transmitido previamente gravados. Prática que não é mais adotada nas últimas temporadas do programa. O programa tinha muito jornalismo e era todo formatado, sem espaço para o improviso e a espontaneidade, o que foi mudando ao longo dos anos.

Durante os dois primeiros anos do programa, as quintas-feiras tinham a música como tema. Diferentes músicos se apresentavam no palco, interagindo com a plateia, os convidados e a apresentadora, e discorrendo sobre o gênero, o estilo, os movimentos ou as tendências musicais enfocadas no dia. O músico Branco Mello era colunista da atração e apresentava assuntos como trilha sonora de novelas, música de festa, ritmos do subúrbio, canções que marcaram relacionamentos, música baiana, associações como música e futebol etc.

O cenário era uma arena, projetada em 360º com painéis 3D ao fundo, que iam mudando conforme o assunto em questão; e os debates tinham um tema central, desenvolvido ao longo da semana, além de assuntos secundários para complementar a atração. Logo na estreia o tema foi “Adoção”. Com a participação de correspondentes internacionais da Globo e de telespectadores, o programa contava também com uma cabine onde a plateia respondia à pergunta proposta naquela semana.

Em setembro de 2012, a emissora definiu a saída do diretor Fabrício Mamberti para a entrada de Mário Márcio Bandarra, Fabrício ficou responsável pela direção da novela Saramandaia.[8] Em 18 de dezembro de 2012, o humorista Victor Sarro fez sua última participação no programa, e foi direcionado para o programa dominical Esquenta.[9]

2ª Fase: 2013 - 2014[editar | editar código-fonte]

Em 2013, José Bonifácio de Oliveira, o Boninho, assumiu a direção geral do programa. E com isso veio a mudança: diminuição de conteúdo e aumento das atrações musicais e das entrevistas com os atores da casa e uma maior distância da plateia que antes ficavam muito próximos dos entrevistados. Boninho é diretor de núcleo de outras atrações da Globo, como Big Brother Brasil, The Voice Brasil, Video Show e Mais Você. Ele teve a missão de, segundo comunicado da emissora, fazer a gestão de conteúdos da manhã da Globo, e também garantir uma interlocução unificada com o jornalismo, mantendo as características artísticas dos programas de Fátima Bernardes e o de Ana Maria Braga.[10]

No dia 27 de maio de 2013, o cenário mudou novamente. Sofá e a plateia no formato de auditório. Fátima Bernardes, que antes circulava entre os convidados, agora tem um assento fixo. Lair Renó continua com as notícias de última hora, mas Lilia Teles não está mais na equipe.

3ª Fase: 2014 - presente[editar | editar código-fonte]

O ano de 2014 foi um ano de novas mudanças. Durante as férias de Fátima Bernardes, o Encontro foi apresentado eventualmente por Lair Rennó, Ana Furtado e Dan Stulbach. Em anos anteriores, no período em que a apresentadora estava ausente, os programas exibidos eram gravados. Marcando o fim das férias da apresentadora, um novo cenário logo foi inaugurado em janeiro, esse novo ambiente trouxe um ar mais intimista, com cara de uma sala de estar, mais aconchegante e deixando a plateia em evidencia, característica que tinha sido abolida na última mudança. A partir de 2014, a música ficou mais presente com participações diárias de cantores e grupos no palco. Além de cantarem seus sucessos, os artistas conversavam com Fátima Bernardes e os convidados sobre os assuntos do dia. Em janeiro de 2017, a produção contou que mais de 650 atrações musicais tinham se apresentado no Encontro.

Em 2015, mais uma vez há mudanças, de cenário, aumento da plateia e a banda perto dos fãs. O jornalismo que vinha na figura do Lair Rennó veio sendo reduzido a cada cenário, mas ele e o humorista Marcos Veras continuaram no elenco do programa. No final desse mesmo ano, Veras saiu da equipe do programa para dedicar a novos projetos. Durante as férias de Fátima, o Encontro foi apresentado eventualmente por Ana Furtado, Lair Rennó, Marcos Veras, no mês de janeiro, e por Ana Furtado, Marcos Veras e Tiago Leifert, no mês de julho.

Em 2016, mais uma vez há mudanças, de cenário. O jornalismo se faz presente pelo quadro G1 em 1 minuto, onde as notícias em destaque no Brasil e no Mundo são apresentadas brevemente pelos jornalistas Mari Palma, Cauê Fabiano e Paula Paiva. Em caso de notícia de última hora, Fátima entra com a notícia durante o programa. Durante as férias de Fátima, o Encontro foi apresentado eventualmente por Ana Furtado e Felipe Andreoli, no mês de janeiro. Em novembro, a apresentadora tirou alguns dias de folga e foi substituída por Ana Furtado, Lair Rennó e Felipe Andreoli. No dia 30 de novembro, devido à uma perda familiar, a apresentadora foi substituída pelos apresentadores Lair Rennó, Felipe Andreoli e Cissa Guimarães.Em março de 2017, Felipe Andreoli deixou o programa para assumir o comando do programa Esporte Espetacular.Em 15 de junho de 2017 o repórter Manoel Soares passou a ser apresentador eventual após a saída de Andreoli.O repórter da RBS entrou para a equipe em abril de 2017.[11].[12].[13]

Equipe[editar | editar código-fonte]

Apresentadores[editar | editar código-fonte]

Apresentadores Eventuais

Ex-Apresentadores Eventuais

Elenco[editar | editar código-fonte]

Repórteres[editar | editar código-fonte]

  • Alinne Prado (2012 - 2015)
  • Gabriela Lian (desde 2012)
  • Lilia Teles (2012 - 2013)
  • Larrisa Bittencourt (2012 - 2015)
  • André Curvello (desde 2015)
  • Felipe Andreoli (2015 - 2017)
  • Manoel Soares (desde 2017)

Consultores[editar | editar código-fonte]

Consultor Ano
Fabricio Carpinejar 2014 - Presente
Viviane Mosé 2014 - Presente
Jairo Bouer 2014 - Presente
Fernando Gomes Pinto 2013 - Presente
Andrea Ramal 2013 - Presente
Ligia Guerra 2013 - Presente
Daniela Alvarenga 2014 - 2015
Luiza Possi 2014 - 2015
Moises Groisman 2013 - 2015
Branco Mello 2012 - 2014

Repercussão[editar | editar código-fonte]

Audiência[editar | editar código-fonte]

O programa de estreia concedeu a Rede Globo na Grande São Paulo 10 pontos de média e pico de 11,5 no Ibope.[14] Porém, no decorrer da semana sua audiência caiu pela metade. Na terça (26), foram 7,2 pontos; na quarta, 6,3; na quinta, 5,6 pontos de média e na sexta, 5,4.[15]

Em sua segunda semana os índices voltaram a cair, pela primeira vez desde a estreia o programa chegou a terceira colocação no IBOPE perdendo para o SBT que exibe no horário o programa infantil Bom Dia e Companhia e para o Hoje em Dia, da Record.[16].

Controvérsias[editar | editar código-fonte]

Em uma entrevista em 25 de maio de 2012 para o humorista Marcius Melhem o aposentado Humberto Maços Guimarães, de 70 anos, morreu durante a gravação do programa após um jogo de futebol sofrendo um infarto fulminante.[17][18] Após o fato o humorista pediu a direção do programa que a gravação não fosse ao ar.[19]

Prêmios e indicações[editar | editar código-fonte]

Ano Prêmio Categoria Nomeação Resultado
2012 Prêmio Extra de Televisão Estreia do Ano Encontro com Fátima Bernardes Indicado
2014 Troféu Imprensa[20] Melhor Programa de Entrevistas Indicado
Melhor Apresentadora ou Animadora de TV Fátima Bernardes Venceu
Prêmio F5 Apresentadora do Ano Fátima Bernardes Indicado
2015 Prêmio Extra de Televisão Melhor Programa Encontro com Fátima Bernardes Indicado
Melhor Apresentador Fátima Bernardes Indicado

Referências

  1. Jorge Zahar (2003). MEMÓRIA GLOBO. Dicionário da TV Globo, v.1: programas de dramaturgia & entretenimento. [S.l.]: Jorge Zahar Editor. 940 páginas. 857110722X 
  2. Andrezza Duarte (1 de dezembro de 2011). «Fátima Bernardes dá lugar a Patrícia Poeta no Jornal Nacional». Grupo Abril. Nova Cosmopolitan. Consultado em 28 de fevereiro de 2012 
  3. «Programa de Fátima Bernardes vai substituir a "TV Globinho"». iG. 5 de dezembro de 2011. Consultado em 12 de junho de 2012 
  4. «"Programa da Manhã", de Fátima Bernardes, pode ganhar novo nome; confira qual». UOL. NaTelinha. 31 de maio de 2012. Consultado em 12 de junho de 2012 
  5. Daniel Castro (30 de maio de 2012). «Repórter 'novata' desbanca veteranos e faz programa de Fátima». R7.com. Blog Daniel Castro. Consultado em 12 de junho de 2012 
  6. Keila Jimenez (11 de junho de 2012). «Comediante descoberto pela Record é aposta de novo programa de Fátima Bernardes». Grupo Folha. Outro Canal. Consultado em 12 de junho de 2012 
  7. «"Encontro com Fátima" estréia dia 25 de junho nas manhãs da Globo». Estadão. 1 de junho de 2012. Consultado em 1 de maio de 2015 
  8. Flávio Ricco; José Carlos (30 de setembro de 2012). «Globo pensou numa mulher para dirigir Fátima Bernardes». UOL. Consultado em 1 de outubro de 2012 
  9. Villalba, Patrícia (6 de fevereiro de 2013). «Humorista faz piada com demissão do 'Encontro'». Veja. Grupo Abril. Consultado em 10 de fevereiro de 2013 
  10. Daniel Castro (25 de fevereiro de 2013). «Globo escala Boninho para 'salvar' programa de Fátima Bernardes». R7.com. Noticias.r7.com 
  11. Redação (14 de abril de 2017). «Manoel Soares passa a integrar equipe do "Encontro com Fátima Bernardes"». RBS. Diário Gaúcho. Consultado em 4 de julho de 2017 
  12. Redação (10 de abril de 2017). «Manoel Soares passa a integrar time do Encontro com Fátima Bernardes». Globo.com. RBS. Consultado em 4 de julho de 2017 
  13. Redação (15 de junho de 2017). «Recém-contratado, Manoel Soares apresenta o "Encontro com Fátima Bernardes" pela primeira vez». Zero Hora. RBS. Consultado em 4 de julho de 2017 
  14. «Fátima Bernardes estreia bem e lidera com 10 pontos de audiência». Terra. Ofuxico. 25 de junho de 2012. Consultado em 25 de junho de 2012 
  15. «Quinto dia de Fátima Bernardes tem metade da audiência da estreia». Folha de S. Paulo. F5. 29 de junho de 2012. Consultado em 29 de junho de 2012 
  16. «Programa de Fátima Bernardes bate recorde negativo e fica em terceiro lugar». Folha de S. Paulo. F5. 3 de julho de 2012. Consultado em 3 de julho de 2012 
  17. «Convidado de Fátima morre após gravar». Folhapress. Paraná-Online. 26 de maio de 2012. Consultado em 12 de junho de 2012 
  18. «Homem morre em gravação do programa de Fátima Bernardes». iG. iG Gente. 25 de maio de 2012. Consultado em 12 de junho de 2012 
  19. «Aposentado morre durante gravação para o novo programa de Fátima Bernardes». UOL. NaTelinha. 25 de maio de 2012. Consultado em 12 de junho de 2012 
  20. «Veja quem venceu na 56ª edição do "Oscar da TV"; confira a lista». SBT. Consultado em 28 de abril de 2014 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]