Conde (Paraíba)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Município de Conde
Bandeira de Conde
Brasão de Conde
Bandeira Brasão
Hino
Aniversário 18 de novembro
Fundação 1963 (51 anos)
Gentílico condense
Prefeito(a) Tatiana Lundgren Correia de Oliveira (PTdoB)
(2013–2016)
Localização
Localização de Conde
Localização de Conde na Paraíba
Conde está localizado em: Brasil
Conde
Localização de Conde no Brasil
07° 15' 36" S 34° 54' 28" O07° 15' 36" S 34° 54' 28" O
Unidade federativa  Paraíba
Mesorregião Mata Paraibana IBGE/2008[1]
Microrregião João Pessoa IBGE/2008[1]
Região metropolitana João Pessoa
Municípios limítrofes João Pessoa (norte); Oceano Atlântico (leste); Pitimbu (sul) e Alhandra (oeste)[2]
Distância até a capital 37 km
Características geográficas
Área 172,949 km² [3]
População 23 554 hab. (PB: 27º) –  estimativa populacional - IBGE/2014[4]
Densidade 136,19 hab./km²
Altitude 112 m
Clima Tropical Chuvoso com verão seco As'
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,613 médio PNUD/2000[5]
PIB R$ 236 732,347 mil (PB: 11º) – IBGE/2008[6]
PIB per capita R$ 11 575,02 IBGE/2008[6]
Página oficial

Conde é um município brasileiro localizado na Região Metropolitana de João Pessoa, estado da Paraíba. Sua população em 2014 foi estimada pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) em 23.554 habitantes,[4] distribuídos em 173 km² de área.

Possui famosas praias, como Jacumã, Tabatinga, Praia do Amor, Coquerinho, Carapibus, entre outras. O município recebe vários turistas devido a praia de Tambaba. As longitudes mais orientais e litorâneas do Conde possuem dos sítios geográficos litorâneos mais atípicos, belos e endêmicos do mundo, ao contrário da zona de dunas (de imensa extensão entre o RN e o MA por exemplo), lagoas (muito comuns em AL, SC, RS e norte do RJ), morros (comuns entre o ES e SC, tal como na costa asiática do sudeste e leste), planícies (a grande maioria das praias do mundo se situam nessa sub-divergencia geofísica), etc. Isso se dá pela complexidade geoquímica única de suas falésias sedimentares, tal como morfologia bem trabalhada pelos ventos e marés, verde intenso e vívido no alto do tabuleiro, coqueirais, rochas com formas complexas esculpidas pela ação das marés e ventos numa combinação única de elementos naturais de rara beleza. Em Coqueirinho por exemplo o que mais chama atenção é o padrão geo-matemático com formas que lembram uma espiral ou mesmo um caracol num jogo de reflexão de sedimentos e correntes formando algo único e especial.

Referências

  1. a b Divisão Territorial do Brasil Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (1 de julho de 2008). Visitado em 11 de outubro de 2008.
  2. Mapa da Confedereção Nacional de Municípios.
  3. IBGE (10 out. 2002). Área territorial oficial Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Visitado em 5 dez. 2010.
  4. a b Predefinição:Ciar web
  5. Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil Atlas do Desenvolvimento Humano Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) (2000). Visitado em 11 de outubro de 2008.
  6. a b Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008 Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Visitado em 11 dez. 2010.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre municípios da Paraíba é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.