Camalaú

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Município de Camalaú
Bandeira de Camalaú
Brasão de Camalaú
Bandeira Brasão
Hino
Fundação 21 de junho de 1985
Gentílico camalauense
Prefeito(a) Jacinto Bezerra da Silva ([(DEM)])
(2009–2012)
Localização
Localização de Camalaú
Localização de Camalaú na Paraíba
Camalaú está localizado em: Brasil
Camalaú
Localização de Camalaú no Brasil
07° 53' 20" S 36° 49' 22" O07° 53' 20" S 36° 49' 22" O
Unidade federativa  Paraíba
Mesorregião Borborema IBGE/2008 [1]
Microrregião Cariri Ocidental IBGE/2008 [1]
Municípios limítrofes São João do Tigre, São Sebastião do Umbuzeiro, Monteiro, Sumé e Congo.
Distância até a capital 331 km
Características geográficas
Área 603,060 km² [2]
População 7 000 hab. IBGE/2011[3]
Densidade 11,61 hab./km²
Altitude 521[4] m
Clima semiárido com chuvas de verão[4]
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,581 baixo PNUD/2000 [5]
PIB R$ 23 222,162 mil IBGE/2008[6]
PIB per capita R$ 3 921,34 IBGE/2008[6]
Página oficial

Camalaú, município no estado da Paraíba (Brasil), localizado na microrregião do Cariri Ocidental. De acordo com o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), no ano de 2011 sua população era estimada em 7.000 habitantes. Área territorial de 603 km².

História[editar | editar código-fonte]

A fundação do povoado deu-se em 21 de junho de 1895 quando, oficialmente, Domingos Ferreira Brito e sua mulher Rosa Maria da Conceição doaram mais de dezesseis hectares de terra à Igreja Católica para a formação do Patrimônio de São José, mediante a solocitação de José Cardoso da Silva, que passou a ser considerado o fundador da cidade. A data de instalação do município ocorreu no dia 19 de março de 1962, quando houve o desmembramento de Camalaú do município de Monteiro, por força da Lei Estadual nº 2.617 de 12 de dezembro de 1961.[carece de fontes?]

Camalaú é nome de origem indígena. Poderia ter sido o nome de chefe indígena ou de um grupo de aborígines que habitava nas imediações da área onde a cidade está situada, assim como poderia ter sido, apenas, o nome da área em que residiam esses primitivos.[carece de fontes?]

Segundo alguns estudiosos, inclusive Horácio de Almeida e Coriolano Medeiros, notáveis, pesquisadores e escritores paraibanos, Camalaú seria a corruptela do tempo "Cam/B/Ara/Ú" ( Rio do Câmara, do tupi-guarani).[carece de fontes?]

Localização[editar | editar código-fonte]

Camalaú localiza-se na Mesorregião da Borborema e na Microrregião do Cariri Ocidental. Limita-se com o estado de Pernambuco e os municípios de São João do Tigre (22 km), São Sebastião do Umbuzeiro (37 km), Monteiro (35 km), Sumé (26 km) e Congo (20 km). Está distante da Capital 331,7 km,

Geografia[editar | editar código-fonte]

Relevo[editar | editar código-fonte]

O município está inserido na unidade geoambiental da Depressão Sertaneja[4] , com relevo suave ondulado.

Clima[editar | editar código-fonte]

O município está incluído na área geográfica de abrangência do semiárido brasileiro, definida pelo Ministério da Integração Nacional em 2005[7] . Esta delimitação tem como critérios o índice pluviométrico, o índice de aridez e o risco de seca.

O clima é tropical semiárido. A pluviometria média anual é de 423 mm, com período chuvoso entre novembro e abril[4] . Camalaú tem temperatura média anual oscilando em torno de 25 °C.

Vegetação[editar | editar código-fonte]

Sua vegetação predominante é a Caatinga que varia de Herbácea a Arbustiva.

Hidrografia[editar | editar código-fonte]

O município de Camalaú está situado nos domínios da bacia hidrográfica do Rio Paraíba, região do Alto Paraíba[4] .

O município de Camalaú é banhado pelo Rio da Serra ou do Espinho, onde foi construído o açude Cordeiros (já no município do Congo, mas com a maior parte das águas no município de Camalaú) e pelo Rio Paraíba ou do Meio, no qual foi construída a barragem pública de Camalaú, além de alguns riacho importantes como o da Raposa, Ipueira, Aguazinha, Craibeira, Lamarão, Pinheiro, etc.

Solo[editar | editar código-fonte]

Não cálcios, rasos, pedregosos, da era Pré-Cambriana. Predominância de rochas metamórficas e presença de quartzo leitoso na superfície.

Artesanato[editar | editar código-fonte]

O artesanato de Camalaú destaca-se pela produção da renda renascença e::

Referências

  1. a b Divisão Territorial do Brasil Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (1 de julho de 2008). Página visitada em 11 de outubro de 2008.
  2. IBGE (10 out. 2002). Área territorial oficial Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Página visitada em 5 dez. 2010.
  3. Censo Populacional 2010 Censo Populacional 2010. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (29 de novembro de 2010). Página visitada em 11 de dezembro de 2010.
  4. a b c d e Diagnóstico do Município de Camalaú Projeto águas subterrâneas. Ministério das Minas e Energia (2005). Página visitada em 17 de outubro de 2009.
  5. Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) (2000). Página visitada em 11 de outubro de 2008.
  6. a b Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008 Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Página visitada em 11 dez. 2010.
  7. Ministério da Integração Nacional, 2005. Nova delimitação do semiárido brasileiro.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre municípios da Paraíba é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.