Festival RTP da Canção

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Text document with red question mark.svg
Este artigo ou secção contém uma ou mais fontes no fim do texto, mas nenhuma é citada no corpo do artigo, o que compromete a confiabilidade das informações. (desde junho de 2011)
Por favor, melhore este artigo introduzindo notas de rodapé citando as fontes, inserindo-as no corpo do texto quando necessário.

O Festival RTP da Canção é um concurso promovido pela Rádio e Televisão de Portugal, desde 1964, com o objectivo de seleccionar uma canção para o Festival da Eurovisão.

Introdução[editar | editar código-fonte]

O Grande Prémio TV da Canção Portuguesa teve a sua estreia, no estúdio do Lumiar, na noite de 2 de Fevereiro de 1964. O objectivo era escolher, pela primeira vez, o candidato de Portugal ao Concurso Eurovisão da Canção criado em 1956.

A final contou com 12 canções, das 127 canções que se submeteram, defendidas por António Calvário, Artur Garcia, Madalena Iglésias, Simone de Oliveira, Gina Maria e Guilherme Kjolner.

A designação inicial manteve-se até 1975. Em 1976 chamou-se "Uma Canção Para A Europa" e em 1977 foi o ano de "As Sete Canções". Em 1978 adoptou o nome "Uma Canção Portuguesa".

A partir de 1979, o nome do certame fixou-se em Festival RTP da Canção.

1980 foi o ano que marcou o arranque das emissões regulares a cores da RTP. A primeira emissão foi precisamente com o Festival da Canção a 7 de Março transmitido, desde o Teatro São Luiz, ganho por José Cid.

Foram continuando as mudanças na estrutura e nos critérios de selecção. Em 1986 designou-se "Uma Canção para A Noruega", em 1988 criou-se um pré-festival denominado "Prémio Nacional de Música" e "Gostamos de Estar Consigo" foi a designação adoptada em 1990.

Durante alguns anos, a RTP seleccionou uma canção para a Eurovisão sem organizar um festival. Foi o caso de 2003, 2004 e 2005. Em 2003, a RTP seleccionou a cantora Rita Guerra e o público através de tele-voto escolheu uma entre três canções a concurso. A apresentação integrou o concurso Operação Triunfo; Em 2004, os três primeiros vencedores da Operação Triunfo apresentaram uma canção cada um e os telespectadores, por tele-voto, escolheram a melhor, defendida por Sofia Vitória; Em 2005, a RTP seleccionou uma equipa de produtores/compositores, a qual, chefiada por José da Ponte, escolheram os cantores (2B - Luciana Abreu e Rui Drummond) para cantarem a sua canção. Nos últimos anos, houve canções portuguesas consideradas fortes no concurso eurovisivo, com particular interesse a prestação de Vânia Fernandes (2008), que fizeram sonhar com posições cimeiras, mas sem sucesso.

Portugal fez um interregno em 2013, no qual um estudo, desenvolvido a partir de uma linha de investigação científica, no quadro da Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias, concluiu que "nunca houve enquadramento político e financeiro para potenciar a exportação da imagem de Portugal a nível internacional", numa investigação para apurar "Que imagem do país a televisão do Estado tem exportado através do Festival da Canção?". Apesar de algumas faltas de comparência, Portugal é "o país que participa há mais anos sem nunca ter vencido", refere o estudo, concretizando que, em 50 anos, "apenas nove canções ficaram dentro do top 10 das posições finais".

Apresentadores[editar | editar código-fonte]

Apresentadores dos votos[editar | editar código-fonte]

Vencedores[editar | editar código-fonte]

Versões[editar | editar código-fonte]

Os temas que ganharam este Festival tem sido recuperadas, ao longo do tempo, em novas leituras dessas canções.

  • -- -- *1964[5] António Calvário
  • 1964—Tony de Matos - Oração
  • 1979—Bric-a-Brac - Oração
  • 2003—Divinus - Oração
  • 2006—A Canção da Nossa Vida - Oração* -- -- *1965[7] Simone de Oliveira
  • 1965 -- Madalena Iglesias - Sol de Inverno
  • 1968—Shegundo Galarza - Sol de Inverno
  • 1979—Bric-a-Brac - Sol de Inverno
  • 1987—Lara Li - Sol de Inverno
  • 1995—Selecção Nacional - Sol de Inverno
  • 200* -- Tuna Feminina do ISEP - Sol de Inverno * ***.tufe.isep.ipp.com E.Toste
  • 200* -- Filipe Neves - Sol de Inverno
  • 200* -- Mafalda Sacchetti - Sol de Inverno
  • -- -- *1966[5] Madalena Iglesias
  • 1966—Conjunto Académico João Paulo - Ele e Ela
  • 1986—Mler Ife Dada - Ele e Ela e Eu
  • 1997—Entre Aspas - Ele e Ela
  • 2001—Orquestra Nova Harmonia - Ele e Ela
  • 2006—Rádio Clube Nora - Ele E Ela
  • 2006—A Canção da Nossa Vida - Ele e Ela
  • -- -- *1967[7] Eduardo Nascimento
  • 1967—Maria de Lourdes Resende - O Vento Mudou
  • 1967—Nicolau Breyner - O Vento Mudou
  • 1967—Grande Orquestra de Luis Gomes - O Vento Mudou
  • 1984—Delfins - O Vento Mudou
  • 1995 -- Da Vinci - O Vento Mudou
  • 2000 -- Adelaide Ferreira - O Vento Mudou
  • 2006—Rádio Clube Nora - O Vento Mudou
  • 2010—UHF - O Vento Mudou
  • -- -- *1968[3] Carlos Mendes
  • 1968 -- António Calvário - Verão
  • 1968—Mara Abrantes - Verão
  • 1968—Thilo's Combo - Verão
  • -- -- *1969[7] Simone de Oliveira
  • 1969 -- Madalena Iglesias - Desfolhada Portuguesa
  • 1969—Thilo's Combo - Desfolhada Portuguesa
  • 1969—Daniel - Desfolhada
  • 1969—Nuno Fernandes - Desfolhada
  • 1969—Maria da Nazaré - Desfolhada Portuguesa
  • 2006—Rádio Clube Nora - Desfolhada
  • 2006—A Canção da Nossa Vida - Desfolhada Portuguesa
  • 2007—Arranjo para a banda da Sociedade Filarmónica União Seixalense de Mário Barradas - Desfolhada Portuguesa
  • -- -- *1970[1] Sérgio Borges
  • 2000—Música Portuguesa - Onde Vais Rio Que Eu Canto [Instrumental]
  • -- -- *1971[7] Tonicha
  • 1971—Maria da Fé - Menina do Alto da Serra
  • 1971—Therese Steinmetz - Aan De Hand Van T*ee Geliefden [holandês]
  • 1979—Bric-a-Brac - Menina do Alto da Serra
  • 2001—Carla Ribeiro - Menino do alto da serra
  • -- -- *1972[1] Carlos Mendes
  • 1972—Shegundo Galarza - Festa da Vida
  • -- -- *1973[2] Fernando Tordo
  • 2001—Pedro Mimoso - Tourada
  • 2006—A Canção da Nossa Vida - Tourada
  • -- -- *1974[8] Paulo de Carvalho
  • 1997—Vozes da Rádio - E Depois do Adeus
  • 199* -- Miguel Angelo - E Depois do Adeus
  • 2001 -- Célia Lawson - E Depois do Adeus
  • 2003—Divinus - E Depois do Adeus
  • 2005—Paula Oliveira/Bernardo Moreira - E Depois do Adeus
  • 200* -- APMAS - E Depois do Adeus
  • 2006—Rádio Clube Nora - E Depois do Adeus
  • 2006—A Canção da Nossa Vida - E Depois do Adeus
  • 2006—Nostalgia - E Depois do Adeus
  • -- -- *1976[3] Carlos do Carmo
  • 1976—Fernando Girão - Flor de Verde Pinho
  • 1994—José Calvário - Flor de Verde Pinho
  • 2005—Paula Oliveira/Bernardo Moreira - Flor de Verde Pinho
  • -- -- *1977[2] Os Amigos
  • 1977 -- Gemini - Portugal no coração
  • 1977—Bric-a-Brac - Portugal No Coração
  • -- -- *1979[3] Manuela Bravo
  • 1979—Alice Amaro - Sobe, Sobe, Balão Sobe
  • 1996—Irmãos Catitas - Sobe, Sobe, Balão Sobe
  • 2005—Teenagers—Sobe, Sobe, Balão Sobe
  • -- -- *1981[4] Carlos Paião
  • 199* -- Ministars - Play-back
  • 2004—Nonstop - Play-Back
  • 2005—Teenagers - Playback
  • 2005—Mytie - Play-Back
  • 2008—4Taste- Play-Back
  • -- -- *1982[2] Doce
  • 2000—Suzana e as Top Girls - Bem Bom
  • 2006—Doce Mania - Bem Bom
  • -- -- *1984[1] Maria Guinot
  • 1984—Anneli Saaristo - Jos Joskus [finlandês]
  • -- -- *1986[2] Dora
  • 199* -- Ministars - Não Sejas Mau Para Mim
  • 200* -- Magui - Não Sejas Mau Para Mim
  • -- -- *1989[1]--Da Vinci
  • 1993* -- Ministars - Conquistador
  • -- -- *1991[1/2] Dulce Pontes
  • 200* -- Lusitana Paixao - Lusitana Paixao
  • 2006—A Canção da Nossa Vida - Lusitana Paixao
  • -- -- *199*[1] Sara Tavares
  • 2002—Rita [Academia de Estrelas] - Chamar A Música
  • -- -- *2002[1] Alma Lusa
  • 2002 -- José Cid - Se Eu Te Pudesse Abraçar

ligação externa: http://galanoff.fromru.com/por.html

Outras canções[editar | editar código-fonte]

Algumas das canções, apesar de não terem vencido o Festival, tornaram-se tanto ou mais conhecidas do que as que venceram.

Curiosidades[editar | editar código-fonte]

Broom icon.svg
Seções de curiosidades são desencorajadas pelas políticas da Wikipédia.
Ajude a melhorar este artigo, integrando ao corpo do texto os itens relevantes e removendo os supérfluos ou impróprios.

Alguns nomes que participaram no Festival da Canção: Marco Paulo (1967), Duo Ouro Negro (1967/1969/1974), Nicolau Breyner (1968), Mirene Cardinalli (1968) Maria da Fé (1969), Maria da Glória (1970) Lenita Gentil (1971), João Braga (1972), Mini-Pop (1973), Helena Isabel (1974/1983), Carlos Cavalheiro (1975), Jorge Palma e Fernando Girão (1975), José Mário Branco (1975), Teresa Silva Carvalho, Vera Monica e Carlos Queiros (1977), Alexandra(1979/1980/1982/1983/1985), Lena d'Água (1980), Lara Li (1980/1986), António Sala (1980/1984), Rosa do Canto (1980), Zica (1980), António Tavares Telles (1980), Fernanda de Sousa (Ágata) (1982), Broa de Mel (1982), Ana (1983), Herman José (1983), Jorge Fernando (1983), Rita Ribeiro (1984), Delfins (1985), Nelo Silva (1985),Nuno e Henrique (Feist) (1985)*, Né Ladeiras (1986), Trabalhadores do Comércio (1986), Mário Mata (1987), António Antunes (Tony Carreira) (1988), Toy (1990/1991), Afonsinhos do Condado (1990), Emanuel (1991), Paulo Brissos (1993), Teresa Radamanto (1998/2007), Sofia Barbosa (1998), Mónica Ferraz (2000/2001, vocalista dos Mesa), Marta Plantier (2007), Ricardo Soler (2008/2012), Romana (2009), Nucha, (1988/1990/2009/2010), Vanessa Silva (2007/2008/2010).

  • - Henrique Feist participa em conjunto com Vanessa Silva em 2007, e a solo em 2011. Nuno Feist é compositor de músicas para o Festival em 2007, 2008, 2010, 2011, 2012.

Eurofestival[editar | editar código-fonte]

Portugal teve como melhor posição no Festival da Eurovisão, o 6º lugar de Lúcia Moniz, em 1996, com "O Meu Coração Não Tem Cor".

Carlos Mendes (1972) e José Cid (1980) conquistaram a 7ª posição.

Em 1991, "Lusitana Paixão" de Dulce Pontes ficou em 8º lugar. O mesmo lugar foi atingido por Sara Tavares, em 1994.

O 9º foi atingido por Tonicha (1971) e Manuela Bravo (1979). Fernando Tordo (1973) e Anabela (1993) conseguiram o 10º lugar.

Outras músicas acarinhadas pelo público europeu foram as de 2008, 2009 e 2010, onde Portugal, após anos a amargar derrotas na semi-final, consegue chegar à final do certame, facto não ocorrido em 2011.

Participações portuguesas no Eurofestival[editar | editar código-fonte]

Portugal nunca venceu o Festival da Eurovisão mas, curiosamente, em 1977, o certame foi ganho pela francesa Marie Myriam, filha de pais portugueses, com "L'Oiseau et L' Enfant".

Em 2008, Vânia Fernandes com "Senhora do Mar" alcançou a final com um excelente 2º lugar na semi-final com 120 pontos, a melhor pontuação de Portugal desde que foi imposto a semi-final (só atrás da Ucrânia que pontuou 152 pontos). Na final, Vânia ficou 13º lugar com 69 pontos entre 25 países.

Em 2007, Sabrina com "Dança Comigo" 11.º lugar na Semi final com 88 pontos, entre 28 paises. Em 2006 as Nonstop alcançaram o 19.º lugar, em 2005 os 2B o 17.º lugar e em 2004 Sofia Vitória atingiu o 15.º.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências