Conduíte (DC Comics)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Conduíte foi um supervilão fictício de quadrinhos da DC Comics. Ele foi conhecido como um vilão de Superman, Kenny Braverman nasceu na cidade de Smallville. Conduíte é um dos pouquíssimos vilões a ameaçar até a identidade civil do Super. Surgiu em Superman: The Man of Steel #0

Origem[editar | editar código-fonte]

Kenny Braverman nasceu num carro no mesmo momento que a nave de Kal-El aterrissou próximo, em Smallville (veja Origem de Superman). Como a nave de Kal-El trazia uma pedra de kryptonita encrustada, o pequeno Kenny, sendo um bebê e portanto mais sensível, sofreu envenenamento por radiação. Kryptonita também afeta seres humanos, mas provocando um envenenamento lento, como Césio 137 e outras substâncias radioativas). Este é o motivo por Lex Luthor ter perdido sua mão por câncer, uma vez. Como Kal-El estava protegido pelo metal especial da nave, nada sofreu, e Johnattan Kent o retirou rapidamente do local quando a nave caiu. Kenny, entretanto, estava nascendo dentro do carro; um parto normal (com o carro quebrado), isto geralmente leva cerca de horas, tempo suficiente para envenenar Kenny.

Kenny Braverman cresceu tendo problemas de saúde aleatórios, mas sempre conseguia se recuperar. Ele foi um notável atleta durante a adolescência, mas sempre ficava em segundo pra Clark Kent (Kal-El) na escola. Esta condição, piorada por um pai que sempre exigia que o filho vencesse, deixava Kenny profundamente angustiado e ele criou ódio a Clark Kent.

Querendo descobrir sobre as mudanças que ocorriam em seu corpo, Kenny se voluntariou para ser examinado pela CIA. Lá, eles o indicaram para uma operação na França, que foi frustrada por Clark.

Tendo já desenvolvido poderes devido aos resquícios de kryptonita em seu corpo (artifício usado amplamente em diversos personagens na série Smallville), Kenny focalizou estes poderes mediante um traje hi-tech, que possuía conduítes que entravam em seu corpo (daí seu nome de guerra, Conduíte). Também usava em cada braço manoplas especiais que disparavam raios de kryptonita. Kenny eventualmente tenta matar Clark e Lois Lane, e combate Superman.

Descobrindo que Clark e Superman são a mesma pessoa, Kenny começa a aterrorizá-lo mentalmente, enviando-lhe recados com as palavras "EU SEI", e plantando bombas a fim de tentar ferir amigos e colegas de trabalho de Clark. Kenny ficou convencido, afinal, de que Clark trapaceava nos jogos durante a adolescência, usando seus poderes. A história (logo após Zero Hora) implica que Clark Kent não tinha poderes na adolescência, pois não havia acumulado energia solar suficiente, e portanto vencia nos esportes honestamente; isto contradiz praticamente cada quadrinho, desenho animado e filme, que mostra que ele já possuía alguns poderes ainda em tenra idade.

Sem outra opção, Superman tenta apagar sua identidade de Clark Kent, e viaja escondido. Conduíte, no entanto, o rastreia e o toma inconsciente. Kenny coloca Superman numa duplicata do ginásio de Smallville, com androides representando cada pessoa da escola de Smallville com a mesma idade que tinham durante sua adolescência. Os androides eram programados para exaltar Kenny, ao mesmo tempo que vaiavam Superman.

Ícone de esboço Este artigo sobre Banda desenhada da DC Comics é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.