Gibi (revista em quadrinhos)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de O Gibi)
Ir para: navegação, pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Este artigo é sobre a revista de história em quadrinhos chamada Gibi. Para história em quadrinhos em geral, veja Revista em quadrinhos.

Gibi foi o título de uma revista brasileira de história em quadrinhos, cujo lançamento ocorreu em 1939. Graças a ela, no Brasil o termo gibi tornou-se sinônimo de "revista em quadrinhos" (banda desenhada, em Portugal). Na época, Gibi significava moleque, negrinho, porém, com o tempo a palavra passou a ser associada a revistas em quadrinhos e, desde então, virou uma espécie de "sinônimo".[1]

Era publicada pelo Grupo Globo, como concorrente da revista Mirim de Adolfo Aizen. Este editor, futuro fundador da EBAL, foi o pioneiro dos quadrinhos publicados como suplemento de jornal no Brasil (ideia que retirara de uma viagem aos Estados unidos), com o seu Suplemento Juvenil que acompanhava o jornal "A Nação". Mais tarde, o jornal O Globo copiou a ideia e lançou um suplemento chamado O Globo Juvenil.[2]

O Gibi teve originalmente em suas páginas tiras diárias e pranchas dominicais[3] Charlie Chan Brucutu, Ferdinando (ou Família Buscapé)[4] e vários outros personagens das histórias em quadrinhos.

No ano de 1974 a antiga Rio Gráfica Editora (atualmente conhecida como Editora Globo) teve a iniciativa de relançar nas bancas brasileiras a revista Gibi.

Em outubro de 1993, a Editora Globo lançou outra revista com um título homônimo.[5] A editora publicava periodicamente alguma revista com o título para não perder os direitos sobre ele.

Ver Também[editar | editar código-fonte]

Referências[editar | editar código-fonte]

Notas
  1. Marcelo Naranjo. «Gibi Semanal». Universo HQ. Consultado em 12 de maio de 2010 
  2. Sidney Gusman. «A Guerra dos Gibis». Universo HQ. Consultado em 12 de maio de 2010 
  3. Nobu Chinen. «Um Almanaque que não está mais no Gibi». Universo HQ 
  4. Alex Medeiros (17 de setembro de 2009). «75 anos de Ferdinando». Jornal de Hoje. Consultado em 5 de novembro de 2009 
  5. Thiago Rique. «Gibi 1 - O Casamento do Fantasma». Universo HQ. Consultado em 12 de maio de 2010 
Web

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

  • Gibi no site Memória Marinho
Wikcionário
O Wikcionário possui o verbete gibi.
Ícone de esboço Este artigo sobre banda desenhada é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.