XV Governo Constitucional de Portugal

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Governos Constitucionais
da Terceira República Portuguesa

Coat of arms of Portugal.svg

O XV Governo Constitucional tomou posse a 6 de abril de 2002, na sequência das eleições de 17 de março de 2002.

Chefiado pelo Primeiro-Ministro Durão Barroso, foi formado por um acordo de incidência parlamentar entre o PSD e o PP (dirigido por Paulo Portas, que ocupou o cargo de Ministro da Defesa).

O XV Governo terminou o seu mandato a 17 de julho de 2004, devido à demissão do Primeiro-Ministro, entretanto designado Presidente da Comissão Europeia.

Composição[editar | editar código-fonte]

A sua constituição era a seguinte:[1]

Cargo Detentor Partido Período
Primeiro-ministro José Manuel Durão Barroso PSD 6 de abril de 2002 a 17 de julho de 2004
Ministra de Estado e das Finanças Manuela Ferreira Leite PSD 6 de abril de 2002 a 17 de julho de 2004
Ministro de Estado e da Defesa Nacional Paulo Portas PP 6 de abril de 2002 a 17 de julho de 2004
Ministro dos Negócios Estrangeiros e das
Comunidades Portuguesas
António Martins da Cruz PSD 6 de abril de 2002 a 9 de outubro de 2003
Teresa Gouveia PSD 9 de outubro de 2003 a 17 de julho de 2004
Ministro da Administração Interna António Figueiredo Lopes PSD 6 de abril de 2002 a 17 de julho de 2004
Ministra da Justiça Celeste Cardona PP 6 de abril de 2002 a 17 de julho de 2004
Ministro da Presidência Nuno Morais Sarmento PSD 6 de abril de 2002 a 17 de julho de 2004
Ministro dos Assuntos Parlamentares Luís Marques Mendes PSD 6 de abril de 2002 a 17 de julho de 2004
Ministro Adjunto do Primeiro-ministro José Luís Arnaut PSD 6 de abril de 2002 a 17 de julho de 2004
Ministro da Economia Carlos Tavares PSD 6 de abril de 2002 a 17 de julho de 2004
Ministro da Agricultura, do Desenvolvimento
Rural e das Pescas
Armando Sevinate Pinto PP 6 de abril de 2002 a 17 de julho de 2004
Ministro da Educação David Justino PSD 6 de abril de 2002 a 17 de julho de 2004
Ministro da Ciência e Ensino Superior Pedro Lynce PSD 6 de abril de 2002 a 6 de outubro de 2003
Graça Carvalho PSD 6 de outubro de 2003 a 17 de julho de 2004
Ministro da Cultura Pedro Roseta PSD 6 de abril de 2002 a 17 de julho de 2004
Ministro da Saúde Luís Filipe Pereira PSD 6 de abril de 2002 a 17 de julho de 2004
Ministro da Segurança Social e do Trabalho António Bagão Félix Independente 6 de abril de 2002 a 17 de julho de 2004
Ministro das Obras Públicas, Transportes
e Habitação
Luís Valente de Oliveira PSD 6 de abril de 2002 a 5 de abril de 2003
António Carmona Rodrigues Independente 5 de abril de 2003 a 17 de julho de 2004
Ministro das Cidades, Ordenamento
do Território e Ambiente
Isaltino Morais PSD 6 de abril de 2002 a 5 de abril de 2003
Amílcar Theias PSD 5 de abril de 2003 a 21 de maio de 2004
Arlindo Cunha PSD 21 de maio de 2004 a 17 de julho de 2004

Galeria[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Guimarãis, Alberto Laplaine; Ayala, Bernardo Diniz de; Machado, Manuel Pinto; António, Miguel Félix. Os Governos da República: 1910–2010. Lisboa: Edição dos autores. Capítulo: XV Governo Constitucional. , p. 511–516. ISBN 978-989-97322-0-9

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre Portugal é um esboço relacionado ao Projeto Portugal. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.