Apoenzima

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Tango-nosources.svg
Esta página não cita nenhuma fonte ou referência (desde dezembro de 2011)
Ajude a melhorar este artigo providenciando fontes confiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto ou em notas de rodapé. Pode encontrar ajuda no WikiProjeto Química.

Se existir um WikiProjeto mais adequado, por favor corrija esta predefinição.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

Apoenzima (ou apoproteína) é a parte proteíca de uma holoenzima.

Uma enzima (biocatalizadora vital) é constituída de duas partes: a apoenzima, que é a parte proteíca e a coenzima, que é a parte não-proteíca. O conjunto completo chama-se holoenzima.

O bom funcionamento do organismo se deve ao fato de que algumas coenzimas terem a habilidade de se separarem de suas respectivas apoenzimas e operar funções específicas. O exemplo mais conhecido para este fato é o NAD e o FAD, ambas coenzimas de holoenzimas desidrogenases que, ao capturarem hidrogênio, separam-se da apoenzima para terem importante função no ciclo de Krebs.

Ícone de esboço Este artigo sobre Bioquímica é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.