Boku no Hero Academia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de My Hero Academia)
Boku no Hero Academia
僕のヒーローアカデミア
Boku no Hīrō Akademia
Capa do primeiro volume japonês do mangá, mostrando Midoriya Izuku, All Might e alguns heróis da franquia ao fundo, em vermelho.
Informações gerais
Gêneros Ação, fantasia científica, comédia dramática, super-herói
Mangá
Boku no Hero Academia
Escrito e ilustrado por Kōhei Horikoshi
Editoração Japão Shueisha
Editoração lusófona Brasil Editora JBC
Portugal Editora Devir
Impressão Japão Jump Comics
Revistas Japão Weekly Shōnen Jump
Demografia Shōnen
Período de publicação 7 de julho de 2014 – Presente
Volumes 32 (lista de volumes)
Mangá
Boku no Hero Academia: Smash
Escrito por Kohei Horikoshi
Ilustrado por Hirofumi Neda
Editoração Japão Shueisha
Editoração lusófona Brasil Editora JBC
Revistas Japão Shōnen Jump +
Demografia Shōnen
Período de publicação 9 de novembro de 2015 – 6 de novembro de 2017
Volumes 5
Anime
Boku no Hero Academia
Produção TOHO, Shueisha, Dentsu, Movic, MBS (1ª temp.)
YTV e Sony Music Entertainment (2ª temp.)
Direção Kenji Nagasaki (1ª a 3ª temp.)
Masahiro Mukai (4ª temporada)
Roteiro Yōsuke Kuroda
Música Yuki Hayashi
Estúdio de animação Japão Bones
Distribuição/
Licenciamento
Estados UnidosBrasil Funimation (VOD)
Portugal VIZ Media Europe (TV e VOD ) e Netflix (VOD)
Portugal Selecta Visión (DVD/Blu-Ray)
Emissoras de televisão originais
Período de exibição 3 de abril de 2016 – Presente
Episódios 113(lista de episódios) + 5 OVAs
Light novel
Boku no Hero Academia: Yūei Hakusho
Escrita por Anri Yoshi
Ilustrada por Kōhei Horikoshi
Editoração Japão Shueisha
Impressão Japão JUMP j-BOOKS
Demografia Shōnen
Período de publicação 4 de abril de 2016 – Presente
Volumes 6
Jogo
Boku no Hero Academia: Battle for All
Desenvolvimento Japão Dimps
Distribuição/
Licenciamento
Japão Bandai Namco Entertainment
Plataformas Nintendo 3DS
Data de lançamento Japão 19 de maio de 2016
Mangá
Vigilante: Boku no Hero Academia Illegals
Escrito por Hiyuki Furuhashi
Ilustrado por Betten Court
Editoração Japão Shueisha
Editoração lusófona Brasil Editora JBC
Revistas Japão Shōnen Jump +
Japão Shōnen Jump GIGA
Demografia Shōnen
Período de publicação 20 de agosto de 2016 – Presente
Volumes 11
Jogo
Boku no Hero Academia: One's Justice
Desenvolvimento Byking Inc.
Distribuição/
Licenciamento
Bandai Namco Entertainment
Plataformas Microsoft Windows, PlayStation 4, Xbox One, Nintendo Switch
Data de lançamento Japão 23 de agosto de 2018
Mundial 26 de outubro de 2018[3]
Filme
Boku no Hero Academia THE MOVIE: Futari no Hero
My Hero Academia – 2 Heróis[4] (BRA)
Produção TOHO, Shueisha
Direção Kenji Nagasaki
Roteiro Yōsuke Kuroda
Música Yuki Hayashi
Distribuição/
Licenciamento
Estados Unidos Funimation
Brasil Sato Company
Estúdio de animação Japão Bones
Data de lançamento Estados Unidos 5 de julho de 2018
Japão 3 de agosto de 2018
Brasil 8 de agosto de 2019
Duração 97 minutos
Mangá
Boku no Hero Academia: Team Up Mission
Escrito e ilustrado por Yōkō Akiyama
Editoração Japão Shueisha
Revistas Japão Shōnen Jump GIGA (prólogo)
Japão Saikyō Jump
Período de publicação 25 de julho de 2019 – Presente
Filme
Boku no Hero Academia THE MOVIE: Heroes Rising
Produção My Hero Academia The Movie Production Committee (TOHO, Yomiuri TV, Shueisha, Bones, Nippon TV, Dentsu, Sony Music Entertainment, Movic)
Direção Kenji Nagasaki
Roteiro Yōsuke Kuroda
Música Yuki Hayashi
Distribuição/
Licenciamento
Estados Unidos Funimation
Brasil Sato Company
Portugal Selecta Vision (Licenciamento)
Portugal Big Picture Films (Distribuição)
Estúdio de animação Japão Bones
Data de lançamento Japão 20 de dezembro de 2019
Portugal 10 de setembro de 2020
Brasil 15 de outubro de 2020
Duração 104 minutos
Jogo
Boku no Hero Academia: One's Justice 2
Desenvolvimento BYKING
Distribuição/
Licenciamento
Bandai Namco Entertainment
Plataformas Microsoft Windows, PlayStation 4, Xbox One, Nintendo Switch
Data de lançamento Mundial12 de março de 2020
Wikipe-tan face.svg Portal Animangá

Boku no Hero Academia (ぼくのヒーローアカデミア Boku no Hīrō Akademia?, lit. "Minha Academia de Heróis"), também conhecido como My Hero Academia no ocidente, é uma série de mangá escrita e ilustrada por Kōhei Horikoshi. Os capítulos do mangá são publicados na revista Weekly Shōnen Jump desde julho de 2014,[5] sendo compilados em volumes formato tankōbon pela editora Shueisha. A série é licenciada e publicada no Brasil pela editora JBC e em Portugal pela Editora Devir.

A história segue Izuku Midoriya, um menino que nasceu sem individualidade em mundo que é normal tê-las, mas mesmo assim sonha em se tornar um super-herói.Cap. 1 Após ajudar o maior herói do mundo, que fica fraco depois de um tempo por causa de um ferimento, a capturar um vilão, este compartilha os seus poderes, o One for All, com Izuku depois de reconhecer o seu valor e o ajuda a se matricular em uma escola para heróis em formação (a U.A).Cap. 1, 2

O mangá foi adaptado em uma série de anime produzida pelo estúdio Bones; a primeira temporada foi ao ar entre 3 de abril e 26 de junho de 2016;[6] a segunda temporada estreou em abril de 2017;[7] a terceira temporada estreou em 7 de abril de 2018;[8] a quarta temporada estreou em outubro de 2019 e quinta temporada está confirmada para 2021.[9][10]

Em 23 de dezembro, o canal brasileiro Loading anunciou a exibição do anime na TV para janeiro de 2021, sendo o primeiro canal de TV e TV aberta do Brasil a transmitir.[11]

Enredo[editar | editar código-fonte]

Em um mundo onde 80% da população mundial possuem super poderes, o tímido estudante Midoriya Izuku teve a infelicidade de nascer sem poderes.Cap. 1 Grande fã do sorridente All Might, o herói conhecido como o símbolo da paz, Izuku, sofre com a frustração de saber que jamais terá uma individualidade especial para que possa se tornar, assim como seu grande ídolo, em um defensor dos fracos e oprimidos.[12]

Mesmo sofrendo bullying por seus amigos de escola, como o arrogante Katsuki, o garoto nunca abandonou o herói existente dentro de si. Gentil e generoso, ele está sempre pronto a ajudar quem precisa.[12]

Porém, um inesperado encontro irá mudar o destino de Izuku. Destino esse que o levará a ingressar no tão sonhado colégio U.A., instituição para onde os grandes heróis vão estudar e treinar. A partir daí, as cortinas de uma fantástica aventura repleta de personagens cativantes e temerosos vilões se abrem para o jovem Midoriya.[12]

Mídias[editar | editar código-fonte]

Mangás[editar | editar código-fonte]

Boku no Hero Academia é uma série de mangá é escrita e ilustrada por Kōhei Horikoshi. E começou a ter os seus capítulos serializados na revista semanal Weekly Shōnen Jump em julho de 2014, com os capítulos da série sendo compilados e publicados pela editora Shueisha em volumes de formato tankōbon.[7] No Brasil, o mangá é licenciado e publicado pela editora JBC desde outubro de 2016.[13] Em Portugal, o mangá é publicado pela Editora Devir desde 26 de outubro de 2018.

Publicado no Japão em novembro de 2015, o spin-off Boku no Hero Academia Smash!! (僕のヒーローアカデミアすまっしゅ!! Boku no Hīrō Akademia Sumasshu!!?) apresenta em cada volume um conjunto de tirinhas cômicas com os personagens estilizados no formato reduzido chibi, finalizado com 5 volumes com cerca de 128 paginas cada.[14] No Brasil, o mangá é licenciado e distribuído pela editora JBC.

Outro spin-off, Vigilante: Boku no Hero Academia Illegals (ヴィジランテ-僕のヒーローアカデミア ILLEGALS Vijirante: Boku no Hīrō Akademia ILLEGALS?) é um mangá lançado de forma quinzenal no Japão desde setembro de 2016, contando a história de um grupo de heróis sem licença, Vigilantes.[15] No Brasil, o mangá é licenciado e distribuído pela editora JBC.[16]

Revelada na edição da semana 14 de julho de 2019 na Weekly Shōnen Jump, o terceiro spin-off da franquia, Boku no Hero Academia: Team-Up Missions (僕のヒーローアカデミア チームアップミッション Boku no Hīrō Akademia: Chīmu Appu Misshon?) estreou em 25 de julho de 2019 na revista Jump Giga, as demais edições foram publicadas pela revista Saikyou Jump, a partir do dia 2 de agosto de 2019, ambas da editora Shueisha. Este mangá comemora os cinco anos da série principal.[17]

Com o lançamento do filme Boku no Hero Academia THE MOVIE: Futari no Hero (僕のヒーローアカデミア THE MOVIE ~2人の英雄~ Boku no Hīrō Academia THE MOVIE: Futari no Hīrō?), em maio de 2019 o mangá, canônico, desenvolvido por Yosuke Kuroda, foi publicado pela Homesha, subsidiaria da Shueisha, com o mesmo nome do longa.[18]

O longa-metragem Heros Rising receberá também o seu mangá, intitulado Boku no Hero Academia Vol. Rising (僕のヒーローアカデミア Vol. Rising?), limitado para 1 milhão de pessoas do Japão, que foi assistir nos cinemas o filme, contendo histórias originais desenhadas pelo Kohei Horikoshi.[19]

Anime[editar | editar código-fonte]

Em 29 de outubro de 2015, o twitter oficial da série anunciou que Boku no Hero Academia iria receber uma adaptação em uma série de anime produzida pelo estúdio Bones.[20] Com o anime anunciado, TOHO Group registrou o nome do domínio "heroaca.com" como o site do anime.[21] O anime é dirigido por Kenji Nagasaki, escrito por Yōsuke Kuroda, e o desenho dos personagens por Yoshikiko Umakoshi e a música composta por Yuki Hayashi.[22][23] A primeira temporada estreou na MBS e outras estações de televisão da Japan News Network no Japão.

A segunda temporada do anime foi anunciada na 30ª edição da revista Weekly Shōnen Jump de 2016.[7] Estreou em 1 de abril de 2017 nos canais NTV e YTV.[24]

Revelado pela capa do mangá e spin-off da franquia, "Vigilante: Boku no Hero Academia Illegals"[25] a terceira temporada do anime foi estreada no dia 07 de abril de 2018, com a mesma equipe de produção da primeira e segunda temporada. Segundo a plataforma de streaming de animes, Crunchyroll, em 2018 a terceira temporada do anime foi o título mais visto na maioria dos países da América do Sul.[26]

A quarta temporada do anime, anunciado em seu site oficial teve sua estreia no, Japão, dia 12 de outubro de 2019.[9]

Anunciada na 18ª edição da revista Weekly Shōnen Jump em abril de 2020,[27] e no final do episódio 88 do anime,[28] a quinta temporada do anime foi anunciada com mesmo elenco e equipe, para abril de 2021.[10]

No Brasil, o anime está no catálogo da Funimation Brasil junto com lançamento da plataforma a 18 de novembro de 2020, com dublagem em português brasileiro, e é exibido desde 13 de janeiro de 2021 na Loading.[29]

Em Portugal, o anime é exibido no Biggs, desde o dia 8 de julho de 2019, com dobragem portuguesa.[30] Em 1 de dezembro de 2020, passou a ser disponível no catálogo da Netflix.[31]

Em ambos os países somente a quarta temporada está disponível, legendado, na Crunchyroll.[32][33][34]

Light Novels[editar | editar código-fonte]

A primeira light novel da franquia, intitulada Boku no Hero Academia: UA Hakusho (僕のヒーローアカデミア 雄英白書 Boku no Hīrō Akademia Yūei Hakusho?), foi publicada em 4 de abril de 2016, atualmente tem 4 volumes distribuídos com cerca de 250 páginas cada. A história se passa após os eventos do "arco assassino de heróis", explorando as interações dos alunos durante o ano letivo. Até o momento não há previsão de publicação nos países lusófonas.[35]

Jogos[editar | editar código-fonte]

Um jogo eletrônico chamado Boku no Hero Academia: Battle for All (僕のヒーローアカデミア バトル・フォー・オール Boku no Hīrō Akademia Batoru Fō Ōru?), baseado no anime foi anunciado em novembro de 2015.[36] O jogo foi desenvolvido pela Bandai Namco Studios e publicado pela Bandai Namco Entertainment para o Nintendo 3DS. Foi lançado somente para o Japão em 19 de maio de 2016.[37]

Além de Battle for All, Boku no Hero Academia: One's Justice (僕のヒーローアカデミア One's Justice Boku no Hīrō Akademia Wanzu Jasutisu?) é um jogo de luta em 3D baseado nas duas primeiras temporadas do anime, lançado em 23 de agosto de 2018 no Japão e em 26 de outubro do mesmo ano no ocidente. Desenvolvido pela Byking em parceria com a Bandai Namco para PC, PlayStation 4, Nintendo Switch e Xbox One, é o primeiro jogo da franquia a sair para consoles de mesa.[38]

Em 3 de outubro de 2019 a Bandai Namco Entertainment em seu canal do youtube revelou a continuação de One's Justice, chamado One's Justice 2 lançado em 12 de março de 2020 para todo o mundo.[39][40][41]

Além desses jogos, os personagens Izuku Midoriya, All Might, Katsuki Bakugo e Shoto Todoroki estão presente no jogo Jump Force, um jogo de luta com alguns dos personagens da Shonen Jump.[42][43][44][45]

Filmes[editar | editar código-fonte]

Futari no Hero[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: My Hero Academia: Two Heroes

O primeiro longa-metragem da franquia intitulado Boku no Hero Academia THE MOVIE: Futari no Hero (僕のヒーローアカデミア THE MOVIE ~2人の英雄~ Boku no Hīrō Academia THE MOVIE: Futari no Hīrō?) e como My Hero Academia: Two Heroes no ocidente, sua história canônica situa-se entre a segunda e terceira temporada do anime, estreando nos Estados Unidos lançando durante a Anime Expo em 05 de julho de 2018, e no cinemas japoneses no dia 03 de agosto de 2018,[46] arrecadando 1,6 bilhões de ienes, o longa recebeu sua versão para DVD e Blu-ray no Japão em 13 de fevereiro de 2019.[47]

O filme chegou aos cinemas brasileiros através da Sato Company,[48] dublado, pelo estúdio Unidub, e legendado em português brasileiro, intitulada primeiramente de Academia de Heróis: Dois Heróis mas voltando para My Hero Academia: 2 Heróis,[49] tendo sua estreia, com sessões limitadas, nos dias 8 a 21 de agosto de 2019.[50][51] No total, em 188 sessões, o longa obteve o lucro pelo país de 324 mil reais, e com o publico total de 18.623 ingressos vendidos, durante a primeira semana da sua estreia.[52]

Heroes: Rising[editar | editar código-fonte]

O segundo longa-metragem da franquia, intitulada Boku no Hero Academia: The Movie – HEROES: RISING (僕のヒーローアカデミア THE MOVIE ヒーローズ:ライジング Boku no Hīrō Akademia THE MOVIE Hīrōzu: Raijingu?), foi confirmado durante a Anime Japan 2019, sua história canônica, manterá a mesma equipe de produção do anime e terá Kohei Horikoshi responsável pelos designs e supervisão do filme. Sua estreia, revelada por um pôster da revista Weekly Shōnen Jump, para os cinemas japoneses foi no dia 20 de dezembro de 2019.[53][54] A versão de DVD e Bluray serão lançadas em 15 de julho de 2020, no Japão.[55]

O filme iria chegar aos cinemas portugueses no dia 19 de março de 2020, através da Big Picture Films, sendo intitulada de My Hero Academia: A Ascensão dos Heróis,[56][57] mas devido a pandemia da COVID-19 seu lançamento foi adiado sem data definida.[58] Mais tarde, definiu-se uma nova data definida para a estreia do filme no dia 10 de setembro de 2020.[59]

No Brasil a distribuição ficou, novamente, com a Sato Company, com a previsão para 14 de outubro mas estreando no dia 15 de outubro de 2020.[60][61][62][63][64][65] Mantendo o mesmo elenco de dubladores principais do primeiro filme, e com algumas vozes inéditas,[61][62] dublado, desta vez, no estúdio Dublavídeo e sendo lançado diretamente para os mesmos serviços de streaming do primeiro longa.[61][62][63][66]

Live-Action[editar | editar código-fonte]

A produtora Legendary Pictures está trabalhando em um filme live-action americano baseado no mangá, sem previsão de data para estreia.[67]

Recepção[editar | editar código-fonte]

Popularidade[editar | editar código-fonte]

A história tem sido observada por ter inspirações de elementos tiradas em histórias em quadrinhos de super-heróis, tais como a estética de seus personagens,[68] devido à popularidade da série, personagens da Boku no Hero Academia foram usados ​​para promover o filme da Marvel Studios Avengers: Infinity War[69]. Antes da estreia da adaptação em anime, o mangaká Masashi Kishimoto elogiou o trabalho de Kōhei Horikoshi, acreditando que seria um sucesso no exterior; Horikoshi, por sua parte, citou a série de Kishimoto Naruto como principal fonte de inspiração.[70]

Segundo a plataforma de streaming de animes, Crunchyroll, em 2018 a terceira temporada do anime foi o título mais visto na maioria dos países da América do Sul.[26]

Vendas[editar | editar código-fonte]

O volume 1 alcançou o 7º lugar no gráfico semanal de vendas de mangás da Oricon com 71.575 cópias vendidas.[71] A primeira impressão do mangá fora do Japão esgotou rapidamente.[72] O volume 2 alcançou o sexto lugar com 167.531 cópias e,[73] em 18 de janeiro de 2015, vendeu 205.179 cópias.[74] A partir de março de 2017, havia mais de 10 milhões de cópias de Boku no Hero Academia em circulação.[75] Em agosto de 2018, o mangá tinha mais de 16 milhões de cópias impressas.[76] Em dezembro de 2018, o mangá tinha mais de 20 milhões de cópias impressas.[77] Em dezembro de 2019, o mangá tinha mais de 26 milhões de cópias impressas.[78] Boku no Hero Academia foi o 6º mangá mais vendido em 2019.[79] Em 2019, Boku no Hero Academia ocupou a 37ª posição na 19ª lista "Livro do Ano" da revista Da Vinci.[80]

Indicações e Prêmios[editar | editar código-fonte]

O mangá foi nomeado para o 36º Manga Taishō.[81]

No Crunchyroll Anime Awards 2016 Izuku "Deku" Midoriya,[82] venceu a categoria de herói do ano, no mesmo evento o anime foi indicado para vilão do ano (Tomura Shigaraki),[83] best boy (Izuku "Deku" Midoriya),[84] best girl (Ochako Uraraka),[85] melhor cena de luta (Deku vs. Kacchan Ep. 7) e melhor anime de ação.[86][87][88]

No Crunchyroll Anime Awards 2017 Ochako Uraraka, venceu a categoria best girl, Shoto Todoroki como best boy, Stain como melhor vilão, Izuku "Deku" Midoriya, novamente como de herói do ano, e em geral o anime venceu como melhor gênero de ação e tema de abertura (Kenshi Yonezu - Peace Sign (ピースサイン?)). No mesmo evento Tsuyu Asui concorreu também a best girl, e a animação foi indicado ao anime do ano.[89][90]

No Crunchyroll Anime Awards 2018/19 o anime em sua terceira temporada teve como vencedores nas categorias best boy (Izuku Midoriya), melhor antagonista (All For One), e melhor filme (Boku no Hero Academia THE MOVIE: Futari no Hero), também Christopher Sabat dublador inglês do All Might conquistou o premio de melhor dublador/a (Inglês).[91][92]

No Crunchyroll Anime Awards 2020 a quarta temporada foi indicado a categoria de melhor antagonista, Overhaul, mas perdeu para Isabella de Yakusoku no Neverland.[93]

Críticas[editar | editar código-fonte]

Nick Creamer, da Anime News Network, classificou o primeiro volume como nota B. Creamer considerou que a série usa a fórmula clássica de outras séries da Weekly Shōnen Jump , mas destacou sua arte, descrevendo-a como "detalhada, angular e tremendamente consistente" e elogiou a forma como a história aplica "autoconsciência" aos clássicos tropos de super-heróis. Ele chamou a história de "absolutamente profissional" e concluiu; "Não vai te surpreender, e até agora os personagens não estão exatamente saltando das páginas, mas é rápido, divertido e bem desenhado. É um trabalho maduro de um profissional que claramente conhece seu ofício."[94]

Barnes & Noble listou Boku no Hero Academia em sua lista de "Nossos mangás favoritos de 2018".[95]

Alex Osborn do IGN deu pontos positivos para a série de anime, dizendo: "A primeira temporada de Boku no Hero Academia oferece treze episódios de uma ação fantástica, elevada por uma história sincera que está envolvida em torno de um elenco central de personagens memoráveis e relacionáveis." Osborn passou a afirmar que os vilões eram subdesenvolvidos.[96]

Banimento[editar | editar código-fonte]

No início de 2020, a série causou polêmica nos países da Coréia do Sul e China por causa do nome de um personagem que supostamente referencia a Unidade 731,[97] uma unidade secreta do exército imperial japonês que fazia experimentos químicos e biológicos em chineses, coreanos e russos capturados durante a segunda guerra. Em resposta, o mangá foi removido das plataformas digitais na China, e o nome do personagem foi alterado.[98][99]

Notas[editar | editar código-fonte]

  • "Cap." é a forma abreviada da palavra capítulo e se refere ao número de um capítulo do mangá Boku no Hero Academia publicado pela Shueisha.

Referências

  1. «My Hero Academia Anime to Air in MBS/TBS' 'Nichigo' Timeslot» (em inglês). Anime News Network. 10 de janeiro de 2017. Consultado em 9 de julho de 2017 
  2. «My Hero Academia Season 2 Anime to Air on NTV, YTV» (em inglês). Anime News Network. 22 de dezembro de 2016. Consultado em 9 de julho de 2017 
  3. «GAME DE BOKU NO HERO, MY HERO ONE'S JUSTICE, RECEBE DATA DE LANÇAMENTO». IGN. 5 de julho de 2018 
  4. «MY HERO ACADEMIA – DOIS HERÓIS». AdoroCinema.com. Consultado em 18 de agosto de 2019 
  5. «Shonen Jump to Launch 4 Manga Series in Next 3 Issues» (em inglês). Anime News Network. 25 de junho de 2014. Consultado em 1 de julho de 2016 
  6. «My Hero Academia TV Anime Adaptation Confirmed» (em inglês). Anime News Network. 29 de outubro de 2015. Consultado em 1 de julho de 2016 
  7. a b c «My Hero Academia Anime Gets 2nd Season» (em inglês). Anime News Network. 23 de junho de 2016. Consultado em 1 de julho de 2016 
  8. «3ª temporada de Boku No Hero Academia recebe data de lançamento». IGN Brasil. 31 de janeiro de 2018 
  9. a b Walker_n_Warlock. «Quarta temporada de My Hero Academia ganha data de estreia e nova imagem promocional». Crunchyroll. Consultado em 14 de junho de 2019 
  10. a b «My Hero Academia Anime's 5th Season's Promo Video, Visual Reveal Spring 2021 Debut». Anime News Network (em inglês). Consultado em 3 de outubro de 2020 
  11. «Boku no hero na Loading • Instagram». www.instagram.com. Consultado em 24 de dezembro de 2020 
  12. a b c «My Hero Academia - História». Mangás JBC. Consultado em 29 de janeiro de 2019 
  13. «My Hero Academia #01 - Mangás JBC». Mangás JBC. 23 de setembro de 2016 
  14. Stagni, Por Thais (29 de outubro de 2017). «JBC anuncia mangá spin-off de My Hero Academia no Brasil». IGN Brasil. Consultado em 29 de janeiro de 2019 
  15. «5 motivos para ler "Vigilante: Boku no Hero Academia Illegals"». 5 motivos para ler "Vigilante. Consultado em 29 de janeiro de 2019 
  16. TekeEfe. «O spin-off mais esperado! Vigilante - My Hero Academia Illegals será lançado no Brasil pela JBC». Crunchyroll. Consultado em 27 de setembro de 2019 
  17. Walker_n_Warlock. «My Hero Academia ganha novo mangá spin-off». Crunchyroll. Consultado em 15 de julho de 2019 
  18. «劇場版アニメコミックス「僕のヒーローアカデミア THE MOVIE ~2人の英雄~」 – ホーム社» (em japonês). Consultado em 12 de outubro de 2019 
  19. «『僕のヒーローアカデミア THE MOVIE ヒーローズ:ライジング』公式サイト». 『僕のヒーローアカデミア THE MOVIE ヒーローズ:ライジング』公式サイト (em japonês). Consultado em 12 de outubro de 2019 
  20. «Boku No Hero Academia TV Anime Adaption Announced» (em inglês). OtakuTale. Consultado em 1 de julho de 2016 
  21. «Boku no Hero Academia TV Anime Adaptation Announced - Otaku Tale». www.otakutale.com. Consultado em 1 de julho de 2016 
  22. «My Hero Academia TV Anime's Main Staff Revealed» (em inglês). Anime News Network. 5 de novembro de 2015. Consultado em 1 de julho de 2016 
  23. «My Hero Academia Anime's 4th Promo Video Previews Animation» (em inglês). Anime News Network. 28 de fevereiro de 2016. Consultado em 1 de julho de 2016 
  24. «Latest "My Hero Academia" Anime Cast Addition And Plans Spotted» (em inglês). Crunchyroll. 2 de fevereiro de 2017. Consultado em 9 de julho de 2017 
  25. Osborn, Por Alex (31 de janeiro de 2018). «3ª temporada de Boku No Hero Academia recebe data de lançamento». IGN Brasil. Consultado em 24 de janeiro de 2019 
  26. a b «My Hero Academia é o anime mais assistido no Brasil em 2018 na Crunchyroll - NerdBunker». Jovem Nerd. Consultado em 24 de janeiro de 2019 
  27. «Boku no Hero: Vazamento confirma Temporada 5 do anime». 2 de abril de 2020 
  28. Portuga. «PLUS ULTRA! Quinta temporada de My Hero Academia é anunciada» 
  29. «Funimation já está disponível no Brasil». TGN Brasil. 18 de novembro de 2020. Consultado em 22 de novembro de 2020 
  30. «My Hero Academia». BIGGS. Consultado em 11 de julho de 2019 
  31. «My Hero Academia | Netflix». 1 de dezembro de 2020 
  32. «Novo Título de Verão 2017: Boku no Hero Academia». Crunchyroll. 9 de julho de 2017. Consultado em 9 de julho de 2017 
  33. portugassis2. «Novo Título de Outono 2019: My Hero Academia Season 4 chega à nossa comunidade de Portugal». Crunchyroll. Consultado em 16 de novembro de 2019 
  34. «Boku no Hero é removido do Crunchyroll». Cabana do Leitor. 13 de julho de 2020. Consultado em 15 de julho de 2020 
  35. Simões, João (23 de julho de 2018). «o Academia UA Hakusho - Light Novels chegam ao Ocidente». ptAnime. Consultado em 21 de setembro de 2020 
  36. «My Hero Academia Game Announced For Nintendo 3DS» (em inglês). Siliconera. 18 de novembro de 2015. Consultado em 1 de julho de 2016 
  37. «My Hero Academia: Battle for All 3DS Game's Play Videos Preview Characters». Anime News Network. Consultado em 6 de junho de 2016 
  38. «BANDAI NAMCO Entertainment America – More fun for everyone!». www.bandainamcoent.com. Consultado em 23 de janeiro de 2019 
  39. vrnina. «My Hero: One's Justice 2 | Trailer revela alguns dos personagens jogáveis - NerdBunker». Jovem Nerd. Consultado em 12 de outubro de 2019 
  40. «Novo game de Boku no Hero ganha data de lançamento». IGN Brasil. 3 de dezembro de 2019. Consultado em 11 de dezembro de 2019 
  41. «MY HERO ONE'S JUSTICE 2 no Steam» 
  42. Penilhas, Por Bruna (12 de fevereiro de 2019). «Jump Force: Trailer reúne personagens jogáveis». IGN Brasil. Consultado em 14 de fevereiro de 2019 
  43. TekeEfe. «Plus Ultra! All Might, de My Hero Academia, será lançado via DLC em Jump Force». Crunchyroll. Consultado em 11 de abril de 2019 
  44. TekeEfe. «Com Bakugo, Madara, Grimmjow e outros personagens, todas as DLCs de Jump Force são divulgadas». Crunchyroll. Consultado em 18 de abril de 2019 
  45. Skarz. «Finalmente! Jump Force Deluxe Edition é anunciado para Nintendo Switch» 
  46. «My Hero Academia THE MOVIE: Futari no Hero ganha novo vídeo promocional». Crunchyroll. 27 de julho de 2018. Consultado em 13 de janeiro de 2019 
  47. «My Hero Academia: Two Heroes DVD/Blu-ray Set for Release on February 13, 2019» (em inglês). Crunchyroll. 15 de outubro de 2018. Consultado em 13 de janeiro de 2019 
  48. Aliaga, Por Víctor (6 de fevereiro de 2019). «Filme de Boku no Hero será exibido nos cinemas brasileiros». IGN Brasil. Consultado em 7 de fevereiro de 2019 
  49. Machado, Hallan (7 de fevereiro de 2019). «My Hero Academia: Two Heroes | Filme chegará ao Brasil em breve». Trecobox. Consultado em 18 de fevereiro de 2019 
  50. «Filme My Hero Academia - Two Heroes será exibido no Brasil». Ei Nerd. 7 de fevereiro de 2019. Consultado em 7 de fevereiro de 2019 
  51. «Sato Company». www.facebook.com. Consultado em 8 de junho de 2019 
  52. Omelete (12 de agosto de 2019). «O Rei Leão segue liderando a bilheteria nacional». Omelete. Consultado em 12 de outubro de 2019 
  53. Walker_n_Warlock. «[Anime Japan 2019] Anunciado segundo filme de My Hero Academia». Crunchyroll. Consultado em 26 de março de 2019 
  54. «My Hero Academia: título e data de estreia do 2° filme são divulgados». JBox. 4 de julho de 2019. Consultado em 6 de julho de 2019 
  55. «My Hero Academia: Heroes Rising Releases Blu-ray, DVD Details». Anime (em inglês). Consultado em 13 de junho de 2020 
  56. Ferreira, Tiago. «Poster Português para My Hero Academia: A Ascensão dos Heróis». Central Comics. Consultado em 17 de janeiro de 2020 
  57. Skarz. «Chegou ao cinema! Descobre onde podes assistir ao filme "My Hero Academia: Ascensão dos Heróis" em Portugal» 
  58. «Adiada estreia de My Hero Academia: Ascensão dos Heróis em Portugal». OtakuPT. 16 de março de 2020 
  59. Reis, Bruno. «My Hero Academia: Ascensão dos Heróis já tem nova data de estreia em Portugal | OtakuPT». Consultado em 1 de agosto de 2020 
  60. «MY HERO ACADEMIA: 2º FILME SERÁ LANÇADO NO BRASIL EM 2020». JBOX. 7 de dezembro de 2019 
  61. a b c Teke. «A Ascensão dos Heróis! Segundo filme de My Hero Academia estreia no Brasil em outubro». Crunchyroll. Consultado em 21 de setembro de 2020 
  62. a b c «My Hero Academia: Segundo filme será lançado no Brasil em outubro, mantendo elenco de dublagem». JBox. 18 de setembro de 2020. Consultado em 21 de setembro de 2020 
  63. a b ANMTV. «My Hero Academia: Ascensão dos Heróis em fase de dublagem». ANMTV. Consultado em 21 de setembro de 2020 
  64. SATO COMPANY, @SatoCompany (7 de outubro de 2020). «MY HERO ACADEMIA - ASCENSÃO DOS HERÓIS!!!». Twitter. Consultado em 8 de outubro de 2020 
  65. Sato Company (13 de outubro de 2020). «MY HERO ACADEMIA - ASCENSÃO DOS HERÓIS | ESTREIA DIA 15 DE OUTUBRO». Youtube. Consultado em 13 de outubro de 2020 
  66. «My Hero Academia: 2º filme chega a plataformas digitais na próxima semana; confira o elenco brasileiro». JBox. 7 de outubro de 2020. Consultado em 8 de outubro de 2020 
  67. «MFilme live-action americano de My Hero Academia está em produção». Crunchyroll. 24 de outubro de 2018. Consultado em 13 de janeiro de 2019 
  68. «"My Hero Academia" Volume 1 Horikoshi Kohei [daily cartoon guide» (em inglês). 19 de novembro de 2012. Consultado em 7 de julho de 2016 
  69. «My Hero Academia × Avengers Collaboration Visual and Videos». MANGA.TOKYO (em inglês). 13 de abril de 2018. Consultado em 3 de outubro de 2020 
  70. «Naruto Cheers on My Hero Academia's Deku» (em inglês). Anime News Network. 2 de abril de 2016. Consultado em 6 de julho de 2016 
  71. «Japanese Comic Ranking, November 3–9» (em inglês). Anime News Network. 12 de novembro de 2014. Consultado em 6 de julho de 2016 
  72. «Up and Coming Manga Sold Out Immediately» (em japonês). mantan-web.jp/. 1 de dezembro de 2014. Consultado em 21 de julho de 2016 
  73. «週間 コミックランキング 2015年01月19日付» (em japonês). Oricon 
  74. «Japanese Comic Ranking, January 12–18» (em inglês). Anime News Network. 21 de janeiro de 2015. Consultado em 7 de julho de 2016 
  75. «My Hero Academia Has Over 10 Million Copies in Print» (em inglês). Anime News Network. 31 de março de 2017. Consultado em 9 de julho de 2017 
  76. «'My Hero Academia' Hits Big New Sales Milestone». Anime (em inglês). Consultado em 3 de outubro de 2020 
  77. ザテレビジョン. «「僕のヒーローアカデミア」新キャラ登場の第4期PVを公開!放送は2019年10月スタート!! | 芸能ニュースならザテレビジョン». ザテレビジョン (em japonês). Consultado em 3 de outubro de 2020 
  78. «12月20日公開『僕のヒーローアカデミア THE MOVIE ヒーローズ:ライジング』入場者に『ヒロバト』の限定カード「ホークス」をプレゼント!本日ビジュアル初公開!». プレスリリース・ニュースリリース配信シェアNo.1|PR TIMES. Consultado em 3 de outubro de 2020 
  79. «Top-Selling Manga in Japan by Series: 2019». Anime News Network (em inglês). Consultado em 3 de outubro de 2020 
  80. «Kingdom Manga Tops Da Vinci Ranking». Anime News Network (em inglês). Consultado em 3 de outubro de 2020 
  81. «8th Manga Taisho Awards Nominates 14 Titles» (em inglês). Anime News Network. 18 de janeiro de 2015. Consultado em 6 de julho de 2016 
  82. «Hero of the Year». web.archive.org. 13 de janeiro de 2017. Consultado em 6 de outubro de 2020 
  83. «Villain of the Year». web.archive.org. 13 de janeiro de 2017. Consultado em 6 de outubro de 2020 
  84. «Best Boy». web.archive.org. 22 de dezembro de 2016. Consultado em 6 de outubro de 2020 
  85. «Best Girl». web.archive.org. 13 de janeiro de 2017. Consultado em 6 de outubro de 2020 
  86. «Best Fight Scene». web.archive.org. 13 de janeiro de 2017. Consultado em 6 de outubro de 2020 
  87. «Best Action». web.archive.org. 13 de janeiro de 2017. Consultado em 6 de outubro de 2020 
  88. Macias, Patrick. «Crunchyroll Reveals the Voting Data Behind the 2016 Anime Awards!». Crunchyroll. Consultado em 6 de outubro de 2020 
  89. FabioLuz. «Conheça os vencedores do Crunchyroll Anime Awards 2017». Crunchyroll. Consultado em 6 de outubro de 2020 
  90. FabioLuz. «Crunchyroll Anime Awards 2017: conheça os indicados». Crunchyroll. Consultado em 6 de outubro de 2020 
  91. gasseruto. «Vote nas categorias bônus do Anime Awards da Crunchyroll e saiba o horário da premiação (AT)». Crunchyroll. Consultado em 6 de outubro de 2020 
  92. gasseruto. «Crunchyroll Anime Awards: Conheça os vencedores de cada categoria». Crunchyroll. Consultado em 6 de outubro de 2020 
  93. Skarz. «Perdeu a cerimônia? Confira todos os vencedores do Anime Awards 2020». Crunchyroll. Consultado em 6 de outubro de 2020 
  94. «My Hero Academia GN 1». Anime News Network (em inglês). Consultado em 3 de outubro de 2020 
  95. «Our Favorite Manga of 2018». The B&N Sci-Fi and Fantasy Blog. 20 de dezembro de 2018. Consultado em 3 de outubro de 2020 
  96. Osborn, Alex (30 de junho de 2016). «MY HERO ACADEMIA: SEASON 1 REVIEW» (em inglês). IGN. Consultado em 19 de julho de 2016 
  97. «My Hero Academia Manga Updated With Villain's New Name». Anime News Network (em inglês). Consultado em 3 de outubro de 2020 
  98. «Deu ruim em My Hero Academia! Mangá é banido na China por novo nome de personagem». Ei Nerd. 5 de fevereiro de 2020. Consultado em 3 de outubro de 2020 
  99. «My Hero Academia Manga, Anime Removed from Chinese Digital Platforms». Anime News Network (em inglês). Consultado em 3 de outubro de 2020 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Mangá[editar | editar código-fonte]

Anime[editar | editar código-fonte]

Streaming;

Filmes[editar | editar código-fonte]

Streaming;