Quitexe

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Quitexe
Flag-map of Angola.svg
Província Uíge

Projecto Angola  • Portal de Angola

Quitexe, também chamada de Dange-Quitexe, é uma cidade e município da província do Uíge, em Angola. A comuna-sede está localizada a sul da cidade do Uíge.

Quitexe possui uma extensão territorial de 3.872 km2, contando com uma população de 32.818 habitantes, de acordo com os dados do censo 2014.

O município é constituído pela comuna-sede, correspondente à cidade de Quitexe, e pelas comunas de Aldeia Viçosa, Cambamba e Vista Alegre.[1] Além das comunas, possui 75 aldeias e 17 regedorias.

História[editar | editar código-fonte]

A data exacta da fundação do Quitexe como posto militar ainda não está determinada. Depois das campanhas de João de Almeida, em 1907, contra os Dembos, julgava-se a zona pacificada. Porém, a debilidade do dispositivo militar português e a tentativa de cobrança do imposto de palhota ia fazendo estalar revoltas dos que se tinham submetido uns anos antes, aliando-se aos que mantinham a sua independência. Durante vários anos os Dembos mantiveram-se fora do controle das autoridades portuguesas: os impostos não eram cobrados e os fortins eram impotentes. No entanto foi desenvolvido um lento processo de envolvimento militar e administrativo da região, apertando-se o cerco a norte e leste.

Fundação do posto militar[editar | editar código-fonte]

Para isso muito contribuiu o governador do distrito de Cuanza Norte, o major de artilharia Alfredo Djalme Martins de Azevedo que, neste distrito instalou, provavelmente em março de 1917, os postos militares de Quisseque e de Quitexe, criando a capitania-mor do Ambuíla.[2]

Um dos comandantes de uma destas colunas era fotógrafo amador e registou em fotografia estes momentos. Estas fotografias, verdadeiramente históricas, foram publicadas na revista Ilustração Portugueza, de número 612, de novembro de 1917.

Temos, assim uma fotografia dos Dembos-Quitexe na data da fundação do posto militar com o seu nome, mas não temos a data exacta deste acontecimento.

Portaria de criação e ruínas históricas[editar | editar código-fonte]

Em termos oficiais a portaria nº 54, de 8 de março de 1918[3] definiu os limites do Quitexe, sede da circunscrição do Encoje.

Ao quilómetro 5 da rodovia EN-120, que liga o Quitexe ao Uíge, cerca de cem metros para norte, num morro, estão as ruínas do antigo posto militar.

Este posto, fundado nas terras dos Dembos-Quitexe (depois somente Quitexe, pois os Dembos tornaram-se parte da província do Bengo), num plateau a 750 metros de altitude, rodeado de serras, viria a dar origem à povoação e vila do Quitexe.

Referências

  1. Comunas. Ministério da Administração do Território e Reforma do Estado. 2018.
  2. Marquês do Lavradio, Pedro Francisco Massano de Amorim. Pelo Império n.º 73. Agência Geral das Colónias, 1941
  3. Boletim Oficial de Angola n.º 10